Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Juiz de Taboão suspende CEI instalada pela Câmara contra a Cooperativa Habitacional Vida Nova

Por Sandra Pereira | 28/04/2016

cei

Sandra PereiraPrimeira audiência da CEI foi bastante tumultuada e vereadores praticamente não conseguiram deliberar

O juiz da 1ª Vara Cível da Comarca de Taboão da Serra, Rafael Rauch, concedeu a tutela antecipada suspendendo os trabalhos da Comissão Especial de Inquérito (CEI) instalada pela Câmara Municipal de Taboão da Serra contra a Cooperativa Habitacional Vida Nova. O presidente da Câmara Municipal, vereador José Aparecido Alves, o Cido, disse que a Casa ainda não foi citada. Ele afirmou que vai esperar isso ocorrer para poder definir o que será feito. A CEI foi instalada há pouco mais de um mês depois de passar quase um ano engavetada, após o pedido para a sua instalação ser feita a pedido do vereador Eduardo Lopes. 

"Estou fazendo análise sobre essa questão, mas a priori, dei vazão a um entendimento da Casa que queria a CEI. Tivemos a maioria dos vereadores querendo investigar algo que já é objeto de uma ação civil pública. Ainda não fui citado, mas estou aguardando e vamos argumentar que se trata de uma posição do Legislativo com o aval do nosso corpo técnico. Acredito que não houve falha no que tange ao regimento ou a constituição. Esse motivo vem sendo discutindo a algum tempo. O papel da Casa legislativa é dar resposta e estamos fazendo isso", afirmou o presidente da Câmara. 

O juiz deferiu o pedido de tutela antecipada suspendendo os trabalhos da Comissão Especial de Inquérito, sob pena de crime de desobediência. Desta forma todos os trabalhos estão suspensos inclusive a audiência marcada para essa sexta-feira, 29, quando estavam convocados para depor secretários municipais e o presidente da Cooperativa, o ex-vereador e pré-candidato a prefeito de Taboão, José Aprígio da Silva.

No seu fundamento o juiz alegou a probabilidade de ilegalidade na instauração da CEI, uma vez que, que segundo ele, não há fato determinado a ser investigado “já que na criação foi usado termo de eventuais irregularidades e eventuais crimes de improbidade administrativa, que podem ter causado ao erário, quando da realização de procedimento administrativo de desdobro”. O magistrado também fez menção ao fato que a investigação poderá causar prejuízos à requerente no mercado.

Na primeira audiência da CEI, com o plenário lotado de apoiadores de Aprígio os integrantes da comissão tiveram dificuldades para deliberar no plenário. Os trabalhos foram suspensos rapidamente após a deliberação de convocar os depoentes.  


18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

10/10/2017

Parecer do relator de denúncia contra Temer deve ser lido nesta terça

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.