Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Após polêmica, vereadores mantém o aumento de 17 cadeiras na Câmara de Itapecerica

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 23/09/2015

011

Genildo RochaPainel mostra resultado da primeira votação.

Em sessão extraordinária realizada na noite desta terça-feira, dia 22, os vereadores de Itapecerica da Serra votaram pela rejeição da emenda que pretende reduzir para 12 novamente o número das cadeiras de vereadores na Câmara Municipal. Vale destacar que o aumento para 17 cadeiras foi aprovado no ano passado e voltou para ordem do dia, na tentativa de novamente serem 12 vereadores no pleito de 2016. Em primeira votação foram 7 votos contra 5, que mantem as 17 cadeiras, será votada em 10 dias em segunda votação. A resolução necessita de 8 votos para ser aprovada.   

As opiniões no Legislativo ficaram divididas com relação a aprovação ou rejeição da emenda do projeto 29/2015. Na explicação do projeto teve vereador que defendeu redução do próprio salário, cortes no quadro de funcionários e outros recursos como telefone e carro.  

O vereador Hércules da Farmácia "Hoje nos temos 12 vereadores na Câmara Municipal de Itapecerica da Serra e existe um projeto que foi votado e aprovado aumentando esse número para 17 cadeiras. O momento que foi votado esse projeto era um momento politico diferente, onde existia uma desestabilização politica naquele momento e se entendeu que se era necessário mudar, e melhorar as condições na Câmara Municipal, para o município de Itapecerica da Serra. De á para cá muita coisa mudou, o cenário politico e principalmente o cenário econômico mudou. Esse é o momento de economizar pensando na saúde financeira do município. Eu sou a favor para permanecer em 12 vereadores", defendeu.  

O vereador Sangue Bom defendeu que é contra a aprovação da proposta de emenda, uma vez que no passado já votou favorável e a palavra deve ser mantida, também sugeriu que cortes fossem feitos para reduzir os custos da Câmara Municipal, e citou inclusive o salário dos vereadores para dois salários. "Esse vereador vota contra baixar para 12, uma vez que votamos para 17. Eu quando dou a palavra noa volto atras. Quer cortar gastos? Vamos entregar os carros, diminuir os assessores. Vamos baixar os nossos salários, porque vereador não é profissão, para dois salários mínimos. Eu aceito ganhar dois salários mínimos. Os 6% é de direito da Câmara Municipal com 12, 17 ou 21 vereadores. Eu estou vereador mas eu sou professor", disse.     

Já o vereador José Martins em entrevista ao Jornal na Net esclareceu que essa é uma questão de cunho politico e que a Constituição da lei orgânica prevê 17 vereadores e a Constituição Federal prevê que para a capacidade de Itapecerica da Serra, o município poderia ter 21 vereadores. "O que vota aqui é a viabilidade eleitoral de cada um. Eu vejo essa proposta da lei orgânica como uma tentativa de viabilizar eleitoralmente algumas candidaturas, e é assim que eu vejo. Esse "aumento", que na verdade não é aumento porque já está previsto na lei orgânica, administrativamente não encontra empecilho nenhum. A hipocrisia aconteceu aqui hoje, na minha opinião, mas existe ali um encaminhamento de votação que tem um que de demagogia porque quando você fala que vai fazer economia e não aumentar o numero de vereadores há um sabor de demagogia nessa fala. Não aumenta nada, vai ter que gastar sim mas esse dinheiro está previsto na constituição federal, estadual e na nossa lei orgânica. Aqui parece que tem um campeonato de quem devolve mais para o Executivo, a função do Poder Legislativo não é devolver dinheiro para o Poder Executivo", disse ao Jornal na Net.  

"Eu concordo com o que o Sangue, o Dr. José Martins e o Hércules falaram mas quando o Hércules fale em economia, eu acredito que economia não é número de vereadores mas com a consciência de cada um ou com a parte administrativa da Câmara, que trabalha em conjunto com os vereadores. A questão da economia não é número mas qualidade na tomada de decisões", falou Antonio Trolesi. 

Em contrapartida, o vereador Alex Pires criticou a postura do vereador Sangue Bom e disse que é contra a redução de salário dos parlamentares. "Eu concordo que a Casa comporta 17 e até 21, dinheiro temos sim mas o mesmo que paga 12 não paga 17. Como não tem custo? Preciso gastar dinheiro para construir mais cinco gabinetes aqui na Casa ou isso é de graça? O deposito vai dar o material? Cinco carros novos? Podemos abrir mão sim mas eu já vou dizer que não vou abrir mão do meu salario, porque eu não tenho condição de ser vereador nessa cidade sem salario mas que está afim fique a vontade para entregar o seu carro, exonerar seus assistentes e deixa em branco. Aquele que quer receber dois salários mínimos devolva o resto", defendeu.  

O vereador Cicero Costa relembrou do desvio de dinheiro da Câmara e falou também das mudanças na Casa de Leis. "Eu me sinto orgulhoso de ter devolvido 2 milhões e pouco, poderia ter devolvido seis ou até mesmo sete se não tivesse perpetuado nesta Casa neste Poder Legislativo, um grupo de ladrão, que nõa roubou os vereadores mas sim o povo. Essa mazela não é apenas de 2013 mas começou lá em Dom Pedro I, mas a minha parte eu fiz junto com todos os vereadores. Economia está acontecendo na minha gestão, onde apontaram o número de funcionários nomeados que passou de quatro para dois, para cada vereador", falou.  

Em entrevista ao Jornal na Net, o presidente falou da polemica que envolve o aumento das cadeiras. "A Casa hoje com certeza tem condições para a próxima Legislatura ter 17 vereadores, dinheiro existe porém a coisa do ano passado para cá, na minha opinião, há uma crise, a Casa mudou com o roubo e isso foi aprovado em outubro de 2014, e de lá para cá foi descoberto o roubo nesta Casa. No meu entender não é hora e sou a favor que se mantenha os 12. Foi votada em primeira votação e daqui 10 dias será a segunda votação. Na minha opinião hoje é pela economia, isso é aumento de gasto sim, eu como presidente vou ter que rapidamente colocar mais cinco gabinetes e na verdade tem gasto sim". 

Ede

Is so e Uma vergonha. Cambada de picaretas

EDSON

Ola, o Helinho, E TODOS OS MUNÍCIPES DE ITAPECERICA DA SERRA , venham na próxima seção na terça feira próxima, na câmara de Vereadores de Itapecerica para acompanhar a seção de votação! PARABÉNS AO SANGUE BOM QUE VOTOU CONTRA O AUMENTO DOS VEREADORES E O AUMENTO DOS IMPOSTOS! PARABÉNS.A POPULAÇÃO NÃO AGUENTA MAIS TANTO AUMENTOS DOS IMPOSTOS, BASTA, TODA POPULAÇÃO ESTA FAZENDO A SUA PARTE ECONOMIZANDO, AGORA OS POLITICO TEM QUE ECONOMIZAREM TAMBÉM NÉ!

Coordenador PEC-IP

Cadê a população de Itapecerica da Serra que não comparece em peso a este tipo de votação? É chegada a hora de nos UNIRMOS e nos MOBILIZARMOS para lutarmos pela moralização da política e do gasto público. Precisamos mostrar aos políticos que eles precisam aprender a economizar e gastar apenas no que de fato é necessário e abaixo do que de fato é arrecado, desta forma, reduziremos a dívida pública e os juros. Não é apenas a população que tem que "apertar o cinto", eles também precisam, e não querem reduzir suas despesas, nem os cargos que ocupam. Mas nós faremos com que eles o façam, se nos unirmos. Informo que já são conhecidas mais de 200 cidades (46 no Paraná, 46 em São Paulo, 37 em Minas Gerais e 76 em 18 outros estados), que estão ou estiveram com projetos para a redução do salário dos vereadores. E Itapecerica da Serra vai continuar na inércia? pec.ip.coordenacao@gmail.com

helinho

Não entendo o porquê de aumentar o número de vereadores. Não há necessidade. Aliás, o povo itapecericano deveria fazer como fizeram em várias outras cidades, ou seja, lotar a Câmara, e exigir que esses senhores não aprovem essa emenda, e ainda que reduzam seus poupudos e desnecessários subsídios.

20/06/2017

Vereadores de Taboão da Serra aprovam LDO em 1ª votação em sessão movimentada

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram em primeira votação nesta terça-feira, 20, a Lei de...

19/06/2017

Comissão de Finanças da Câmara de Taboão discute LDO 2018

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na...

18/06/2017

Câmara de Taboão realiza ato “Fora Temer e a favor das Diretas Já”

Na última quarta-feira (14), foi realizada na Câmara de Taboão da Serra, uma plenária a favor...

16/06/2017

Câmara de Taboão faz Campanha do Agasalho para doar ao Centro POP

O frio chegou com força nas últimas semanas e deve continuar intenso pelos próximos meses. Para...

13/06/2017

Taboão da Serra terá plenária pelas Diretas Já nesta quarta-feira 14

Na próxima quarta-feira (14), várias organizações sociais irão realizar na Câmara Municipal de...

13/06/2017

Municípios paulistas recebem R$ 443 milhões em repasses de ICMS

O governo do Estado de São Paulo deposita nesta terça-feira, 13/6, R$ 443,11 milhões em repasses...

12/06/2017

Ney rebate críticas de Geraldo e diz que ele perderá eleição de deputado

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) rebateu em entrevista ao Jornal na Net as...

11/06/2017

Secretário de Transporte e Dr. André Egydio apresentam propostas de mudanças

O vereador Dr. André Egydio reuniu aproximadamente 25 comerciantes da rua Luiz Carlos Ventura,...

09/06/2017

Joice Silva é destaque em campanha de filiação do PTB Nacional na TV

A presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, vereadora Joice Silva (PTB), foi destaque...

09/06/2017

Câmara Municipal realiza audiência pública de saúde no dia 14

A Comissão Permanente de Saúde da Câmara Municipal de Taboão da Serra realiza na próxima...

22/06/2017

Dois homens são presos por transportar ilegalmente 140 pássaros silvestres

Na noite da última quarta-feira (21), durante fiscalização de combate da Polícia Rodoviária...

21/06/2017

Final de futsal feminino acontece no sábado 24/06 em Taboão

O campeonato Metropolitano de futsal feminino adulto terá sua final no próximo sábado 24/06. O...

21/06/2017

Polícia Militar vai dobrar quantidade de motos da Rocam em Taboão e Embu

Desde o dia 8 de junho o tenente-coronel PM Marcos Vitiello assumiu o comando do 36º Batalhão de...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.