Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Sessão de Taboão da Serra teve mais de 7 horas de ataque contra Aprígio e sua equipe

Por Sandra Pereira | 11/05/2016

equipe_1

Sandra PereiraVereadores da base bateram pesado em Aprígio e equipe dona Luzia negou envolvimento do marido em jornais

Os vereadores que integram a base do prefeito de Taboão da Serra, Fernando Fernandes, crivaram de duras críticas o ex-vereador José Aprígio e o jornalista Mário de Freitas durante 7 horas e 32 de minutos na sessão desta terça-feira, 10. As discussões políticas da atual legislatura  é constantemente pautada por publicações de jornais da oposição. Dessa vez o ataque incisivo contra os vereadores José Aparecido Alves, Eduardo Nóbrega, Eduardo Lopes e Marco Porta levou a base governista a reagir com unanimidade rechaçando a prática e literalmente partindo para o ataque. Os vereadores “atacados” nas publicações de dois jornais que seriam financiados por José Aprígio reagiram com força. No final da sessão o clima amenizou “depois que uma proposta com aceno de paz”. 

A discussão sobre os periódicos foi iniciada pelo líder de governo, Eduardo Nóbrega. Tomado pela ira ele avisou que não pouparia mais Aprígio ou sua família. Acusou o pré-candidato de financiar panfleto criminoso, chamou-o para o debate, acusou de estar se escondendo da CEI contra a Cooperativa Vida Nova e ainda falou sobre o patrimônio do ex-vereador. Logo depois mirou contra Mário de Freitas a quem acusou de ser o responsável pela estratégia de ataque de Aprígio. 

“Nós vamos falar de tudo sem dó. Estão colocando as famílias nas capas dos jornais, então vai a família de todo mundo”, avisou. 

Segundo a discursar na sessão o presidente da Câmara, José Aparecido Alves, o Cido, seguiu a linha dura da fala de Nóbrega. Disse que Aprígio caiu na conversa de Mário de Freitas. Cido reclamou da ação que pediu seu afastamento da presidência porque ele mudou a tramitação de pedido de afastamento do prefeito Fernando Fernandes. Ele criticou o fato da ONG Aparecendo, onde afirmou atuar como voluntário ter sido citada em panfleto da oposição. 

“O Aprígio mudou muito dona Luzia. Fica pagando jornaleco que fala mal de uma Associação onde eu me dedico a dar aula para buscar uma profissão às pessoas. Isso é inaceitável. Uma falta de respeito com a presidente dessa associação que tem como presidente uma senhora de 70 anos e muitos voluntários. O senhor Mário de Freitas não tem credibilidade para falar de ninguém”, disparou. 

Marco Porta também falou com firmeza e enfatizou o poder econômico de José Aprígio e acusou a família dele de ter enriquecido por conta da Cooperativa Habitacional Vida Nova. “Quando se fala desse cidadão chamado Aprígio é preciso dizer que ele não tem a mínima condição de ser prefeito dessa cidade. Ele não tem condições”, afirmou o vereador Marco Porta, batendo firme na tribuna antes de admitir estar perdendo o respeito pelos vereadores da oposição que são aliados de Aprígio.

Érica Franquini também bateu firme e disse Aprígio é o homem mais rico da cidade e disse que ele constituiu seu patrimônio pelo trabalho na Cooperativa Habitacional Vida Nova. 

Os discursos se seguiram em tom de acusação por mais de 7 horas. Os 10 vereadores membros da base governista usaram a tribuna. Em dois momentos a vereadora Luzia Aprígio, esposa do ex-vereador José Aprígio, foi a tribuna para negar que ele financiasse qualquer tipo de jornal na cidade. Na segunda ida, ela ironizou o fato dele ter sido citado durante toda a sessão e reclamou da falta de produtividade do parlamento que durante a sessão não aprovou nenhum projeto. “Quero agradecer a todos os vereadores que passaram o dia inteiro fazendo propaganda do meu marido”, disse com ar de ironia.

Nos últimos 10 minutos da sessão o clima mudou da água pro vinho. Eduardo Nóbrega voltou à tribuna e fez um discurso ameno em tom apelo para que as denuncias fossem cessadas e o clima de paz  restabelecido.  

“Ao longo da sessão foi tendo uma distensão e a gente foi tomando a esperança de que a paz fosse restabelecida. Houve sinais. Senti no semblante da oposição, dos coordenadores de campanha do Aprígio, muitos aqui presentes fazendo questão de deixar claro que não concordam com os rumos que a oposição tá tomando. Alguns deixaram a galeria para discutir o assunto e mostrar que não concordavam com isso. Com esse gesto nasceu no coração dos vereadores que alguma luz vai nascer na cabeça do Aprígio e ele vai entender que pode ser mais do que esse coronel que abusa do poder econômico, político e da força para atingir as pessoas. Esse é o caminho que do fundo do coração eu quero. Os Nóbregas não fogem de uma guerra e apesar de eu ser dos mais conciliadores quero deixar claro que hoje é o ultimato. Se não parar vai ser um caminho de lama, de sangue da canela, uma das piores páginas da cidade. Talvez igual a de 2012”, observou Eduardo Nóbrega em entrevista ao Jornal na Net.

14/07/2017

Câmara de Taboão permanece com atendimento ao público durante o recesso

A Câmara Municipal de Taboão da Serra entrou em recesso parlamentar no início de julho e neste...

12/07/2017

MPT pede veto e não descarta entrar com ação contra reforma trabalhista

O Ministério Público do Trabalho (MPT) encaminhou ao presidente Michel Temer, nesta quarta-feira...

07/07/2017

Deputada Analice assume presidência da Assembleia e recebe delegação da Baviera

A deputada estadual Analice Fernandes assumiu interinamente a presidência da Assembleia...

07/07/2017

Assembleia aprova proposta de Alckmin que reduz valores de multa e juros de ICM

Na tarde desta quarta-feira, 05 de julho, a Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou o...

05/07/2017

Tribunal de Contas reunirá prefeitos de Taboão, Embu, Itapecerica e região

Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) realiza em Suzano, na próxima quinta-feira...

05/07/2017

Assembleia aprova proposta de Alckmin que reduz valores de multa e juros de ICMS

Na tarde desta quarta-feira, 5 de julho, a Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou o Projeto...

04/07/2017

Vereadora Érica Franquini comemora o sucesso da 1ª audiência pública

Na quinta-feira, 29, a comissão de Segurança da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou a...

04/07/2017

Prefeito Jorge Costa fala sobre projetos de Itapecerica

Reeleito pela quarta vez para administrar a prefeitura de Itapecerica da Serra, o prefeito Jorge...

03/07/2017

Prefeitura de Embu emite nota sobre a saída de Jefferson Siqueira do Turismo

A prefeitura de Embu das Artes emitiu nota oficial sobre a demissão do secretário Jefferson...

01/07/2017

Câmara Municipal entra em recesso após aprovação da LDO

Na última terça-feira, dia 27, os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade, em...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.