Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Cobranças ao Executivo marcam sessão da Câmara de Itapecerica da Serra

Por Gabrielly Sousa | 2/03/2016

sessao2

Genildo Rocha

Os vereadores de Itapecerica da Serra realizaram a primeira sessão do mês de março nesta terça-feira (01). Do ponto de vista político as cobranças feitas ao Prefeito Chuvisco pelo presidente da Câmara, Alex Pires, deram o tom aos trabalhos da Casa.

O vereador e Presidente da Câmara Alex Pires utilizou a tribuna para relembrar as acusações feitas por ele mesmo na última sessão do dia 23 de fevereiro – veja aqui – e declarou: “Quem roubou ou não roubou o juiz que tem que decidir”, o vereador também mencionou a precária situação de pontos de ônibus e vias da cidade e cobrou providências do Prefeito Amarildo Gonçalves: “Abre o olho prefeito esse povo precisa de você, isso é um descaso”. Enquanto fazia uso da tribuna o vereador demonstrou várias imagens de vias públicas precárias pela cidade.

O vereador Edicarlos Bispo dos Santos (Sangue Bom) também utilizou a tribuna para cobrar o prefeito do município e criticar as Secretarias de Lazer e de Turismo da cidade: “O prefeito é omisso, a secretaria de cultura não funciona a de turismo funciona mais ou menos e assim a praça da cidade fica cheia de sujeira, o que é incapacidade do prefeito que não consegue limpar uma rua dessa cidade”. O vereador também cobrou explicações do Prefeito Amarildo Gonçalves sobre verbas públicas devolvidas pela Câmara, assim como fez o Vereador e Presidente da Câmara Alex Pires anteriormente.

“Já vi várias vezes os secretários cobrando os responsáveis pela limpeza, temos que cobrar a nova Secretaria de Serviços Municipais que é a responsável pela limpeza da nossa cidade, a Secretaria de Turismo está fazendo sua parte e brevemente teremos a sinalização turística aqui na cidade”, comenta o vereador Gerson Lazarin em defesa das Secretarias criticadas pelo vereador Sangue Bom. “Nós vereadores não estamos aqui para criar situações paliativas e momentâneas e sim situações definitivas então ao invés de somente criticar devemos sugerir e encontrar soluções para os problemas da cidade” finaliza o vereador.

O vereador Pastor Hernandes também se manifestou: “Muitos falam da gestão do nosso município como se nada tivesse sido feito, mas muito foi, está e será feito ainda por essa cidade, falar é fácil quero ver trazer recursos e fazer as obras para cidade, eu critico quando tem que ser criticado, mas não podemos só criticar temos que nos unir para dar o melhor para nossa população”.


A 4ª sessão ordinária do ano contou com aprovação de diversos requerimentos de autoria dos vereadores dentre eles: disponibilização de imóvel para uso da agencia do IBGE; instalação de energia e sistema de água em diversos logradouros; requerimento de cobrança a Sabesp referente à pavimentação da Rua Madeira; informações sobre a origem de recursos utilizados em obras e uma solicitação de retirada do portão que está localizado e impede a passagem da via pública da Rua das Palmas no Jardim Esmeralda. 


Em Plenário foram lidos e aprovados os Projetos de Lei 1643/15, de autoria do Prefeito Amarildo Gonçalves, que dispõe sobre a transferência do domínio do loteamento Conjunto Habitacional Primavera objeto do programa Habitar Brasil; Projeto de Lei 1644/15, de autoria do Prefeito Amarildo Gonçalves, referindo-se a política de mobilidade urbana do e o Projeto de Lei 1194/16 de autoria de todos os vereadores que denomina José Raimundo Maciel Filho logradouro público.


O vereador Guilherme de Souza (Kisuco), que tomou posse na última semana da cadeira do então vereador Fabio da Silva Sampaio, não pôde comparecer a sessão do dia 1º por motivo de problemas saúde.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.