Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Aposentados da prefeitura de Taboão cobram reajuste e vereadores aprovam campanha contra Dengue em Taboão

Por Sandra Pereira | 9/03/2016

taboao_1

DivulgaçãoA sessão desta semana foi atípica e durou mais de 6 horas

O combate ao mosquito Aedes Aegypti ganhou força em Taboão da Serra após aprovação de um projeto de lei de autoria do vereador Carlinhos do Leme, que cria a campanha municipal de combate a Dengue. O projeto foi aprovado por unanimidade e os vereadores se desdobraram em discursos lembrando a importância de combater a doença no âmbito municipal. No começo da  sessão  aposentados da Taboãoprev reivindicaram reajuste salarial e falaram das dificuldades financeiras que enfrentam por causa da defasagem salaria.

A sessão desta semana foi atípica e durou mais  6 horas. Em dado momento a Câmara Municipal parecia o congresso nacional dado o calor dos debates sobre a corrupção no governo federal. Também houve debate sobre a eleição municipal e as frentes partidárias montadas para a disputa do pleito. Nesse quesito os vereadores se desdobraram entre ironias e recados. Um deles apontou a preocupação com a vinda do ex-vereador Paulo Félix para o governo e a já esperada indicação dele à Secretaria Municipal de Habitação.

“Eu tenho pena de quem vai disputar a eleição no chapão. Porque é um sonho que nasce morto. Será uma campanha onde o principal candidato está inelegível”, citou Marcos Paulo antes de lembrar o texto bíblico do filho pródigo. “Quando o filho mais velho não usufrui as coisas do pai ou não é honrado como merece o problema é do pai que não honra os filhos fieis. Então às vezes você traz alguém e desmotiva outros. Tem que conversar e honrar os filhos que são fieis”,  falou Pulinho.

O líder do governo, Eduardo Nóbrega, reclamou dos secretários que estariam apoiando candidaturas dentro de suas pastas e até dando gratificações em troca de apoio de político. Disse que não queria falar a respeito mas não aceitaria reuniões fechadas com funcionários para pedir apoio a um vereador só.

No começo dos trabalhos integrantes da Associação dos Aposentados e Pensionistas da TaboãoPrev (Aapopen) em Taboão da Serra reclamaram da falta de reajuste salarial há quase 20 anos e reclamaram da falta de resposta do governo e do fato de não terem sido recebidos pelo prefeito.

 “A gente tem um cartão esmola de R$ 160. Queremos uma chance de sobreviver”, falou uma aposentada. “Vereadores vocês precisam saber por que essa população está se queixando. Precisam procurar saber com o prefeito por que está havendo essa injustiça. Pelo amor de Deus tenham um pouco de sensibilidade para com essas pessoas”, completou outro.

O líder do governo disse que participou de uma reunião com o Ministério da Previdência Social na qual foi negada o aumento aos paritários, apenas foi obtido uma permissão para conceder gratificação  de R$ 200 aos aposentados.

“Não fizemos propaganda disso. Pra nós é vergonhoso dizer que conseguimos um bônus de R$ 200, que não é nada. Tem que ter uma política de recuperação é urgente”, afirmou Nóbrega.

Já na reta final dos trabalhos em meio a discussão acirrada sobre a corrupção no governo federal o vereador Moreira disse que estava estudando deixar o PT mas após a condução coercitiva de Lula decidiu ficar no partido, que segundo ele saiu mais forte e unido do ato.

“Depois daquela sexta-feira estou mais firme no PT do que nunca. Eles deram um tiro no pé. Acordaram o Lula. Uniram o PT. Antes disso, estava discutindo com o meu povo até as vésperas sobre deixar o PT”, revelou.

Dois projetos constantes na pauta da sessão desta terça-feira, 9, foram remetidos à sessão seguinte depois de não terem sido voltados porque a sessão acabou.

Antônio Pereira

Reajuste salarial em Taboao da Serra é somente para os aliados do Imperador. Funcionário público concursados os políticos locais fingem que não existem, sempre foi assim.

29/04/2017

Régis registrou bloqueios, marchas e atos na greve geral em toda a região

A greve geral contra as reformas da previdência e trabalhista foi marcada em Taboão da Serra,...

29/04/2017

Aprígio recebe visita de Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho

Acompanhado de lideranças da Executiva Nacional e Estadual do PDT, Carlos Lupi, presidente...

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

26/04/2017

Vereadora Priscila Sampaio fará pedágio contra o jogo Baleia Azul em Taboão

Preocupada com a disseminação do trágico jogo virtual baleia azul, que já levou vários...

26/04/2017

Vereadores de Taboão aprovam regulamentação do uso da sede da Câmara Municipal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira, 25,...

26/04/2017

Senado aprova em 1º turno fim do foro privilegiado de políticos e autoridades

Senado aprovou nesta quarta-feira (26), em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição...

26/04/2017

Temer decide cortar ponto de servidores que entrarem em greve

O presidente Michel Temer decidiu que cortará o salário dos servidores que participarem da greve...

29/04/2017

Régis registrou bloqueios, marchas e atos na greve geral em toda a região

A greve geral contra as reformas da previdência e trabalhista foi marcada em Taboão da Serra,...

29/04/2017

Prefeitura de Taboão forma mais de 200 alunos através do Programa Lado a Lado Sa

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda da Prefeitura de Taboão da Serra,...

29/04/2017

Maternidade de Taboão inaugura serviço de consultoria em amamentação

A Prefeitura de Taboão da Serra está cada vez mais avançando na implantação de políticas...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.