Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Estudantes de São Paulo podem financiar os estudos SEM JUROS

Por Assessoria de Imprensa | 20/01/2016

estudante

Divulgação - Google O PRAVALER, maior crédito universitário privado do Brasil, já beneficiou mais de 60 mil estudantes e tem mais de 200 faculdades parceiras em todo o Brasil

Com as novas regras do Fies, que tornaram o acesso ao financiamento público mais restrito, muitos estudantes se viram sem opções para ingressar ou permanecer na faculdade. Pensando nisso, os grandes grupos universitários do país como Estácio, Anima, Kroton e Ser Educacional fecharam parceria com o PRAVALER, hoje o maior programa privado de crédito universitário do país. Com ele, o estudante pode fazer o curso que deseja porque a mensalidade é dividida em parcelas. Assim, o valor a ser pago por mês cabe no bolso. A contratação é fácil, rápida e sem burocracia. E é possível solicitar o crédito antes mesmo do início do próximo semestre. 

Todas as universidades parceiras do PRAVALER subsidiam pelo menos parte ou o total dos juros do financiamento para os alunos. “Houve um esforço mútuo entre a Ideal Invest e algumas universidades para viabilizarmos o financiamento sem juros aos estudantes. Não existe segredo. Os juros são pagos pela própria universidade. Isso só é possível porque a instituição entende que, com o programa, é possível aumentar o acesso ao ensino superior e garantir que os alunos escolham o curso que realmente desejam”, explica Rafael Baddini, diretor da Ideal Invest. 

50% das vagas abertas no ensino superior privado do país já podem ser efetuadas com o financiamento do PRAVALER, em qualquer curso. O crédito fica disponível durante todo o ano e não precisa da nota do Enem para aprovação. Além dos jovens que começam agora a faculdade, o PRAVALER também pode ser usado por estudantes que já estão matriculados, mas que precisam do financiamento para concluir o ensino superior.  

Para quem tem interesse em contratar o crédito – cujos juros podem chegar a zero para estudantes de São Paulo – basta acessar www.pravaler.com.br e preencher o cadastro. No site é possível ainda checar quais são os passos necessários para a contratação e simular a operação. Assim quem está na iminência de iniciar a vida universitária terá ideia precisa do valor mensal a ser pago.

11/10/2018

Alunos de Taboão da Serra realizam estudo de campo em Embu das Artes

Após conhecerem pontos históricos de Taboão da Serra em junho, os alunos dos 3º, 4º e 5° anos da...

24/09/2018

Sucesso entre taboanenses, Matematicando tem 4º edição no Pq. das Hortências

Sob um clima descontraído e agradável, o conhecido Parque das Hortências, em Taboão da Serra, se...

20/09/2018

GCM de embu forma 735 estudantes em programa de prevenção às drogas

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Embu das Artes, por meio do Grupo Educação e Prevenção de...

20/09/2018

Alunos do projeto “Conhecendo Minha Cidade” recebem livro histórico sobre Taboão

Estudantes dos 4º e 5º anos da EMEF Profª. Maria Alice Borges Ghion receberam na quarta-feira,...

17/09/2018

Alunos do fundamental 1 poderão participar das Olimpíadas de Matemática

10/09/2018

Prefeitura de Embu abre Seleção para contratação de 18 professores

A Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes-SP publica abaixo o Edital de Abertura e...

08/09/2018

Desfile Cívico de 7 de setembro encantou público arena Multiuso, em Taboão

O desfile cívico de 7 de setembro literalmente encantou o público que lotou a arena Multiuso, em...

15/10/2018

Restaurante Popular celebra o Dia da Alimentação na próxima terça-feira, 16

A Prefeitura de Embu das Artes, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, vai celebrar o...

14/10/2018

Fim trágico: corpo do pequeno Bryan é achado por moradores em rio de Juquitiba

O corpo do pequeno Bryan, que estava desaparecido desde o dia 12, em Juquitiba, foi localizado...

ingle

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.