Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Protesto de invasores de terreno nas margens da BR instala caos no trânsito de Taboão, Embu e Itapecerica

Por Sandra Pereira | 2/06/2016

protesto900

Divulgação - FacebookProtesto para a BR nesta quinta, 02

O trânsito ficou totalmente travado nos dois sentidos da Rodovia Régis Bittencourt, nas cidades de Taboão, Embu e Itapecerica, em consequência de um protesto realizado por pessoas que invadiram um terreno nas margens da rodovia em Embu das Artes. Manifestantes atearam fogo em materiais e interditaram os dois sentidos da Rodovia Régis Bittencourt, na altura do km 280, durante manifestação contra anúncio de reintegração de posse da área invadida. Saiba mais sobre a invasão aqui.

 O protesto começou após as 16 horas, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e foi encerrado por volta das 20 horas. A via foi então limpa e liberada por volta das 20h20.

O grupo, que não pertence a nenhuma organização voltada à luta por moradia, ocupa atualmente um terreno às margens da pista, no km 276. A invasão é alvo de muitas críticas dos moradores de Taboão e Embu, que reclamam do fato dos invasores estarem vendendo áreas e possuírem carros. 

O terreno tem reintegração de posse prevista, mas ainda não marcada. Rumores de que ela aconteceria nesta sexta-feira (3) teriam motivado o protesto. Às 19h, a rodovia seguia interditada em ambos os sentidos.

No horário, de acordo com o comandante De Paula, da PRF, o clima da manifestação era tenso. A corporação tentava entrar em um acordo com os manifestantes, mas encontrava dificuldades "por eles não terem uma liderança", segundo o oficial. A polícia contactou o Secretário de Habitação de São Paulo, mas não obteve sucesso em levá-lo ao local para negociar.

O ato foi encerrado por volta das 19h40, após quase três horas de manifestação. Às 20h, a PRF trabalhava na limpeza da via para liberação total da pista. No horário, uma faixa do sentido Sul (Paraná) já estava livre. Por volta das 20h20, ambos os sentidos da via foram liberados.

Segundo De Paula, ficou acordado com os manifestantes que nesta sexta, por volta das 10h, um representante da PRF e outro, da PM, vão à ocupação encontra-se com uma comissão de moradores. Eles devem ir ao gabinete do secretário para tentar uma audiência sobre a reintegração de posse.

A interdição provocou grande congestionamento na via, desde a região serrana de São Paulo. O fogo era alto e um grande grupo de manifestantes protestava no local. Segundo a concessionária, havia também registro de outro ponto de manifestação, no km 272, próximo a Taboão da Serra.

Ainda de acordo com De Paula, a PRF esperava conseguir a liberação de ao menos um dos sentidos da rodovia dentro das próximas horas. A corporação recebia apoio da Força Tática do 36º Batalhão da Polícia Militar.

Com informações do G1

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.