Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Itapecerica da Serra terá implantação das audiências de custódia em maio

Por Gabrielly Sousa | 29/04/2016

ALEXANDRE

DivulgaçãoAlexandre de Moraes anunciou a implantação das audiências de custódia

Na manhã da última quinta-feira (28) o secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, anunciou que Itapecerica da Serra e outros 37 municípios receberam o programa das audiências públicas. Durante palestra na Escola de Magistrados da Justiça Federal da 3ª Região, na Capital o secretário anunciou que a implantação do projeto começa a partir da próxima segunda-feira (2).

O projeto, que já funciona na Capital, será instalado nas sedes de circunscrição da Grande São Paulo – São Bernardo do Campo, Santo André, Osasco, Guarulhos, Mogi das Cruzes e Itapecerica da Serra.

Com a novidade, a partir da implantação do projeto, todos os presos em flagrante de cada região serão levados às sedes onde funcionará o programa. A ação é feita em conjunto com o Tribunal de Justiça (TJ), Ministério Público (MP), Defensoria Pública e Governo do Estado, através das secretarias da Segurança Pública (SSP) e Administração Penitenciária (SAP).

Segundo Alexandre de Moraes o intuito do projeto é facilitar o processo para aqueles que não tenham cometido crimes com violência ou grave ameaça e que não possuem condições econômicas para contratar um advogado. De acordo com o secretário o programa faz com que em vez de ser preciso esperar meses para a análise da legalidade da prisão e a punição o processo ocorra com mais rapidez. 

“A pessoa ficava presa sem necessidade. Eu digo sempre, o Brasil prende muito, mas prende mal, a legislação brasileira desde sempre trata os crimes mais ou menos da mesma forma, ou seja, tudo é prisão, desde o furto de sabonete até o roubo qualificado com fuzil”, ressaltou Moraes em defesa da importância do projeto.


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.