Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

PM é preso após balear militante do MTST em Itapecerica da Serra

Por Gabrielly Sousa | 5/05/2016

PM_PRESO

DivulgaçãoO policial é acusado de tentativa de homicidio

O policial militar (PM) que estava de folga na tarde desta quarta-feira (04) foi preso após balear a sem-teto Edilma Aparecida Vieira dos Santos (36) durante manifestação do Movimento dos trabalhadores sem teto (MTST) na cidade de Itapecerica da Serra – relembre o caso aqui. O policial foi preso em flagrante e responderá por tentativa de homicídio.

De acordo com a Policia local o PM foi preso em flagrante instantes depois do disparo e responderá por tentativa de homicídio. Em depoimento o acusado declarou que efetuou o disparo, acidentalmente, após os manifestantes se aproximarem de seu veiculo de forma ameaçadora. 

Os integrantes do MTST dizem que a versão do PM não procede. Eles informam que o protesto seguia de forma pacifica em direção a uma reunião com o prefeito Amarildo Chuvisco e que nenhum ato de violência ou desordem ocorreu para desencadear tal reação do PM. 

A vítima foi atingida na barriga por uma pistola automática ponto 40. Edilma Silva passou por cirurgia no Hospital Geral de Itapecerica da Serra e está estável até o momento.


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.