Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Eleitor é condenado pelo crime de boca de urna

Por Redação | 18/02/2016

santinho_foto_valter_campanato_agencia_brasil

DivulgaçãoÉ crime a divulgação de qualquer espécie de propaganda eleitoral no dia da eleição.

Na sessão de julgamento desta quinta-feira (18), o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) condenou eleitor de Ipauçu, município pertencente à 114ª ZE - Santa Cruz do Rio Pardo, por crime eleitoral praticado no dia da eleição.

No primeiro turno das eleições gerais de 2014, o eleitor estacionou seu veículo nas proximidades de um local de votação, com adesivos externos de propaganda de candidato colados na carroceria, e distribuiu santinhos. A Corte confirmou a decisão da primeira instância e condenou o eleitor à pena de um ano de detenção, substituída por prestação pecuniária no valor equivalente a um salário mínimo, a ser pago em favor do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente do município em que reside, além da pena de multa de 10 mil reais. 

A Lei 9.504/97 (Lei das Eleições) prevê, em seu artigo 39, parágrafo 5º, inciso III, que é crime a divulgação de qualquer espécie de propaganda eleitoral no dia da eleição.

 Da decisão, cabe recurso ao TSE.


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.