Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Câmara de Taboão instala CEI contra o Shopping Taboão

Por Amanda Marques | 28/10/2015

20151027_163253_1

Sandra Pereira

Durante a tumultuada sessão da Câmara Municipal de Taboão da Serra, realizada na última terça-feira (27), a tão comentada CEI (Comissão Especial de Inquérito) para investigar a não construção da alça de saída do shopping Taboão em direção a Embu  foi  instalada. Com cinco assinaturas, Érica Franquini foi nomeada presidente da comissão, que tem por objetivo averiguar se há irregularidades e cobrar das autoridades responsáveis pelo Shopping Taboão, informações e explicações dos motivos pelos quais, a alça de acesso ainda não foi construída. 

A vereadora aproveitou as discussões acaloradas e não titubeou em subir à tribuna e afirmar que o requerimento já estava em suas mãos e contava com as assinaturas dos vereadores José Aparecido Alves, Waines Moreira, Marcos Paulo e Luiz Lune, além é claro, a de Érica. Número suficiente para emplacar a comissão de inquérito e cobrar explicações do Shopping. 

A alça de acesso deveria ser construída no sentido da cidade de Embu das Artes, para facilitar a locomoção das pessoas em fazer o retorno. O prazo de entrega segundo o requerimento estava marcado para outubro deste ano, mas nenhuma obra foi minimante iniciada e o Shopping não contribuiu com satisfações. 

O assunto estava rendendo há meses na Câmara de Taboão. Nas últimas sessões ordinárias, o tema foi fortemente discutido pelos vereadores e o presidente da Casa também não poupou críticas com relação à falta de iniciativa e de informações do Shopping.  

Depois de procurada pela reportagem do Jornal na Net, a assessoria de imprensa do Shopping Taboão, informou por e-mail que o Shopping não foi comunicado sobre a ação de instalação da CPI. A assessora relatou que os processos e projetos para a construção da alça estão em andamento, seguindo os trâmites e prazos determinados pelos órgãos envolvidos nas aprovações necessárias para o início das obras. 

Em entrevista, a presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, Érica Franquini explicou que decidiu participar da comissão depois do não cumprimento dos prazos estipulados pelo Shopping na construção da alça: “Eu acho que o Shopping acabou deixando a desejar muito com os vereadores dessa Casa, porque eles deram o prazo, determinaram que iria ser construído e não cumpriram o prazo. Então a partir desse momento eu decidi, como sou cobrada na rua, eu acho que a cobrança é muito grande, nós saímos em outdoor, vocês sabem disso [...]”. 

A vereadora afirmou que não poderia deixar de fazer acontecer a CPI e está firme em sua decisão. Érica disse que os responsáveis pelo Shopping devem comparecer à Câmara para prestar esclarecimentos, evidenciando a importância de dar respostas à população da cidade de Taboão.“E com certeza essa CEI não é brincadeira não! É para eles vir e dar prazos, eu quero início e término da construção. Eles devem isso para a nossa cidade, nós fomos lesados”, desabafou.

A segunda secretária da Câmara reiterou dizendo que a mudança a partir de agora, está atrelada à importância e o peso que uma CPI traz. Quando questionada sobre a real possibilidade de construção da alça, Érica rebateu imediatamente e declarou que a CPI pode exigir que os diretores do Shopping venham em tribuna dar explicações e que pode inclusive, recorrer ao Ministério Público. Há rumores de que possivelmente o vereador Marcos Paulo seja o relator da comissão, mas nada foi confirmado. 

Cido contribuiu com as argumentações e ressaltou que a CPI não é uma perseguição, mas sim uma ferramenta que tem mais força, para que seja cobrado nos momentos necessários. “E de repente a falta de respeito do Shopping foi grande”, declarou o presidente, relembrando a falsa promessa feita pelo Shopping que resultou na aparição de vereadores em outdoors. 

O líder do DEM comentou que durante a sessão do próximo dia 02, os membros da comissão serão escolhidos e demonstrou apoio a Paulinho, caso ele seja de fato o delator. Cido disse ainda, que Érica pode na sessão da semana que vem convocar toda e qualquer autoridade que tenha a ver com a construção da alça. 

Marcos Paulo falou sobre o prejuízo que poderá ser causado a Taboão. “O meu entendimento é o seguinte: se o Shopping tem interesse de construir a alça, que ele deposite em juízo o valor. Para que quando for autorizado, a alça possa ser construída. O que não pode é ao longo dos anos o prejuízo ficar para trás”, sugeriu o vereador. 

Cido fez questão de ressaltar que a atual legislatura se posicionou de forma veemente para cobrar a alça. Ele relembrou a comissão de acompanhamento e disse: “Eu acredito que, mês de outubro, mês que o Shopping deveria ter entregue a alça, não entregou... A vereadora aqui, [Érica] de forma muito sábia, também muito inteligente, conseguiu convencer os pares, quatro vereadores assinar com ela e teria mais votos”. 

Érica informou que tem consciência dos desdobramentos que uma CPI pode causar: “Eu não queria só passar por ser vereadora, eu queria marcar. Então se esse é o meu momento de marcar a história de Taboão da Serra, aconteça o que acontecer, eu vou até final com isso”, disparou.

joaquim

Parabéns vereadores, desde a inauguração deste Shopping deveria ter esta alça, porém, não fizeram para economizar um bom dinheiro e prejudicar substancialmente quem mais frequenta o Shopping que é a população das periferias de Taboão da Serra e Embu das Artes. Mais uma vez, parabéns vereadores de Taboão da Serra.

Renato

Mais um capitulo dessa novela, até quando? tinha é que fechar esse shopping por não ter comprido o projeto inicial e ainda já teve 3 ampliações.... falta de dinheiro não é .... acorda povo !!!!!

29/04/2017

Régis registrou bloqueios, marchas e atos na greve geral em toda a região

A greve geral contra as reformas da previdência e trabalhista foi marcada em Taboão da Serra,...

29/04/2017

Aprígio recebe visita de Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho

Acompanhado de lideranças da Executiva Nacional e Estadual do PDT, Carlos Lupi, presidente...

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

26/04/2017

Vereadora Priscila Sampaio fará pedágio contra o jogo Baleia Azul em Taboão

Preocupada com a disseminação do trágico jogo virtual baleia azul, que já levou vários...

26/04/2017

Vereadores de Taboão aprovam regulamentação do uso da sede da Câmara Municipal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira, 25,...

26/04/2017

Senado aprova em 1º turno fim do foro privilegiado de políticos e autoridades

Senado aprovou nesta quarta-feira (26), em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição...

26/04/2017

Temer decide cortar ponto de servidores que entrarem em greve

O presidente Michel Temer decidiu que cortará o salário dos servidores que participarem da greve...

29/04/2017

Régis registrou bloqueios, marchas e atos na greve geral em toda a região

A greve geral contra as reformas da previdência e trabalhista foi marcada em Taboão da Serra,...

29/04/2017

Prefeitura de Taboão forma mais de 200 alunos através do Programa Lado a Lado Sa

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda da Prefeitura de Taboão da Serra,...

29/04/2017

Maternidade de Taboão inaugura serviço de consultoria em amamentação

A Prefeitura de Taboão da Serra está cada vez mais avançando na implantação de políticas...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.