Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Campanha do TSE incentiva jovens a tirar o título de 16 a 20 de novembro

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 15/11/2015

titulo

Divulgação

A Semana de Alistamento do Jovem Eleitor acontecerá de 16 a 20 de novembro em todo o país. A campanha tem como objetivo incentivar jovens de 16 e 17 anos, para tirar o titulo de eleitor e dessa forma, participarão das próximas eleições. De acordo com dados de setembro deste ano, "há no país 1.234.355 eleitores de 16 e 17 anos habilitados a exercer sua cidadania por meio do voto e participar de todo o processo eleitoral".  

Para tirar o primeiro título de eleitor, basta que o jovem se dirija ao cartório eleitoral da sua região, levando a documentação necessária. Além da Semana de Alistamento do Jovem Eleitor, os interessados em votar nas Eleições Municipais de 2016 podem se alistar na Justiça Eleitoral até o dia 4 de maio do ano que vem, 151 dias antes do pleito, conforme previsto na Lei nº 9.504/1997. 

Já os jovens que ainda têm 15 anos, mas completarão 16 até o dia 2 de outubro de 2016 (data do primeiro turno das eleições municipais), também poderão escolher os seus representantes. No entanto, só poderão tirar seu primeiro título no ano que vem. 

Vale destacar que os jovens de 16 e 17 anos, tem o voto facultativo, ou seja, não é obrigatória a participação nas eleições, porém para aqueles que desejam exercer a cidadania com o voto, o direito é garantido pela Constituição Federal. Em seu artigo 14, a Carta Magna estabelece que “a soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para todos” e que o alistamento eleitoral e o voto são facultativos para os analfabetos, os maiores de 70 anos e os maiores de 16 e menores de 18 anos. 

Com informações do TSE


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.