Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Moradores do Jd. Três Marias em Taboão reclamam de poluição sonora

Por Amanda Marques | 16/11/2015

sonora

Reprodução - GoogleCarros de som e vendedores ambulantes são as maiores queixas dos moradores.

Quais são os limites para som em vias públicas? O excessivo barulho incomoda muitos moradores da cidade de Taboão da Serra, que em suas principais reclamações, enfatizam o desconforto e o fato de não conseguirem dormir. Seja de dia ou à noite, a poluição sonora gera irritação e revolta, não só às famílias que tem crianças e bebês, totalmente suscetíveis ao alto volume, mas a todos os munícipes que desejam ter o seu direito de usufruir do silêncio, preservado.

A reportagem do Jornal Na Net está sendo procurada com frequência por moradores da região, com o objetivo de chamar atenção ao problema e cobrar das autoridades mudanças que levem em consideração, o bem estar da comunidade. 

O mote da discussão está atrelado ao fato do não cumprimento de leis municipais, que determinam restrições ao uso do som. Em dezembro de 2011, a Secretaria de Segurança de Taboão da Serra deu início a ‘Operação Sono Bom’, que coibia a prática de perturbação ao sossego público por meio de automóveis estacionados em ruas residenciais e estabelecimentos comerciais, que emitissem som acústico acima do permitido – no caso – 80 decibéis. 

A operação não tinha como meta aplicar multas, mas garantir o sossego da comunidade e não deixar que carros com som alto perturbassem o sono ou qualquer outra atividade das famílias.  

Os chamados ‘pancadões’ também são alvos de críticas na cidade. Em 2014, a Câmara Municipal aprovou emendas na lei que discutiam a utilização de equipamentos de som em vias públicas. O documento institui que veículos utilizados para reprodução de propaganda política ou de qualquer outra finalidade, possam ser multados e apreendidos de acordo com a ‘Lei do Pancadão’. A altura do som não pode ser superior a 80 decibéis, com exceções de eventos sindicais e manifestações religiosas. 

Moradores do bairro do Jardim Três Marias, em Taboão da Serra informaram à reportagem do Jornal Na Net que sofrem com vendedores ambulantes que usam o som alto para divulgar seus produtos. “Já passei muito nervoso com isso. Tenho uma criança pequena em casa e é essa minha revolta, pois esses vendedores não respeitam os horários. Às 7h40 da manhã em dias de fim de semana, eu acho que já passou dos limites”, desabafou a moradora.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.