Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Lixo em terreno baldio tira sossego dos moradores do Jardim Iracema, em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 19/01/2016

baldio

DivulgaçãoVizinhos de terreno reclamam de infestação de ratos, baratas, insetos e escorpiões

Um terreno baldio localizado na Rua 19 de Fevereiro, em frente ao número 679, no Jardim Iracema, em Taboão da Serra anda tirando o sossego de toda a vizinhança. O local está tomado por lixo e entulho se tornando um ambiente propício para a proliferação de insetos, ratos, baratas e vários outros tipos de pragas.


Já faz 8 meses que os moradores vizinhos do terreno tentam fazer com que a prefeitura de Taboão da Serra efetue a limpeza da área. Eles querem que a prefeitura obrigue o proprietário a limpar e cercar o terreno, utilizado comumente para o descarte de todo tipo de lixo entulho e material de construção.

Depósitos de lixo, entulho e sujeira os terrenos baldios são vizinhos indesejáveis. Quem mora perto deles sofre com o lixo e o entulho jogados indevidamente, o mato alto e a proliferação de ratos, baratas e insetos. Nos bairros distantes da região central de Taboão da Serra os terrenos baldios são comuns. Alguns deles estão murados mas boa parte fica desprotegida e por essa razão recebe lixo e entulho quase diariamente para desespero da vizinhança.

"Esse terreno que está cheio de lixo. Todas as casas estão sofrendo com uma grande infestação de baratas, ratos  e escorpioes. Já ligamos para prefeitura  e nada foi feito. Estamos nessa situação há mais de 8 meses sempre ligando pra prefeitura para limpar o terreno.  Já não aguentamos mais precisamos de ajuda", apelou um morador do local.

O desespero dele também deve-se ao fato dos terrenos baldios serem ambientes ideais para a proliferação do Aedes Aegypit, mosquito transmissor da doença.

Assim como no jardim Iracema moradores de vários bairros de Taboão estão pedindo socorro à prefeitura para que tome as medidas necessárias visando a limpeza desses terrenos que acabam se tornando paraíso para os mosquitos. Eles pedem que a prefeitura localize e multe os proprietários. Esses terrenos  também representam um risco para a segurança, já que muitas pessoas aproveitam o local para usar drogas e até manter relação sexual.


“Já falei com o dono várias vezes e ele não faz nada. O pior é que ele nem constrói e nem vende. Já arranjei pessoas interessadas em comprar para construir, mas ele não quer. Só que o dono mora longe e não sabe o que acontece aqui. Já peguei gente usando droga e até casais durante a noite. Agora com essa história toda de dengue a gente sente medo e ninguém faz nada, nem o dono e nem a prefeitura”, reclama o vizinho de um terreno no Saint Mortiz. 

“Chequei a pensar que ele ia ser multado. Mas, como nada aconteceu acredito que ele se saiu livre”, observa.

Quem também não anda nada satisfeita com o terreno abandonado ao lado de sua casa é a autônoma  Rose Silva. Ela conta que a casa dela sofreu infiltração no período chuvoso graças ao entulho despejado ao lado de sua parede. De acordo com ela o terreno se transformou em depósito lixo.

 “Vem gente de longe com carrinhos e até sacos de entulho para jogar aqui. O prejuízo na minha casa está grande. Sem contar que a minha filha nem pode sair de casa porque junta um monte de rapazes aqui. Eles ficam encostados na minha parede usando drogas”, lamenta. “Aqui só não está pior porque a gente fica de olho. Já chamei até a polícia contra quem queria jogar entulho”, completa.

A reportagem do Jornal na Net recebe com frequência diversas queixas de moradores que enfrentam os problemas em função dos terrenos baldios que se tornam depósito de lixo e entulho.

A prefeitura de Taboão informou que o departamento de fiscalização vistoria os terrenos e notifica os proprietários para realizar a limpeza e construir muro e calçadas. Caso o dono do terreno ignore as notificações acaba sendo multado. A multa, segundo o departamento é embutida no carnê do IPTU.

17/10/2017

Caixa e BB antecipam em dois dias pagamento do PIS/Pasep a correntistas

Com dois dias de antecedência em relação ao calendário oficial, os correntistas da Caixa...

15/10/2017

Mulher atacada por ex com facão era separada há 6 anos e sofria ameaças

Durante seis anos Edeni Aparecida Rocha da Silva, 37 anos, viveu no inferno, mas somente ela e...

15/10/2017

Exame para certificar mais 1,5 milhão de jovens adultos tem nova data

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos será aplicado no dia 19...

15/10/2017

Rodoanel tem audiência para instalação de postos de combustíveis

No próximo dia 24 de outubro, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo – Artesp...

14/10/2017

Horário de Verão começa neste domingo, adiante seu relógio em uma hora

Horário de Verão começa à 0h deste domingo (15), e os relógios deverão ser adiantados em uma...

11/10/2017

Unicef: a cada 10 minutos morre uma menina vítima de violência

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lembrou, nesta quarta-feira (11), por ocasião...

11/10/2017

Prefeito Fernando Fernandes forma mais 24 Guardas Municipais

O prefeito Fernando Fernandes formou na noite de sexta-feira, 06 de outubro, mais uma turma da...

11/10/2017

1º Fórum do Idoso da Sociedade Civil acontece em Itapecerica da Serra

O Auditório da Prefeitura de Itapecerica da Serra foi o local escolhido para a realização, no...

10/10/2017

Rede de apoio é fundamental para combater violência contra a mulher

Ana Maria, 51, conviveu, ao longo de 34 anos de casamento, com agressões morais e violência...

17/10/2017

Seminário sobre desenvolvimento sustentável visa construir propostas no Conisud

Idealizado pelo mandato do deputado estadual Geraldo Cruz, da vereadora Rosângela Santos e com...

17/10/2017

Caixa e BB antecipam em dois dias pagamento do PIS/Pasep a correntistas

Com dois dias de antecedência em relação ao calendário oficial, os correntistas da Caixa...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.