Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Desvio de dinheiro da Câmara de Itapecerica volta a ser discutido na sessão

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 22/09/2015

camara_itap

Arquivo Jornal na Net Sessões na Câmara de Itapecerica da Serra acontecem todas as terça-feiras

O desvio de R$ 2,4 milhões na Câmara Municipal no ano de 2013 foi descoberto no final de 2014, pelo Tribunal de Contas, no qual funcionários da Casa de Leis seriam os autores do crime e por consequência exonerados dos seus respectivos cargos. Desde então, o caso segue em investigação na Delegacia de Itapecerica da Serra. É recorrente os questionamentos da população que esperam a elucidação do caso com a prisão dos envolvidos. Na última terça-feira, dia 15, o caso voltou para discussão na sessão e de acordo com os vereadores esperam uma resposta.  

O vereador Sangue Bom, que já afirmou que se ninguém for preso não será candidato em 2016, devido a responsabilidade que afirma ter perante a população. "Se passa quase um ano e o Ministério Público ainda não se manifestou completamente para que nós tivéssemos uma solução sobre o desvio de mais de R$ 2,4 milhões dessa Casa. Vereadores denunciaram, vários cobram e até agora nada. Segundo informações o Gaeco estaria vindo para prender os envolvidos", disse Sangue Bom.  

O vereador Alex Pires também comentou o caso e ressaltou que acredita na Justiça, e que em breve os envolvidos serão presos. "Nesta Casa roubaram milhões e ninguém foi preso ainda, mas eu acredito na Justiça, que em breve os culpados vão pagar. Sabe porque? O dinheiro não é meu, o dinheiro é de vocês", falou Alex Pires, presidente da Câmara de Itapecerica.   

Oficialmente o desvio ocorrido em 2013 foi descoberto após apontamento do Tribunal de Contas. Na cidade já é dado como certo que o esquema também operou em 2014. A dúvida é saber se os desvios aconteceram em anos anteriores a 2013. A Polícia investiga todas as questões com base nos documentos fornecidos pela Câmara e também depoimentos.  

O caso em certo momento foi enviado para a Delegacia Seccional de Taboão da Serra, no entanto, voltou para a Delegacia de Itapecerica da Serra por concluírem que não há envolvimento de políticos no caso. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.