Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Escolas infantis não venderão mais refrigerante a partir de agosto

Por Gabrielly Sousa | 24/06/2016

01

DivulgaçãoMedida tem o intuito de melhorar alimentação de estudantes

Na última quarta-feira (22) as empresas Ambev, Coca-Cola Brasil e PepsiCo Brasil anunciaram que não irão mais distribuir seus produtos para cantinas de escolas que lecionem para crianças de até 12 anos. A medida que entra em vigor em agosto deste ano tem como objetivo combater a obesidade e incentivar uma alimentação mais saudável aos estudantes.

"A obesidade é um problema complexo, causado por muitos fatores, e as empresas de bebidas reconhecem seu papel de ser parte da solução", informava trecho da nota divulgada pelas companhias.

As companhias agora só irão fornecer água mineral, de coco, bebidas lácteas e sucos para as cantinas. Somente cantinas que compram direto das empresas ou de seus fornecedores entraram no veto, as outras cantinas que se abastecem por outros locais, como supermercados, atacados ou adegas não serão obrigadas a aderir à medida, mas as empresas informaram que realizarão uma ação para conscientizá-las a aderir a iniciativa.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.