Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Tempestade toma céu azul do parlamento com nova rebelião da base em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 1/06/2016

Camara

Eduardo O grupo deixou claro que espera maior valorização e mais espaço no governo

O céu azul do parlamento foi tomado por nuvens de tempestade na reta final da sessão desta terça-feira, 31. Os vereadores José Aparecido Alves (DEM), Marcos Paulo (PPS), Ronaldo Onishi (SD) e Eduardo Nóbrega (PSDB) criticaram posicionamentos do governo e deixaram escapar que novos ventos trouxeram uma tempestade para a Casa. 

Cido, Paulinho e Onishi “cobraram” maior valorização de suas lideranças e espaços políticos, como secretarias. O grupo deixou claro que espera maior valorização e mais espaço no governo, que estaria agindo para favorecer alguns grupos em detrimento de outros. Já o líder de governo Eduardo Nóbrega criticou a estratégia usada na pré-campanha em relação aos pré-candidatos a vereador. Chegou a ironizar classificando de gênio os responsáveis pelos materiais de pré-campanha. 

“Quando você leva uma demanda ao governo, procura resolver de forma interna, mas quando não sai, a gente começa entender que, ou não nos querem nos fortalecer ou não querem nos dar atenção. A gente precisa ter as solicitações atendidas para garantir o trabalho. Relacionamento precisa ter feedback. Às vezes tem que fazer uma DR para aparar as arestas e evitar que fiquem mágoas ”, citou Paulinho, antes de criticar o fogo amigo e admitir que se for preciso vai usar colete para se proteger. 

“A gente olha o ministério do Belém são mais de 25 igrejas, não temos nenhum PAC, nenhum convênio, nada. É uma igreja grande, respeitada, ministério sério e tem um membro que é o vereador Marcos Paulo. Não quero brigar, quero conversar, mas estou mandando um recado claro sobre a minha insatisfação. Não vou aceitar alguém vir da oposição, sentar na janelinha e ameaçar vereador. Quero entender porque o Pirajuçara não tem a Base da GCM, porque as nossas igrejas ainda não receberam pinturas das faixas de pedestre”, completou Paulinho.

O presidente da Câmara, vereador Cido, revelou que se sente desprestigiado pelo governo e reclamou do fato do  Democratas não ter nenhuma secretaria. Também reclamou do tratamento dispensado aos pré-candidatos, entre os quais citou Sandrinho e Alex Bodinho. 

“Hoje eu me sinto, em muitos momentos desprestigiado. Democratas hoje não tem nenhuma secretaria. Talvez seja visto como um partidinho pelo governo.  Talvez o meu tamanho seja insignificante para o governo. Esse é um sentimento que foi crescendo e hoje estou manifestando. É o sentimento de alguém que defendeu o governo em todo o momento e hoje infelizmente me sinto, em relação a muitos, desprestigiado. Talvez meu tamanho seja insignificante. Talvez não tenha representatividade  ”, analisou Cido.

Já o vereador Ronaldo Onishi disse que  o Solidariedade foi o primeiro grupo político a declarar apoio a reeleição do Prefeito Fernando Fernandes. Ele disse que o partido teve o cuidado de firmar o compromisso e alegou que  compromisso é para ser cumprido. O vereador afirmou que o solidariedade tem lado, não fica em cima do muro, mas também não vai ser pautado, por quem quer que seja e para enfatizar sua força na sigla revelou que chegou a barrar legenda para um amigo pessoal do presidente estadual.

“O SD toma as decisões políticas que acha que tem que tomar. Nós escolhemos um lado e aqui temos uma postura. Mas também sinto dessa falta de valorização. Sabemos fazer política, sabemos fazer campanha. Nosso  time que não é grande, mas é um time de valentes, que sabe pedir voto na rua, é um time que não está brincando. Podem achar ou fazer juízo. Ah o Onishi é bonzinho. Ele não sabe fazer. Mas aprendemos a enxergar o jogo. Estamos vendo o fortalecimento de certos grupos e certas pessoas, não por uma ação isolada, mas pelo conjunto da obra”, pontuou.

O líder do governo, Eduardo Nóbrega destacou que a base política é essencial para a reeleição do prefeito. Sem poupar críticas ele se pôs contrário ao tratamento dado pelo governo aos pré-candidatos que são tidos como nomes fortes. Aos jornalistas ele esclareceu um post que fez em sua página pessoal no Facebook durante o final de semana após a distribuição de um jornal que fazia menção ao parque da Família no Inocoop, que segundo ele, é fruto de um trabalho de anos da família Nóbrega. 

“O caso da Dilma é exemplar. Ela não governou por causa do congresso. O prefeito nos ensinou que a gente tinha que amadurecer e hoje tenho certeza que ele está feliz porque isso aconteceu. Nós amadurecemos. Os vereadores começam a colocar na prática os ensinamentos que ele nos deu. Em 3 anos e meio o governo não passou por nenhum problema aqui na casa. Aprendemos a regra do jogo e fizemos isso ensinados pelo prefeito. O Cido, de toda história de Taboão, é um presidente com pouca influência sobre as decisões do governo e hoje se posicionou dizendo isso”, declarou Nóbrega.

Ele afirmou que o governo deve aplicar o princípio jurídico da igualdade que seria tratar desigualmente os desiguais. Disse que é preciso ajudar os pré-candidatos e ter bom senso. 

“Por isso estou pedindo a troca de coordenação da campanha. Não é difícil ver um material e avaliar o impacto que ele terá na base. Tem que se valorizar as bandeiras dos pré-candidatos, mas não pode deixar que eles assumam os bônus dos vereadores”.

11/12/2017

Ney Santos reajusta bolsa da Frente de Trabalho de R$ 350 para R$ 1.000,00

A partir de janeiro de 2018 os integrantes da Frente de Trabalho de Embu das Artes vão receber...

11/12/2017

Embu veta a divulgação do Disque Denúncia contra violência ás mulheres

Maior e mais fragilizada parcela da população de Embu das Artes, as mulheres, ficaram no centro...

10/12/2017

Fernando Fernandes renova convênio com o Programa Cidade Legal

O prefeito de Taboão da Serra, Fernando Fernandes, esteve no gabinete da Secretaria de Habitação...

07/12/2017

Câmara aumenta para oito anos prisão para bêbado que dirige e mata

Após cinco anos de espera, enfim o projeto 5568/2013 foi aprovado pela Câmara dos Deputados. A...

06/12/2017

Deputada Analice recebe Sociedades Amigos de Bairro de Taboão da Serra

A presidente do CONSABs de Taboão da Serra, Márcia Pereira, reuniu os presidentes das Sociedades...

04/12/2017

Noventa visita Câmara de Taboão e elogia caminhada pela Paz e contra Violência

O presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de São Paulo, e ex-vereador de Taboão da...

01/12/2017

Câmara Municipal de Taboão entrega Medalha Zumbi dos Palmares

Aconteceu no último sábado, 25, a entrega da Medalha Zumbi dos Palmares. A honraria é uma...

01/12/2017

PSB realiza encontro Regional do partido neste sábado, 2 em Embu

Presidentes das Comissões Executivas Municipais do PSB, realizarão neste sábado, 2, o encontro...

30/11/2017

Câmara Municipal realiza audiências públicas para debater PPA e Orçamento

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Taboão da Serra realiza nesta...

30/11/2017

Alckmin libera recursos para Juquitiba e Embu-Guaçu

Juquitiba e Embu-Guaçu receberam R$ 4,2 milhões do Fundo Metropolitano de Financiamento e...

11/12/2017

Idosa de 76 anos desapareceu neste domingo em Taboão da Serra

Dona Ana Maria Barbosa, 76 anos,desapareceu quando estava indo para casa onde mora com a irmã e...

11/12/2017

Ney Santos reajusta bolsa da Frente de Trabalho de R$ 350 para R$ 1.000,00

A partir de janeiro de 2018 os integrantes da Frente de Trabalho de Embu das Artes vão receber...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.