Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Título de cidadão embuense ao prefeito causa conflito entre os vereadores

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 8/10/2015

embu

Adriana Monteiro

A sessão da Câmara de Embu desta quarta-feira, 7, foi pra lá de animada, graças ao Projeto de Decreto Legislativo 13/2015 que concede ao prefeito Chico Brito o título de cidadão embuense. As opiniões dos vereadores ficaram divididas sobre o tema. Em razão, do projeto o vereador Gilvan da Saúde deixou a composição da Comissão Mista da Câmara. O líder do governo, Clidão do Táxi e o presidente Ney Santos solicitaram instauração de processo para quebra de decoro parlamentar contra o líder da bancada petista, Doda Pinheiro, uma vez que o mesmo afirmou que "rasgaria o regimento interno" após uma discussão.  

O clima na sessão era amistoso, de agradecimentose praticamente todos os vereadores fizeram uso da palavra e enaltecendo a participação e vitória das 10 conselheiras eleitas no último domingo, dia 04. Também houve a posse do vereador Antonio Elizeu de Almeida, que ocupará a cadeira da vereadora Dra. Bete, que pediu afastamento de 60 dias e deve retornar no dia 01 de dezembro deste ano.  

Tudo parecia muito calmo quando a presidência informou que recebeu um requerimento de urgência especial, que se tratava do Projeto de Decreto Legislativo, concedendo ao prefeito Chico Brito o título de cidadão embuense. A discussão do projeto ficou acalorada e o membro da Comissão Mista, o vereador Gilvan da Saúde deixou a composição da comissão que é responsável por emitir os pareceres dos projetos. De prontidão, o líder do governo, Clidão do Táxi sinalizou que o vereador Jefferson Siqueira deveria assumir a vaga. Em contrapartida, o vereador Doda Pinheiro salientou que quem deveria assumir seria Tonho Elizeu.  

Após breve discussão na sala 40 os vereadores decidiram que  Jefferson Siqueira passará a compor a Comissão Mista. Após pedir a palavra Doda Pinheiro declarou que seria melhor rasgar o regimento interno, uma vez que não é utilizado conforme deveria. Ele dirigiu críticas ao presidente da Casa, Ney Santos. Rebatendo a crítica Ney Santos salientou que não iria responder, porém pediu que fosse aberto um processo para quebra de decoro parlamentar contra Doda Pinheiro por ele ter declarado que rasgaria o documento. O vereador petista, João Leite, tentou minimizar a situação e pontuar que não foi bem isso que Doda quis dizer.  

"Eu quero agradecer os nossos pares porque o regimento interno desta Casa é tão fácil da gente entender, de pronto já tínhamos o vereador Jefferson e é você mesmo. Quem conhece, conhece e você é o cara", disse o líder de governo, Clidão do Táxi. Em seguida, Doda pediu a palavra por afirmar que "não poderia levar uma alfinetada e ficar quieto", disse "é o meu líder de governo e não vou brigar ou arrumar confusão mas nesta Casa com a eleição do nobre vereador Jefferson devemos pegar o regimento interno e rasgar por essa eleição da mesa", defendeu.  

Em resposta, o vereador Clidão questionou "rasgaria o regimento interno, vereador?". "O regimento é o maior instrumento do vereador, então se o politico está aqui e não sabe o que diz o regimento interno, devemos dar respeito a população. Eu não vou nem me dar ao luxo de entrar em uma discussão dessa mas eu só acho que nada mais o senhor [Doda] cometeu uma quebra de decoro parlamentar dizendo que vai rasgar o regimento. Se continuar desse jeito teremos que instaurar um inquérito e cassar o mandato dele. Aqui é coisa séria e não estamos de brincadeira", falou o presidente da Câmara, Ney Santos.   

O projeto de decreto legislativo 13/2015, foi aprovado por 12 votos favoráveis com dois contrários, sendo dos vereadores Pedro Valdir e Júlio Campanha. Ambos declararam que o Legislativo tem como obrigação fiscalizar o Executivo, e dessa forma, seria falta de ética concordar com a concessão do título, uma vez que o prefeito ainda está em exercício do seu mandato. 

Aprovados

Na ordem do dia os vereadores aprovaram por unanimidade o Projeto de Lei, de autoria do vereador Pedro Valdir, para a instituição do Pampa (Programa De Aproveitamento De Madeiras De Podas De Árvores) na cidade, permitindo a otimização da utilização dos resíduos orgânicos oriundos da poda de árvores, inclusive no que diz respeito ao trabalho realizado pela Secretaria de Serviços Urbanos e Limpeza Pública. “Esse é um projeto autorizativo, onde foi articulado com o próprio governo para poder através de recursos de emendas vê se dá para trazer para o município a compra das máquinas que permite retirar os troncos das árvores e triturar, permitindo sua reutilização como adubo. Além disso permitirá fazer convênios com ONGs e Cooperativas que mexem com reciclagem para o reaproveitamento desse material”, disse Pedro Valdir em defesa de seu projeto. 

De autoria do vereador Carlinho do Embu (PSC) a indicação 71/2015 que solicita estudos para a implantação de guias e sarjetas e pavimentação asfáltica nas Ruas Tamoios, Tupinambás e Guarani (chácara Lídia e Marajoara) também foi aprovada por unanimidade pelos vereadores.

Também foi aprovada na sessão uma Moção de Pesar de autoria da Bancada petista pela morte do ex-presidente do PT nacional, José Eduardo Dutra, aos 58 anos. “José Eduardo Dutra fez seu papel aqui no país. Ajudou a construir o Partido dos Trabalhadores, ajudou a governar o Brasil junto com nosso presidente Lula e deixa hoje muita saudade para nós que somos do PT. Eduardo Dutra contribuiu muito para chegarmos aqui onde chegamos”, disse o vereador João Leite, que é presidente do PT no município. 

O vereador Doda Pinheiro (PT) também prestou sua homenagem ao ex-presidente do Partido dos Trabalhadores em âmbito nacional. “Todos aqueles que perdem suas vidas contribuindo e tendo contribuído com a democracia, como o nobre companheiro Eduardo Dutra e hoje faleceu a Maria Lúcia, ex-prefeita de Santos, é uma perda irreparável para a classe política também”, disse. A Moção foi aprovada por unanimidade entre os vereadores. 

Com informações da Assessoria de Comunicação da Câmara 





20/06/2017

Vereadores de Taboão da Serra aprovam LDO em 1ª votação em sessão movimentada

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram em primeira votação nesta terça-feira, 20, a Lei de...

19/06/2017

Comissão de Finanças da Câmara de Taboão discute LDO 2018

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na...

18/06/2017

Câmara de Taboão realiza ato “Fora Temer e a favor das Diretas Já”

Na última quarta-feira (14), foi realizada na Câmara de Taboão da Serra, uma plenária a favor...

16/06/2017

Câmara de Taboão faz Campanha do Agasalho para doar ao Centro POP

O frio chegou com força nas últimas semanas e deve continuar intenso pelos próximos meses. Para...

13/06/2017

Taboão da Serra terá plenária pelas Diretas Já nesta quarta-feira 14

Na próxima quarta-feira (14), várias organizações sociais irão realizar na Câmara Municipal de...

13/06/2017

Municípios paulistas recebem R$ 443 milhões em repasses de ICMS

O governo do Estado de São Paulo deposita nesta terça-feira, 13/6, R$ 443,11 milhões em repasses...

12/06/2017

Ney rebate críticas de Geraldo e diz que ele perderá eleição de deputado

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) rebateu em entrevista ao Jornal na Net as...

11/06/2017

Secretário de Transporte e Dr. André Egydio apresentam propostas de mudanças

O vereador Dr. André Egydio reuniu aproximadamente 25 comerciantes da rua Luiz Carlos Ventura,...

09/06/2017

Joice Silva é destaque em campanha de filiação do PTB Nacional na TV

A presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, vereadora Joice Silva (PTB), foi destaque...

09/06/2017

Câmara Municipal realiza audiência pública de saúde no dia 14

A Comissão Permanente de Saúde da Câmara Municipal de Taboão da Serra realiza na próxima...

22/06/2017

Dois homens são presos por transportar ilegalmente 140 pássaros silvestres

Na noite da última quarta-feira (21), durante fiscalização de combate da Polícia Rodoviária...

22/06/2017

Greve de professores da rede municipal de ensino já ultrapassa 50 dias

Professores da rede municipal de ensino ainda não entraram em acordo com a prefeitura e...

22/06/2017

Venda de terrenos irregulares acontece em Embu das Artes

No extremo oeste de Embu das Artes, município da Região Metropolitana de São Paulo, o bairro...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.