Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Embu vive clima de grande salão

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 9/09/2010

2004_350.gif

Embu das Artes recebe Anuário aberto nesta sexta-feira para visitação

O clima da diversidade da arte, com todas as suas nuances, já se instalou na bucólica cidade de Embu, a apenas 30 km de São Paulo, em razão do Anuário Embu das Artes – 27º Salão de Artes Plásticas. Os cerca de 50 artistas selecionados entre os 500 inscritos entregam obras e montam instalações que, por propostas inéditas e alta qualidade, certamente se tornarão referência a partir do dia 10 de setembro, na abertura do Salão. Muitos curiosos já se manifestaram por e-mail, telefone ou até mesmo pessoalmente na Secretaria de Cultura e com artistas da cidade que compõem a Comissão Organizadora, a qual, também integrada por representantes do governo local, vem atuando há mais de um ano para a realização do projeto.

Embu das Artes está retomando o grande encontro de arte que sempre caracterizou o Salão – iniciado por célebres artistas, como Sakai do Embu, nome de um museu da cidade, Solano Trindade, responsável pela existência do núcleo de cultura afro-brasileira Teatro Popular Solano Trindade, Josefina Azteca, que dá nome a escola municipal embuense e sala no Centro Cultural Mestre Assis do Embu, nome de outro grande artista local do passado – e que depois de mais de uma década de interrupção volta à cena com espontânea naturalidade. A cidade, reconhecida como centro de produção artística e artesanal, é o cenário ideal para esse encontro de artistas de todo o País.

Neste ano, como parte da programação do Anuário, Embu lançou a Bolsa Residência para artistas, um projeto inédito, no qual o artista propõe sua arte, passa por seleção e recebe ajuda de custo para trabalhar e mostrar o seu talento, após três meses, com supervisão da Secretaria de Cultura. Os bolsistas selecionados, pela Comissão de Seleção e Julgamento, para a primeira jornada de um ano de Bolsa, são: Adriana Affortunati Martins, Camilla Renata Cardoso Nascimento e Daniele Moraes da Silva.

Você não pode perder o Anuário Embu das Artes – 27º Salão de Artes Plásticas! No dia 10/9 haverá abertura para convidados, às 19h, no Centro Cultural Mestre Assis do Embu, e a partir do dia 11/9, das 9 às 18 horas, o Salão poderá ser visitado pelo público em geral, com entrada gratuita, em dois endereços: Centro Cultural Mestre Assis de Embu, Largo 21 de Abril, 29, Centro Histórico, e Parque do Lago Francisco Rizzo, na rua Alberto Giosa, 320 (km 282 da Rodovia Régis Bittencourt/BR 116). O Parque Rizzo, principal área de lazer da cidade, foi o local escolhido para as instalações, grandiosas.

Convide a sua família, os amigos e não perca a oportunidade de conhecer mais sobre a arte e os artistas do Brasil. O Governo da Cidade de Embu das Artes ficará honrado com a sua presença.

O Anuário Embu das Artes - 27º Salão de Artes Plásticas tem escultura, pintura, desenho e gravura e outras linguagens, como instalações, performances, fotografia, videoarte, arte conceitual e intervenções urbanas.

Confira os expositores e suas obras no link: http://www.embu.sp.gov.br/e-gov/noticia/index.php?ver=3163

Texto: Elke Lopes Muniz

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.