Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Audiência da Comissão de Finanças aponta tendência de queda na arrecadação da prefeitura de Taboão

Por Assessoria de Imprensa da Câmara de Taboão | 5/10/2015

audiencia

Cynthia Gonçalves Prestação de contas foi relativa ao segundo quadrimestre de 2015

A Comissão de Finanças da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na última quarta-feira, 30, a audiência pública para prestação de contas do segundo  quadrimestre de 2015 da prefeitura municipal de Taboão. Neste período a administração arrecadou R$ 172.022.298,18 em receitas fiscais e contabilizou R$ 164.833.484, 02 em despesas correntes. Durante a audiência o secretário de Finanças revelou que a cidade perdeu no quadrimestre 8% de arrecadação, tendência que deve se agravar no próximo ano em decorrência da crise financeira que vem sangrando a economia brasileira. Comparado com o mesmo período do ano passado Taboão registrou de queda de R$ 350 mil somente com a arrecadação do Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O valor arrecadado foi pouco superior a 10 milhões, quando deveria ter superado os R$ 11 milhões apenas para cobrir a inflação do período. 

“A crise afetou em 100% os municípios. Nós estamos registrando perda de 8% de arrecadação. Para o próximo ano sabemos que a perda será ainda maior. Isso afeta o nosso planejamento e temos que nos adequar. O governo está fazendo a sua parte e tentando ao máximo minimizar os cortes”, afirmou o secretário Adelço Júnior. 

De acordo com ele desde 2014 o governo federal vem atrasando repasses de recursos de vários programas sociais e convênios. Ele também citou cortes de programas como a Farmácia Popular, que certamente vai impactar a população e as contas municipais. O secretário descartou a possibilidade de haver atrasos na folha de pagamento dos servidores, como vem ocorrendo em municípios por todo o País e disse que no caso dos fornecedores a situação deve ser diferente. 

“Primeiro a gente guarda o dinheiro da folha e depois faz o restante”, avisou. 

O presidente da Comissão de Finanças, vereador Marco Porta, lembrou que a obrigatoriedade da prestação de contas da prefeitura atende aos dispositivos da Lei de Responsabilidade Fiscal. Segundo ele a audiência permite que todos tenham acesso a situação financeira do município. Ele citou que a atual administração herdou contas defasadas da antiga administração e salientou que o governo vem superando os percentuais investidos na saúde e educação.

“Tivemos a oportunidade de ver como estão as contas do quadrimestre. Vimos o esforço do governo de implantar as ações previstas no plano de governo num período marcado pela crise econômica. A lei diz que a prefeitura tem que aplicar 15% do orçamento na saúde, mas, na prática o governo investe mais do que o dobro do percentual estabelecido em lei”, observou Marco Porta.

Segundo Porta a avaliação das contas é positiva apesar da crise. “Mesmo havendo cortes o governo não parou e está fazendo suas ações. Mas já ficou claro que em 2016 o problema será ainda mais grave, pois já há a previsão de déficit de arrecadação de 9%”, disse. 


Adelço Buhrer Júnior disse que o orçamento municipal desse ano foi construído já na perspectiva da queda de arrecadação e observou que apesar disso as dificuldades enfrentadas pelo governo são constantes. 

O  vereador Professor Moreira participou da audiência e revelou preocupação em relação a evolução da folha de pagamento para garantir que a mesma não ultrapasse os limites estabelecidos pela legislação. 

21/01/2018

Mesmo em recesso, Câmara Municipal de Taboão da Serra continua com atendimento

Durante o mês de janeiro a Câmara Municipal de Taboão da Serra permanece em recesso parlamentar....

19/01/2018

Taboão da Serra inaugura sede do Corpo de Bombeiros

Já está em operação o novo Posto do Corpo de Bombeiros da cidade de Taboão da Serra. A sede...

16/01/2018

Inauguração do novo quartel do Corpo de Bombeiros de Taboão será dia 19

Nesta sexta-feira, 19, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, a deputada estadual...

01/01/2018

Estado envia R$ 57,5 milhões para investimentos em 126 municípios paulistas

O governador Geraldo Alckmin autorizou nesta quinta-feira (28) o repasse do 15º lote de...

26/12/2017

PSB quer Hugo Prado candidato a deputado estadual e Márcio França a governador

A expressiva liderança do jovem presidente da Câmara Municipal de Embu das Artes, Hugo Prado,...

23/12/2017

Ney Santos cancela carnê do IPTU 2018; prefeitura vai cobrar igual a 2017

O prefeito Ney Santos anunciou em entrevista coletiva nesta sexta-feira (22) o cancelamento do...

22/12/2017

Alckmin libera recursos para Itapecerica, Embu das Artes e Embu-Guaçu

O governador Geraldo Alckmin autorizou nesta quinta-feira, 21, no Palácio dos Bandeirantes, o...

22/12/2017

Moradores de Embu das Artes farão ato contra o aumento do IPTU dia 27

Após receber os carnês de IPTU 2018 com valores elevados pela atualização da Planta Genérica e a...

19/12/2017

TJ acata ADIN do PT e suspende taxa do lixo 2017 de Embu das Artes

O Tribunal de Justiça de São Paulo acatou Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN), sugerida...

17/12/2017

Em clima festivo, Câmara de Taboão aprova novo estatuto da GCM

Em clima festivo e com discursos de elogios à Guarda Civil Municipal (GCM), os vereadores de...

23/01/2018

Mulher esfaqueada nas costas pelo marido luta pela vida internada no HGP

Uma moradora de Embu das Artes identificada como Cleusa Alves de Amorim, 35 anos, está internada...

23/01/2018

Empresa DPC faz transporte e destinação final de resíduos em São Paulo

A DPC serviços é uma empresa voltada ao mercado de coleta transporte e destinação final de...

22/01/2018

Joice Silva destaca união de poderes durante a inauguração do Corpo de Bombeiros

A inauguração da nova sede do Corpo de Bombeiros de Taboão da Serra aconteceu na manhã desta...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.