Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Deputada Analice Fernandes assina CPI da máfia da merenda

Por Assessoria de Comunicação | 13/05/2016

analice

Assessoria de Imprensa da deputadaDeputada Analice Fernandes assinou a CPI no último dia 10 

“O PSDB fechou questão sobre abertura da CPI da merenda, mas com uma proposta mais ampla do que a apresentada pelo PT, investigando também as 22 prefeituras envolvidas, funcionários públicos, além da COAF - Cooperativa Orgânica de Agricultura Familiar, onde houve o desvio”, explica a deputada Analice. 

Mais de 70 deputados assinaram também um Projeto de Resolução que permite que o pedido de abertura da CPI da máfia da merenda seja analisado com prioridade e ela possa ser instalada nas próximas semanas.  

O Projeto de Resolução é um instrumento legal para que a comissão não fique no fim da fila e possa ter a abertura acelerada. Atualmente, há na Alesp cinco CPIs em andamento – número máximo permitido – e 11 na fila. 

O governador Geraldo Alckmin diz que vê com bons olhos a abertura de uma nova frente de investigação. “Se há crime ele ocorreu fora do governo. De todo modo, quanto mais investigação, melhor. Toda forma de investigação é válida. De nossa parte, tomamos todas as medidas cabíveis como a exoneração de pessoas e autonomia para que a Corregedoria faça seu trabalho com absoluta independência”, afirmou Alckmin.
Fraude da Merenda

Segundo o Ministério Público e investigações da Polícia Civil a Coaf – Cooperativa Agrícola - assinou ao menos R$ 7 milhões em contratos com 21 prefeituras, além do governo estadual, somente entre 2014 e 2015, para o fornecimento de alimentos e suco para a merenda. 

Ainda de acordo com a Promotoria, parte desse valor era usada no pagamento de intermediários e agentes públicos que atuavam para facilitar ou fraudar as licitações para beneficiar a Cooperativa. O caso veio à tona em janeiro deste ano.

29/04/2017

Régis registrou bloqueios, marchas e atos na greve geral em toda a região

A greve geral contra as reformas da previdência e trabalhista foi marcada em Taboão da Serra,...

29/04/2017

Aprígio recebe visita de Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho

Acompanhado de lideranças da Executiva Nacional e Estadual do PDT, Carlos Lupi, presidente...

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

26/04/2017

Vereadora Priscila Sampaio fará pedágio contra o jogo Baleia Azul em Taboão

Preocupada com a disseminação do trágico jogo virtual baleia azul, que já levou vários...

26/04/2017

Vereadores de Taboão aprovam regulamentação do uso da sede da Câmara Municipal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira, 25,...

26/04/2017

Senado aprova em 1º turno fim do foro privilegiado de políticos e autoridades

Senado aprovou nesta quarta-feira (26), em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição...

26/04/2017

Temer decide cortar ponto de servidores que entrarem em greve

O presidente Michel Temer decidiu que cortará o salário dos servidores que participarem da greve...

29/04/2017

Régis registrou bloqueios, marchas e atos na greve geral em toda a região

A greve geral contra as reformas da previdência e trabalhista foi marcada em Taboão da Serra,...

29/04/2017

Prefeitura de Taboão forma mais de 200 alunos através do Programa Lado a Lado Sa

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda da Prefeitura de Taboão da Serra,...

29/04/2017

Maternidade de Taboão inaugura serviço de consultoria em amamentação

A Prefeitura de Taboão da Serra está cada vez mais avançando na implantação de políticas...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.