Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Enchente deixou rastro de destruição e prejuízos; Defesa Civil trabalhou duro na limpeza das ruas

Por Sandra Pereira | 28/12/2015

FB_IMG_1451300309793

Defesa CivilTrabalho de limpeza do centro de Taboão durou até o final deste domingo; equipes trabalharam duro

As equipes da Defesa Civil de Taboão da Serra trabalharam duro durante todo o domingo 27 para limpar a lama deixada pela enchente que atingiu as ruas da região central da cidade. O trabalho foi duro e doloroso segundo os funcionários que tiveram de remover das ruas móveis, objetos e pertences das mais de 200 casas e comércios atingidos pela enchente, que foi apontada pelos moradores como a pior dos últimos anos. Veja fotos aqui.

Em Embu das Artes a chuva de 100mm, causou estragos em toda a região central e atingiu até a sede da prefeitura.Já em Itapecerica da Serra a chuva repetiu tragédia de anos anteriores com a morte de quatro pessoas soterradas e a interdição de 37 casas pela Defesa Civil. A cidade vai iniciar 2016 chorando a tragédia pela perda precoce dessas quatro vidas. O sepultamento delas aconteceu em clima de comoção e revolta.

Em Taboão, enquanto as equipes da Defesa Civil e da empresa que faz a coleta de lixo limpavam as ruas do lado de dentro das casas os moradores se desdobravam para remover a lama fétida, limpar o que podia ser recuperado e tentar organizar a bagunça. É desoladora a situação da maioria das vítimas da enchente. Todas elas vão precisar de ajuda para recomeçar e já há grupos se mobilizando para recolher doações.

Apesar de viverem em uma área quase sempre alvo de enchentes os moradores disseram que ficaram surpresos com a força da tempestade e a rapidez com que o nível do córrego Poá subiu. Em algumas casas a água chegou a subir até 2 metros e foi praticamente impossível salvar alguma móvel ou objeto.

Para se ter uma idéia da gravidade da enchente do sábado, 26, basta levar em conta que o piscinão do largo do Extra, que fica na entrada de Taboão transbordou e toda a região ficou completamente debaixo de água.

A Saúde alerta aos moradores que tiveram contato com a água suja que fiquem atentos aos sintomas e procurem os serviços de saúde no caso de apresentar qualquer anomalia.

De acordo com a Defesa Civil o temporal que atingiu a cidade durou mais de uma hora e meia e choveu em quatro horas 72,8mm, volume  esperado para pelo menos 15 dias.



15/10/2018

Restaurante Popular celebra o Dia da Alimentação na próxima terça-feira, 16

A Prefeitura de Embu das Artes, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, vai celebrar o...

15/10/2018

Estimativa de inflação sobe pela quinta vez e vai para 4,43% este ano

A estimativa de instituições financeiras para a inflação este ano subiu pela quinta vez seguida....

15/10/2018

Unidade do Procon no Centro de Embu estará fechada esta semana para mudança

O Procon unidade Centro (na sede da Prefeitura) estará fechado durante toda a semana ( de 15 a...

04/10/2018

Governo adia horário de verão para 18 de novembro a pedido do MEC

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.