Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Esporte

Unidos do Morro é hexacampeão de Taboão

Por Assessoria de Imprensa da prefeitura de Taboão da Serra | 17/06/2016

morro

DivulgaçãoDepois de oito anos sem vencer, o campeão Unidos do Morro voltou

Sábado, 11, no estádio Ver José Feres, a massa polar estacionou sobre a serra. Um frio danado seguido de vento cortante descoloriu à tarde, mas não quebrou o barato da decisão do 25º Campeonato Municipal da 1ª Divisão.

Organizado pela Secretaria de Esportes, sob a direção de Fábio Fernandes, a competição reuniu 24 equipes do município. 

Celso Gallo e Jorge Cipó são os responsáveis pela prática do evento, e a bola rolou também para a definição do 3º lugar.

EC Jardim Roberto e Feras/Primor, duas equipes de tradição, disputaram o troféu se apresentando com 10 jogadores nos elencos. 

Essa disputa não é atrativa, faz tempo. Falta motivação. Além de atrasar o início do jogo principal. É preferível coroar a terceira melhor campanha. 

Mas, em campo, a rapaziada curtiu a peleja. O Jardim começou ganhando. Teve um jogador lesionado e ficou com 9 jogadores. Pra um bicampeão recente é mal. Ao final, 4 a 2 venceu o Feras. 

Unidos do Morro, do Jd Mituzi, e Bangu, do Jd Leme, foram pro debate definitivo já com refletores acesos. O confronto se deu concentrado entre as intermediárias com poucas alongadas de perigo. O placar zerado no 1º tempo ficou de bom tamanho. 

Na 2ª etapa, a pegada continuou forte. Achado o caminho do gol, o Bangu marcou primeiro. Por volta dos 25 minutos, cobrança de falta do lado esquerdo, e o zagueiro Marcelo subiu na área pra desviar de cabeça.

O Bangu pôs a mão na taça, mas o batuque na arquibancada não calou. Estreantes no comando do azul e branco, o técnico Dondon e o assistente Dill, vendo que o hexa estava escapando entre os dedos, cobraram reação e efetuaram 4 substituições. E a última delas surtiu o efeito desejado.

O atacante Caio entrou e correu pro abafa. A bola trabalhada no setor direito atravessou a área. E, ao encontro dela, apareceu ele. Na sua primeira participação, colheu o passe e arrematou firme pro fundo da rede. Festejado, Caio!

As forças igualadas e o empate de 1 a 1 predominou. Vieram os penais. Tiros livres para apontar o campeão. E o Bangu se deu mal. No primeiro chute e a bola acima do travessão. Errou depois mais dois da mesma forma.

O Unidos do Morro encaçapou suas cobranças e o título de hexacampeão estufou o peito da sua fiel torcida. 

O time do Dondon acumulou em sua campanha 6 vitórias, 2 derrotas e 1 empate. Marcou 14 gols e sofreu 8.

O vice-campeão Bangu só perdeu a partida definitiva, nos penais. Somou 5 vitórias e 4 empates. O ataque balançou 14 gols e a zaga, troféu de menos vazada, levou só 3 tentos. 

Clima de festa num frio acachapante. E o Unidos do Morro escreve, mais uma vez, seu nome na galeria dos campeões varzeanos de Taboão da Serra. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.