Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Operação realizada em Itapecerica da Serra cumpre 13 mandados de prisão

Por Assessoria de Imprensa | 27/11/2015

vereadores

Jornal na Net Três vereadores foram presos na ação do Ministério Público em conjunto com a Rota 

O Ministério Público de São Paulo, por meio da Promotoria de Justiça de Itapecerica da Serra, deflagrou nesta manhã,  (27/11), a 1ª fase da Operação “Redenção”. Foram cumpridos 13 (treze ) mandados de prisão preventiva , com respectivos mandados de busca e apreensão. Além das residências dos acusados, houve vistoria em gabinetes de vereadores que também foram formalmente denunciados. 

A investigação que embasou a operação de hoje teve início em janeiro de 2015, após o Tribunal de Contas do Estado detectar o “sumiço” de cerca R$ 2,5 milhões das contas da Câmara Municipal de Itapecerica da Serra. 

A investigação contou com modernos e eficazes meios de obtenção de prova, notadamente delações premiadas, quebras de sigilo bancários, telemáticos e fiscais, apurando-se a subtração de valores muito maiores. 

Para a realização dessa fase da operação, o Ministério Público de São Paulo contou com o auxílio de cerca de 200 (duzentos) Policiais Militares, 20 (vinte) Promotores de Justiça de várias Comarcas diferentes, além da Delegacia de Polícia de Itapecerica da Serra que receberá os presos, realizando o encaminhamento deles para o sistema penitenciário de São Paulo. 

A investigação realizada ao longo do ano de 2015 redundou em ação penal já instaurada. A denúncia oferecida contra 18 réus imputa mais de 1000 (mil) crimes perpetrados entre janeiro de 2008 e dezembro de 2014.  

As ordens judiciais cumpridas na data de hoje foram determinadas pela Juíza de Direito titular da 2ª Vara Judicial de Itapecerica da Serra, Alena Cotrin Bizzarro, que será responsável pelo julgamento dos réus detidos e interrogados na data de hoje. O processo tramita em segredo de justiça.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.