Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Prefeito Fernando Fernandes afirma ser contra o fechamento da E.E Alípio Oliveira

Por Sandra Pereira | 13/10/2015

ff

Ricardo Vaz

Já faz uma semana que a possibilidade de fechamento da Escola Estadual Alípio de Oliveira e Silva figura entre os temas mais discutidos em Taboão da Serra. A questão veio à tona depois que o governo do estado anunciou proposta de reestruturação das escolas da rede pública. Em Taboão, um dos reflexos dessa reorganização seria a disponibilização da EE Alípio, já que segundo a diretoria de Ensino a escola teria apenas 270 alunos inscritos no nível fundamental. O tema é polêmico e acendeu o pavio da revolta entre professores, pais e alunos.  Até o último dia 8 o prefeito Fernando Fernandes (PSDB) não havia sido informado oficialmente sobre a possibilidade de fechamento da escola. Procurado pelo Jornal na Net Fernandes se mostrou contra o fechamento do Alípio fazendo o coro ao movimento contrário a essa medida.

“Não fui informado  sobre reestruturação. Não estava sabendo. Li sobre o assunto nos jornais.  Liguei para a dirigente de ensino e ela me garantiu que não tem fechamento de escola. Disse que não tem nada definido sobre fechamento  de escola. Eu particularmente, vou precisar ser muito convencido, embora não possa fazer nada em relação a esfera estadual, mas vão ter que se esforçar muito pra me convencer de uma coisa assim”, afirmou o prefeito.

Apesar de antecipar que seu posicionamento pessoal é contra o fechamento da escola Alípio o prefeito Fernando Fernandes afirmou que não tem poderes para evitar que isso ocorra, caso seja essa a decisão do governo do estado. O prefeito pertence ao mesmo partido do governador Geraldo Alckmin, o PSDB, mas não quer fazer do assunto uma questão partidária.

“Claro que não posso evitar que uma coisa dessas aconteça. Mas vou usar minhas armas políticas para evitar isso a todo custo. Na verdade não tenho maiores informações. Mas meu posicionamento é contra o fechamento de qualquer escola”, disse o prefeito.

Como se trata de escola da rede estadual o prefeito reforçou que a administração municipal não pode interferir na decisão.

É crescente em Taboão a mobilização contra a proposta de disponibilização ou fechamento da escola Alípio. A maioria dos vereadores do município já se posicionou contra a medida. Na última semana professores, alunos e pais fizeram protesto contra a ameaça de fechamento da escola. Em Embu das Artes duas escolas estão sob a ameaça de fechamento e em Itapecerica a Escola João Batipsta enfrenta o mesmo problema.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.