Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Juquitiba recebe a continuação da 2ª Mostra Mangue Cultural

Por Assessoria de Imprensa | 23/06/2016

uhaa

Assessoria de Imprensa Até agosto, a cidade terá diversas atrações realizados pela Prefeitura de Juquitiba e Ministério da Cultura com a parceria da Associação Raso da Catarina

Dando continuidade à programação da 2ª Mostra Mangue Cultural, que começou na cidade de São Paulo, Juquitiba recebe uma programação gratuita recheada de shows, peças, exibições de dança, circo e cultura popular entre os dias 25 de junho e 21 de agosto. As apresentações acontecerão dentro da já tradicional Festa Junina da cidade e também na Aldeia do Artesanato.

A mostra foi criada na Vila Madalena, em São Paulo, e o nome é uma homenagem à região do bairro conhecida como Mangue. No total serão 9 apresentações, sendo uma delas dentro da Festa Junina que acontece no dia 25/6, na Rua Juscelino K. de Oliveira, 663, Centro de Juquitiba. Às 20h30 o  Tambor de Crioula do grupo Flor de Aroeira, convida as pessoas a participarem e compartilharem  dessa manifestação tradicional da cultura popular brasileira com origem no Maranhão. 

Todas as demais atrações irão se apresentar na Aldeia do Artesanato, na Av. Tancredo de Almeida Neves,11, Centro, sempre aos domingos, às 11h, entre 3/7 e 21/8. A programação do local traz teatro infantil com a peça “Todo mundo tem um sonho”, da Companhia Pombas Urbanas e também “O gato e o diabo”, de Naum Alves de Souza, último trabalho do dramaturgo falecido em abril deste ano; teatro de Mamulengo com Valdeck de Garanhuns; espetáculo de mimica ativa “O X da Questão”, da Solar da Mímica; e apresentações musicais de jazz com a Banda Urbana, cultura tradicional e popular do Senegal do grupo Baye Fall Ndiguel e Hip Hop com o grupo Juquitiba City. O Kolombolo Diá Piratininga traz o samba paulista para fechar a programação com a participação especial de João Borba  da velha guarda da escola de samba Pérola Negra.

Na primeira metade da Mostra em 2015, que aconteceu em escolas públicas de Juquitiba, bairros rurais e no Espaço Aldeia do Artesanato, crianças que nunca tinham assistido a peças de teatro, por exemplo, tiveram a oportunidade de conhecer os espetáculos e a arte popular feita por diversos artistas. Além disso, o ambiente da aldeia foi reestruturado, ampliando o número de lojas, e uma noite cultural agora é realizada todas as sextas-feiras com atividades dos mais variados estilos.

O objetivo é justamente descentralizar a arte, levando uma programação cultural popular rica a regiões que normalmente não têm acesso a este tipo de evento. A Mostra será apresentada pelo Palhaço Charles, o ator Alessandro Azevedo, anfitrião há 20 anos do multicultural Sarau do Charles, em São Paulo.

Programação da Mostra
Onde: Tradicional Festa Junina da Cidade
Rua Juscelino K. de Oliveira, 663, Centro

25/06 sábado
20h30 – Tambor de Crioula Flor de Aroeira
Onde: Aldeia do Artesanato
Av. Tancredo de Almeida Neves,11, Centro
03/07 domingo
11h – Teatro infantil “Todo mundo tem um sonho”  Cia. Pombas Urbanas                               10/07 domingo– Banda Urbana – Movimento Elefantes                                                           17/07 domingo
11h – Cultura tradicional e popular do Senegal grupo Baye Fall Ndiguel
24/07 domingo
11h – Hip Hop Juquitiba City                                            
31/07 domingo
11h – Espetáculo de mimica ativa “O X da Questão” Solar da Mímica
07/08 domingo
11h – Teatro de Mamulengo com Valdeck de Garanhuns
14/08 domingo
11h – Teatro infantil “O Gato e o Diabo” de Naum Alves de Souzanjf
21/08 domingo
11h – Kolombolo Diá Piratininga
Sobre a Mostra

A Mostra Mangue Cultural começou em 6 de junho de 2010 na Vila Madalena, em São Paulo, e seu nome é uma homenagem à região do bairro conhecido como Mangue. Foi idealizado pelo presidente da Associação Raso da Catarina, Alessandro Azevedo, e o objetivo desde então é ampliar a apropriação dos espaços públicos por meio da arte a da cultura, engajando moradores da comunidade a superarem barreiras socioculturais através dessas práticas de convivência artística.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.