Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Sindicato dos Jornalistas emite nota de repúdio aos ataques de Ney Santos à Sandra Pereira

Por Gabrielly Sousa | 17/06/2016

atac

DivulgaçãoA nota foi emitida na tarde da última quinta-feira (16)

Na tarde da última quinta-feira (16) o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (SJSP) emitiu uma nota de repúdio aos ataques do vereador de Embu das Artes, Ney Santos, contra a jornalista Sandra Pereira. Após a publicação de uma matéria com a temática “Vereadores se calam sobre fechamento da maternidade de Embu para reforma” o vereador teceu críticas ferrenhas à jornalista e ainda a acusou de trabalhar para o Gabinete do Deputado Geraldo Cruz, fato que já foi negado pela jornalista e por profissionais da Câmara de Taboão da Serra, onde Sandra trabalha atualmente. Relembre o caso aqui.

A jornalista ainda está sendo denunciada em rede social, impedida de citar o nome do vereador em suas postagens e de colocar o link de suas próprias matérias na rede. O SJSP comentou o caso e se declarou totalmente contrário às atitudes do parlamentar. “A direção do Sindicato demonstra total perplexidade diante do posicionamento de políticos que deveriam não só representar os interesses da população, mas, também contribuir com a transparência e divulgação das informações de caráter público”, diz trecho da nota.

Segue nota na íntegra:

"Pré-candidato a prefeitura de Embu das Artes ameaça jornalista que denunciou fechamento de maternidade

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo vem a publico repudiar com veemência intimidações sofridas pela editora do Jornal na Net, de Embu das Artes, Sandra Pereira. As ameaças partiram do presidente da Câmara, Ney Santos (PRB) por conta da reportagem Vereadores se calam sobre fechamento da maternidade de Embu para reforma.

Segundo a jornalista durante a apuração da matéria nenhum vereador da cidade deu relevância ao assunto quando foi questionado. E, em suas redes sociais o tema passou em branco. Logo após a publicação, a matéria obteve grande repercussão fazendo com que o vereador exigisse a imediata retirada da reportagem do site em que trabalha. Porém, a jornalista decidiu manter a denúncia. Desde então a situação se agravou.

Na sessão desta quarta-feira (15), a mando de Ney Santos os vereadores aliados a atacaram verbalmente, chegando a questionar o seu registro profissional. Mas a ação dos vereadores foi além. Eles influenciaram amigos da jornalista, que por meio de redes sociais, pediam para ela parar com as denúncias.

A direção do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo se solidariza com a profissional do Jornal na Net, e demonstra total perplexidade diante do posicionamento de políticos que deveriam não só representar os interesses da população, mas, também contribuir com a transparência e divulgação das informações de caráter público.

Além de não cumprir com seu papel social tentam calar a imprensa. O SJSP defende a liberdade de expressão e livre exercício da profissão e coloca à disposição do profissional seus serviços jurídicos."



Daniel Dantas

Não podemos aceitar que jornalistas sejam intimidados,sejam por autoridades judiciais como o caso dos juízes que estão processando coletivamente jornalistas que informaram a população sobre seus rendimentos, porém não podemos permitir que colegas cometam exageros contra qualquer pessoa sem antes dar a elas ouvido, pois o manual de boas práticas jornalísticas manda que nem devemos generalizar ou deixar de dar oportunidades para que todos possam dar a sua versão dos fatos, evitando com isso promover um desserviço social, principalmente em ano eleitoral quando alguns dos suspeitos são pré candidatos, entretanto seria uma boa oportunidade para o nome parlamentar falar de sua posição e atuação frente aos fatos. Por DANIEL DANTAS,, JORNALISTA E COMENTARISTA POLÍTICO.

João Costa

A jornalista é excelente! A matéria foi estupenda! Só esqueceu da origem dos reclamantes...será que é força do hábito? Parabéns, Sandra!

joaquim roberto pereira

Devemos ter uma imprensa livre, capaz de informar verdades e não factoides ou mentiras. Nossos políticos acostumados a saírem pela tangente quando são questionados sempre culpam a imprensa pelos seus revesses. Neste caso da maternidade é uma afronta a população já sofrida e abandonada pelos administradores atuais desta cidade. Perguntaria a eles onde estavam nos últimos anos em que deixaram esta maternidade em estado tão lastimável a ponto de ter que ser fechada para reforma ao passo que manutenções preventivas são necessários em qualquer prédio público ou privado. Infelizmente nossos vereadores não se importaram com isso como tantos outros fatos. O executivo fez e faz obras desnecessárias em vários cantos da cidade e descuida daquilo que realmente precisava estar fazendo. O povo continua abandonado a própria sorte. Abraços.

Paulo Roberto

Boa tarde, precisava denunciar a farra do perua escolar porta-porta. É pago 380 reais por criança .um absurdo sendi que em média peruas particulares cobram 80 a 100 reais.mensalmente são pagos 12,5 milhões e meio. E de retorno cada vereador recebem 10 mil reais de retorno por te aprovado o projeto indicado pelo prefeito. INVESTIGUEM!!!

24/05/2017

Eduardo Nóbrega comemora aprovação das contas da Câmara de 2013 pelo TCE

O Tribunal de Contas de São Paulo (TCE) aprovou nesta terça-feira, 23, as contas da Câmara...

24/05/2017

Vereadores aprovam estudo sobre vale-transporte e dissídio dos servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram em regime de urgência na sessão desta terça-feira,...

23/05/2017

Juiz mantém decisão que obriga prefeitura a administrar cemitérios de Embu

O juiz da 1ª Vara Judicial da Comarca de Embu das Artes, Rodrigo Aparecido Bueno de Godoy negou...

22/05/2017

Embu é a cidade da região que mais recebe recursos do governo do Estado

Nos primeiros meses de 2017 Embu das Artes vem consolidando sua posição como a cidade da região...

19/05/2017

Lei da deputada Analice Fernandes protege mulher vítima de violência

Lei de autoria da deputada estadual Analice Fernandes de proteção a mulher vítima de violência...

19/05/2017

Comunidade japonesa homenageia Dr. Onishi por vitória na eleição em Taboão

O vereador de Taboão da Serra, Dr. Ronaldo Onishi, foi homenageado com diploma de Honra ao...

18/05/2017

Delação de donos da JBS envolvendo presidente agrava crise política no Brasil

O país amanhece perplexo com mais uma delação de corrupção. Desde vez a denúncia é de que o...

16/05/2017

Vereador afirma que roubos em Embu acontecem pra prejudicar Ney Santos

Os roubos e furtos a equipamentos públicos como creches, Unidades Básicas de Saúde e escolas...

16/05/2017

Escola do Legislativo de Taboão ganha sala de aula para ministrar cursos

A Câmara Municipal de Taboão da Serra viveu uma noite histórica, nesta segunda-feira, 15,...

13/05/2017

Câmara de Taboão aprova lei que amplia licença maternidade para 180 dias

A Câmara Municipal de Taboão da Serra aprovou por unanimidade de votos, na sessão do dia 9, o...

24/05/2017

Começa a obra de reconstrução do muro da Escola Estadual Antônio Ruy Cardoso

Após aprovada por unanimidade na Câmera de Vereadores, a reconstrução do muro da Escola Estadual...

24/05/2017

Vereadores cobram Bombeiros sobre AVCB do Pátio de Embu das Artes

Vereadores de Embu das Artes aprovaram durante a última sessão Legislativa um ofício ao Corpo de...

24/05/2017

Eduardo Nóbrega comemora aprovação das contas da Câmara de 2013 pelo TCE

O Tribunal de Contas de São Paulo (TCE) aprovou nesta terça-feira, 23, as contas da Câmara...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.