Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Operação da Polícia Civil em Taboão, Embu, Itapecerica e região prendeu 754 acusados

Por Assessoria de Imprensa | 23/05/2016

civil1

Divulgação O diretor da Polícia Civil na Grande São Paulo destacou que a operação é resultado de um mapeamento criminal anterior

Policiais civis do Departamento da Grande São Paulo (Demacro) deflagraram uma operação em toda região metropolitana incluindo as cidades de Taboão da Serra, Embu e Itapecerica, que começou às 14 horas de quarta-feira (18) e durou até o início da noite de hoje (19). A ação contabilizou 597 adultos presos e 157 menores apreendidos, além de drogas e armas encontradas. Os policiais da Delegacia Seccional de Taboão da Serra prenderam 63 acusados durante a operação, sendo mais de 20 em flagrante.

“Essa é uma operação que exige um planejamento prévio e isso foi feito com muito cuidado. Gostaria de parabenizar a todos os envolvidos e estimular essa prática a ocorrer novamente, para que continuemos com ótimos resultados”, elogiou o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho.

Com objetivo de reprimir crimes contra a vida e o patrimônio, a Operação Demacro 1 contou com 475 viaturas e 1.461 policiais das nove delegacias seccionais da Grande São Paulo (Carapicuíba, Diadema, Franco da Rocha, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Osasco, Santo André, São Bernardo do Campo e Taboão da Serra)

“Foi um trabalho de inteligência com um levantamento de locais onde ocorrem crimes como o tráfico de entorpecentes. A Polícia Civil reuniu essas informações e hoje saiu a campo para essa grande atuação, com mandados de prisão”, ressaltou o diretor do Demacro, delegado Albano David Fernandes.

Dos mais de 700 detidos, 276 foram em flagrante. Ao todo, 11 armas de fogo e 40,4 quilos de entorpecentes foram apreendidos. O balanço foi divulgado durante entrevista coletiva na sede do Departamento, em Pinheiros, zona oeste da capital.Operação da Polícia Civil na Grande SP tem 754 detidos.

Texto: Erika Rios

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.