Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Disputa com Doda faz Edvânio deixar liderança do PT e expõe crise entre ambos

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 17/09/2015

doda_ed

Genildo RochaDoda Pinheiro e Edvânio Mendes voltam a protagonizar brigas politicas na plenária 

O cenário político de Embu das Artes é desenhado visando as eleições de 2016, brigas políticas e disputas por espaço começaram a serem frequentes no Legislativo embuense. Durante a sessão ordinária desta quarta-feira, dia 16, o embate ficou por conta dos dois vereadores do Partido dos Trabalhadores, que culminou na saída do vereador Edvânio Mendes, da liderança da bancada petista. Além disso, diversos versículos bíblicos foram citados e até mesmo a clássica frase "Beijinho no ombro para o recalque passar longe", dita pelo vereador Doda Pinheiro. 

Não é de hoje que Edvânio Mendes e Doda Pinheiro disputam espaço, nas entrelinhas muitas alfinetadas aconteceram no primeiro biênio do Legislativo. Em outra sessão Edvânio chegou a usar de metáforas e recriminou a postura do então presidente da Câmara. Nos bastidores há quem acredite que esse é o racha dentro do Partido dos Trabalhadores, e que a disputa por poder dificulta que o grupo permaneça unido. O partido perde militantes dia após dia, devido as pequenas e significativas brigas. As brigas por espaço e visibilidade saíram das reuniões fechadas e ficaram públicas.   

A briga de cavalheiros começou quando o vereador Edvânio Mendes pediu licença para fazer uso da palavra na tribuna. Em Embu das Artes, a tribuna é utilizada pelos edis quando caracterizam que o assunto merece mais destaque e enfase. Sem rodeios, o vereador Edvânio mostrou nas primeiras palavras que o seu discurso seria direcionado ao companheiro de partido, Doda Pinheiro.  

Edvânio Mendes disse em vários momentos que sente perseguição politica e que o companheiro age com desonestidade, usando da frase. "Os fins não justificam os meios" e também o versículo bíblico"Maldito o homem que confia no homem" Jeremias 17, 5. Os dois vereadores que declaram terem participação efetiva nas atividades da Igreja Católica, a religião também foi questionada por Edvânio que declarou que Doda se diz cristão e age de má fé com o companheiro de partido. Além disso, citou em alguns momentos que o companheiro quebrou acordos políticos, e afirmou que ele sabia do que estava falando. A expressão de Doda durante todo discurso era de indiferença e hora de deboche pelas palavras ditas.   

Em resposta, o vereador Doda Pinheiro afirmou que falaria apenas três coisas para o companheiro de partido. "Eu quero dizer apenas três coisas, a primeira delas: A palavra vale prata, o silencio vale ouro; segunda vereador Edvânio Mendes eu sou um homem casado e terceira coisa: particularmente eu não tenho nenhum problema quanto as disputas politicas, espaço por poder e eu só gostaria de deixar bem claro aqui, que eu não me digo ser cristão, sou pecador e não sou santo, mas a prova maior que eu sou cristão de fato e de direito é que não vou responder na altura que o senhor merece, porque não vale a pena. E para o senhor Edvânio Mendes eu quero dizer apenas "Beijinho no ombro que o recalque passa longe", disse.  

Em entrevista, o vereador Edvânio Mendes esclareceu que falava do deputado Carlos Zaratini, que andou em diversos comércios do Parque Pirajussara difamando as ações do mandato dele. "Cheguei no Parque Pirajussara, no domingo passado e estou vendo Zaratini, Doda e o grupo dele andando de comércio em comércio me difamando, que não fui eu quem discuti essa emenda e sim o Doda. Como um deputado se submete a isso? E como um vereador do seu próprio partido sai de comércio em comercio falando mal de mim", disse.  

"Eu tive um acordo de cavalheiro com o Zaratini, te apoiei em duas candidaturas e agora o recurso. Só que chegou na eleição eu não apoiei o Zaratini e sim outro deputado. Nisso em 2013, eu fiz um oficio da emenda que veio para cá, e eu já inha dialogado com os comercios, feito reunioes mensalmente com os comercios do bairro. Chegou o recurso, eu e o comandante Dirceu discutimos o projeto que tem tudo haver com o meu mandato", declarou.   

Sobre sua saída da liderança da bancada petista e da executiva municipal  do partido, ele afirma que para tomar sua decisão tomou como base os regimentos internos e desmentiu a possibilidade de deixar o PT, partido no qual ele é filiado há 27 anos. "Eu protocolei ontem a minha saída da liderança, registrei e foi baseada dentro do Estatuto do Partido dos Trabalhadores, da forma como o vereador Doda me perseguindo e fazendo coisas absurdas. Eu usei os artigos 12 e 13, o Código de Ética do Partido dos Trabalhadores para sair da Executiva. Eu não coloquei que vou deixar o partido, nesse momento eu não concordo com a direção do PT, que foi omissa e não concordo com a forma que o Doda age com a minha pessoa", falou.  

Procurado o vereador Doda Pinheiro disse que não comentaria o caso para não dar ibope ao Edvânio Mendes. Os demais vereadores do partido na Câmara Municipal preferiram não comentar o assunto, apenas João Leite afirmou que na próxima sessão indicaria o novo líder da bancada, que deverá ser Doda Pinheiro ou Gilson de Oliveira.   

19/01/2018

Taboão da Serra inaugura sede do Corpo de Bombeiros

Já está em operação o novo Posto do Corpo de Bombeiros da cidade de Taboão da Serra. A sede...

16/01/2018

Inauguração do novo quartel do Corpo de Bombeiros de Taboão será dia 19

Nesta sexta-feira, 19, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, a deputada estadual...

01/01/2018

Estado envia R$ 57,5 milhões para investimentos em 126 municípios paulistas

O governador Geraldo Alckmin autorizou nesta quinta-feira (28) o repasse do 15º lote de...

26/12/2017

PSB quer Hugo Prado candidato a deputado estadual e Márcio França a governador

A expressiva liderança do jovem presidente da Câmara Municipal de Embu das Artes, Hugo Prado,...

23/12/2017

Ney Santos cancela carnê do IPTU 2018; prefeitura vai cobrar igual a 2017

O prefeito Ney Santos anunciou em entrevista coletiva nesta sexta-feira (22) o cancelamento do...

22/12/2017

Alckmin libera recursos para Itapecerica, Embu das Artes e Embu-Guaçu

O governador Geraldo Alckmin autorizou nesta quinta-feira, 21, no Palácio dos Bandeirantes, o...

22/12/2017

Moradores de Embu das Artes farão ato contra o aumento do IPTU dia 27

Após receber os carnês de IPTU 2018 com valores elevados pela atualização da Planta Genérica e a...

19/12/2017

TJ acata ADIN do PT e suspende taxa do lixo 2017 de Embu das Artes

O Tribunal de Justiça de São Paulo acatou Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN), sugerida...

17/12/2017

Em clima festivo, Câmara de Taboão aprova novo estatuto da GCM

Em clima festivo e com discursos de elogios à Guarda Civil Municipal (GCM), os vereadores de...

15/12/2017

Vereadores comemoram a aprovação do novo estatuto da GCM de Taboão

A presidente da Câmara de Taboão da Serra, Joice Silva (PTB), revelou a satisfação de poder...

20/01/2018

Cajati e São Lourenço da Serra sediam a 24ª e a 25ª unidade do Polo Regional

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, Lu...

20/01/2018

Governador Geraldo Alckmin sanciona reajuste do salário mínimo paulista

O governador Geraldo Alckmin sancionou, nesta quinta-feira, 18, a Lei nº 16.665, que reajusta em...

20/01/2018

Dois homens são atropelados por caminhão após tentar escalar rampa de acesso

Dois homens ficaram gravemente feridos depois de tentar escalar a rampa de concreto do viaduto...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.