Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Discussão sobre governo Temer esquenta clima em sessão de Embu das Artes

Por Gabrielly Sousa | 19/05/2016

DSC_0471

Assessoria de comunicaçãoSituação da política nacional gera discussão entre vereadores na Câmara de Embu das Artes

Na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Embu das Artes realizada última quarta-feira (18) foi marcada por debates sobre a atual administração do país após o afastamento da Presidente da República Dilma Rousseff e o apossamento do vice Michel Temer como Presidente Interino. As nomeações do atual presidente para ministros e as revisões em projetos sociais foram tema de discussão entre os vereadores da Casa de Leis de Embu das Artes. 

O pronunciamento do novo Ministro da Saúde, nomeado por Michel Temer, Ricardo Barros em que ele alega que o SUS (Sistema Único de Saúde), que beneficia a população brasileira com atendimento médico gratuito, deve passar por revisão gerou discussões entre os parlamentares. O projeto Minha Casa Minha Vida, implantado pelo governo do PT, também foi citado após o governo Temer cortar gastos nesse setor. A recente administração de Temer foi criticada e elogiada pelos políticos da Casa. 

O presidente da Câmara Municipal, Ney Santos, que sempre se mostrou contra o governo da presidente Dilma e foi um ferrenho apoiador de sua saída do poder saiu em defesa do Presidente Interino da República: “A Dilma queria engessar o próximo presidente liberando tantos recursos que ela não deu em sete anos, aí ela começou a dar agora nos últimos dias que o próximo presidente não ia conseguir cumprir,acho que ele – Michel Temer – está certo, ele não pode dar continuidade em uma coisa que estava dando errado porque ela que governou errado”, disse. 

“O Minha Casa Minha Vida foi um projeto que deu certo e acho que tem que ter continuidade as coisas que vinham dando certo, mas temos que por o pé no chão e refletir melhor as mudanças”, declarou Ney Santos sobre os projetos sociais. 

Edvânio Mendes fez críticas ferrenhas ao atual Ministro da Saúde e ao atual governante do país. “Revogar uma portaria onde vai ser beneficiada a população mais carente é doído, a questão da Minha Casa Minha Vida foi uma questão de suma importância para muitos lugares, como o Embu, aí vem um cidadão e revoga, fico indignado”, disse. “Imagina o que vem pela frente, ele está revogando leis, ele está deixando de cumprir o que ele falou de não mexer em nada, é preocupante, não podemos retroceder”, completou. 

Mendes declarou que as mudanças feitas por Temer vão atingir, negativamente o município de Embu das Artes: “Nossa cidade está numa evolução então quando você fala em revogar uma medida dessa que beneficiaria a população de Embu é muito preocupante, o novo que está se colocando aí, me preocupa imagina o que vai ser pro próximo ano”, finalizou o parlamentar.

O clima esquentou quando após o presidente Ney Santos citar a seguinte frase: “Nós políticos temos que refletir melhor antes de falar besteira até porque o povo ouve a gente e tem que ouvir a verdade”, o vereador Edvânio Mendes se sentiu ofendido e alegou só estar manifestando a sua opinião, “O senhor disse que eu falei besteira, mas eu não falei besteira eu falei o que realmente eu penso e falar que um vereador falou besteira é complicado”, disse ele. Ney Santos informou que não se dirigiu em momento algum ao vereador Edvânio, “A carapuça serve pra quem está falando e se coube a você me desculpe, mas não foi minha intenção”, respondeu o presidente.

Outros parlamentares também se manifestaram quanto às declarações. “Concordo com o ministro, o SUS tem que ser repensado mesmo porque é um sistema que não funciona mais já que aonde você vai falta leito, hospitais, remédios e médicos ele precisa ser repensado e não banido”, afirmou Júlio Campanha.

Luiz Calderoni também se mostrou a favor da nova administração do Governo Federal: “Temos que reconhecer os bons passos que tem sido dado pelo Michel Temer e nós de Embu vamos aproveitar o PMDB aqui no comando”, disse. 


18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

18/10/2017

Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (17) reajustes nas contas de luz...

18/10/2017

MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo

O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram ao...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.