Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Vereadores se calam sobre fechamento da maternidade de Embu para reforma

Por Sandra Pereira | 14/06/2016

maternidade

Arquivo do Jornal na NetProtesto de população contra fechamento da maternidade municipal de Embu das Artes não ecoa na Câmara da cidade

Com a aceitação da maioria dos vereadores, já que nenhum deles  se declarou contrário, a prefeitura de Embu Artes vai fechar pelos próximos 5 meses a maternidade Municipal Alice Campos Mendes para reforma de sua infraestrutura. O fechamento é justificado com o argumento de que a maternidade estaria comprometida com infiltrações que traz risco de infecção para mães e bebês. O fechamento da maternidade para reforma é apoiado pela Câmara, assim como foi o fechamento do Pronto Socorro do Vazame para ser transformado em Hospital Leito.

Embora o fechamento da única maternidade do município seja considerado importante pela população o tema foi pouco ou quase nada discutido pelos vereadores da cidade das Artes. Nem mesmo o presidente da Câmara, Ney Santos, pré-candidato a prefeito, tratou da questão com clareza ou profundidade. Em suas redes sociais o tema passou em branco. O pré-candidato a prefeito se limita a sua tradicional campanha on line e  as repetidas prestações de contas.

O fechamento da maternidade, ainda que seja para reforma, está recebido de forma negativa pela população. Nas últimas semanas a reportagem do Jornal na Net recebeu centenas de mensagens criticando a decisão e cobrando posicionamento dos políticos do município. Há o temor de que a reforma demore mais que o previsto, que a maternidade seja fechada em definitivo e o receio de que os profissionais que trabalham lá sejam demitidos.

Nenhum dos questionamentos apresentados pelos leitores parece ter resposta. A Câmara, que seria o espaço onde a população poderia obter essas respostas parece ter se calado.
Em nota enviada ao Jornal na Net a prefeitura de Embu disse que a maternidade será fechada dia 16 e vai reabrir em novembro.

Leia a íntegra da nota:


A Prefeitura de Embu das Artes irá suspender temporariamente o atendimento na Maternidade Municipal de Embu Alice Campos Mendes Machado para reformas no local, a partir do dia 16 de junho. Todas as gestantes que fazem pré-natal na rede municipal de saúde vão receber orientação do seu médico. Os partos serão redirecionados para as maternidades da região, entre elas a do Hospital Geral do Pirajuçara (HGP). A entrega da obra está prevista para novembro.

Parte do prédio do Pronto-Socorro Infantil também passará por reformas, mas não terá seu atendimento interrompido, apenas vai mudar a porta de entrada, que será pelo PS Central, durante o período da obra. 

Hoje, a maternidade municipal realiza 150 procedimentos mensais, entre partos e curetagens. O PS Infantil realiza cerca de 5 mil atendimentos mensais.
Como a reforma será feita principalmente na estrutura do telhado do prédio, que está com infiltração no primeiro andar (maternidade) e na recepção do PS Infantil, fica impossível manter o atendimento pelo risco de infecção e acidentes. 

Lene Gis

Gente do céu, como escolhemos mal os "futuros" representantes do povo, juro que fiquei mais de uma hora perguntando para um dito candidato a verenancia na minha cidade, querendo saber quais são os seus projetos de lei e o que pretende fazer caso seja eleito e o sujeito simplesmente ficou falando: "O que Deus sugerir", "o que o povo pedir" e coisas do tipo. Fico me perguntando, como um cara desses ainda consegue ter votos e trabalhar uma vez na semana, ganhando R$ 10 mil por mês durante 4 anos e com possibilidade de concorrer a infinitas reeleições? Pessoal acordem e vejam em que vocês vão votar, o que não falta no Brasil é gente lixo querendo o nosso dinheiro.

Trinidad

Pessoal, bom dia. Concordo com vcs... realmente o Pronto socorro é uma vergonha alheia.. me dá arrepios de pensar em ir parar lá... lá em qualquer outro p.s. de Embu... o do VAzame parece um mauzoléu... me desculpem mas trazer, grandes empresas, deixar os outlets tomarem conta(com suas roupas esquisitas e até parecem roupas velhas), ignorar ocupações, fechar o resto de atendimento à saude que ainda se tem, não vai ajudar em nada o problema de Embu... Mas ninguém da politica deve estar preocupado... afinal eles usam o atendimento do SUS, usam:?

Rosimeire

Infelizmente estamos à mercê do Sr Chico Brito, que só sabe fazer obras de jardinagem, colocar coqueiros em toda parte, e agora mais essa notícia, o fechamento da maternidade.sem contar que o pronto socorro tbm é indigno para a população.Eu fico em pânico toda vez que tive que usar o pronto socorro fiquei indignada,minha mãe sofreu queimaduras d terceiro grau, e não havia medicamentos p ele ser socorrida.isso qdo os médicos que estão ali trabalhando insatisfeitos e trarão a gente com um nada, sem contar q vc passa uma hora p ser atendido e mais meia hora p tomar medicamentos e as vezes nem tem, e p voltar ao médico mais uma hora. Isso é pouco casa com os moradores.

ana

as coisas no Embu só estão ficando pior, investindo na construção do BURGUE KING, e deixando pra tras educação saúde segurança ate a limpeza das ruas tão comprometidas, ainda bem que meu filho vai nascer bem longe do Embu, 2 meses na fila pra fazer um exame pelo sus e não tem vaga, pra saber se a gravidez é de risco ou não muita palhaçada

giacomo santos manes

bom dia, infelizmente nosso municipio cresceu rapidamente de forma desordenada, o atual prefeito visualizou somente novos investimentos de grande empresas, não criando infraestrutura adequada com a expansão do municipio, o proximo prefeito receberá um municipio sucateado em todas as pastas e 4 anos será pouco para arrumar, modernizar e deixar tudo organizado, saude ruim, policiamento insuficiente, malha asfaltica pessima, ensino baixa qualidade, esporte totalmente abandonado, obras inacabadas , industria da multa, sem novas avenidas para desafogar o transito, etc etc etc...

27/06/2017

Saiba como acabar com o ronco e melhorar sua noite de sono

Muitas pessoas apresentam algum tipo de distúrbio durante o sono e um dos mais comuns é o ronco,...

26/06/2017

Cirurgia plástica no inverno traz benefícios que vão do pós-operatório à rotina

Quando começa a preparação para a realização de uma cirurgia plástica, uma das dúvidas mais...

18/06/2017

Profissões: no Icesp, equipe se especializa em tratar ‘dor da alma’

Dizem que na vida só há uma certeza: a de que todos somos finitos. Como lidar com essa verdade,...

13/06/2017

Excesso de peso matou 4 milhões de pessoas no mundo em apenas um ano

Estudo feito pela Universidade de Washington aponta a obesidade como uma crise de saúde pública...

09/06/2017

Simulado Start é aplicado para profissionais do SAMU de Taboão

Profissionais do SAMU de Taboão da Serra (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) participaram...

09/06/2017

Insônia pode ser intensificada com mudanças climáticas drásticas

A insônia pode aparecer por diversos motivos, como ansiedade, estresse ou depressão. Mas...

09/06/2017

Prefeitura de Taboão imuniza 54 pessoas em situação de rua contra a gripe

A Prefeitura de Taboão da Serra realizou na quinta-feira, 8 de junho, um mutirão de vacinação...

09/06/2017

Secretaria de Saúde de Taboão lança Programa Rede de Proteção ao Adolescente

O Programa Rede de Proteção ao Adolescente lançado em Taboão da Serra pela Secretaria de Saúde...

06/06/2017

Governo do Estado de São Paulo solicita 31 milhões de doses extras da vacina

Diante da recomendação feita na última sexta-feira, 2, pelo Ministério da Saúde em ampliar a...

04/06/2017

Vacina contra o vírus H1N1 é prorrogada até o próximo dia 09

O Ministério da Saúde prorrogou até o dia 09 de junho a campanha de vacinação contra o vírus...

27/06/2017

Quentão do Taboão começa na sexta e promete agitar finais de semana

A esperada Arena Multiuso de Taboão da Serra vai ser aberta ao público nesta sexta-feira, 30,...

27/06/2017

Região do INSS e AME Taboão ganha ponto de ônibus, pintura de faixas e semáforo

As imediações do prédio do AME e do INSS em Taboão da Serra, na Estrada de São Francisco,...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.