Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Imprensa repudia agressão de Erlon Chaves contra jornalista Paulo Silveira

Por Sandra Pereira | 30/11/2015

paulinho

Arquivo pessoalPaulinho disse temer pela sua segurança enquanto Erlon Chaves ironizava agressão e fazia ataques contra a honra do profissional

O jornalista Paulo Silveira denunciou ter sido agredido com tapa na face e dois socos pelo pré-candidato a prefeito de Itapecerica da Serra, Erlon Chaves. O jornalista disse que a agressão aconteceu dentro do supermercado Kiodai, na presença de várias testemunhas. Após agressão o jornalista foi atendido no pronto socorro e registrou Boletim de Ocorrência. Não foi a primeira vez que Chaves agiu de forma intimidadora contra profissionais da imprensa. Vários veículos de informação de toda a região repudiaram o ato de violência. O Jornal na Net entende que os crimes contra a imprensa atentam conta a democracia e repudia com veemência essas práticas nefastas.

Paulo Silveira contou que estava num dos caixas de supermercado Kiodai quando foi abordado de maneira intimidadora por Erlon Chaves. O pré-candidato a prefeito acusou-o de escrever “muita merda na internet”. Após isso os dois tiveram um breve diálogo onde Paulinho disse que não escreveu nenhuma mentira. 

"Falei isso e sem esperar ele me deu um tapa no rosto e me sacudiu. Caí no chão e ele ainda tentou puxar minha perna", afirmou. “Fiquei atônito. Ele tem o dobro do meu tamanho e só parou de me agredir porque algumas pessoas o pararam”, completou. 

Paulinho é morador de Itapecerica. Já trabalhou em vários jornais da cidade,  passou por diversas assessorias de imprensa entre as quais se destaca a do Sindicato dos Servidores Públicos de Itapecerica. Atualmente trabalha na assessoria de imprensa no porto de Santos posto alcançado por meio de concurso. 

A agressão sofrida pelo jornalista foi repudiada pelo PDT de Itapecerica, que publicou nota em sua página no Facebook- leia aqui. Também provocou reações de moradores e agentes políticos da cidade que entendem a liberdade de expressão como um bem inalienável do ser humano. 
Após agredir o jornalista fisicamente Erlon Chaves usou sua página no Facebook para atacá-lo e zombar o ato de violência praticado. Enquanto isso Paulo Silveira disse temer pela sua segurança e de sua família. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.