Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores de Itapecerica pedem vista de 10 dias para dois projetos de lei

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 16/09/2015

sessao15

Genildo RochaSessão ordinária aconteceu na noite desta terça-feira, dia 15 em Itapecerica 

A sessão desta terça-feira, dia 15, foi longa, diferente da semana passada. Além das falas dos vereadores que cobram melhorias para o município ao menos seis projetos de lei que tratam de denominação de vielas e ruas foram aprovados, e também foram atendidos dois pedidos de vista. Um dos projetos é de autoria do prefeito municipal, Chuvisco, que solicitou o período para melhor apresentar o PL, que trata sobre a regulamentação das normas de concessão de serviços técnicos especializados para a implantação gerenciamento e concessão na apreensão, retenção, remoção e depósito de veículos infratores em Itapecerica da Serra. O outro após reunião interna durante a sessão, o vereador José Martins fez o pedido, esse altera o artigo 56 da Lei 2.052 de 22/12/2009, que trata do sistema de táxi do município.   

As criticas direcionadas aos problemas da cidade foram muitos, os vereadores teceram diversos comentários com relação ao transporte público, as obras da Fundação Casa, que os vereadores tratam como “cadeinha” e também falaram de manutenções como a calçada da rua Guacy Fernandes Domingues. A Casa de Leis recebeu para sessão a vista dos alunos da EE. Joaquim Fernando Paes de barros Neto, o Joaquinzão. O vereador Cicero Costa não compareceu aos trabalhos da noite devido o falecimento de sua mãe. 

O vereador Sangue Bom voltou a tecer criticas contra o administração municipal, e também questionar o empenho do cheque recebido pela esposa do atual prefeito Amarildo Gonçalves, que na época era presidente da Câmara de Itapecerica. Ele ainda cita o “bota fora”, que denunciou em sessões passadas. Aproveitou seu tempo em tribuna também para questionar onde foi utilizado o valor de R$ 200 milhões, que segundo ele, foram deixados pelo ex-prefeito, Jorge Costa.  

Alguns vereadores comentaram as obras da Fundação Casa e apelidaram de “cadeinha”, o local. Ainda criticaram o empenho do Governo do Estado nessa construção. O vereador Ernandes foi categórico em afirmar que era preferível trazer escolas para o município, mas pelo contrário vão implantar uma Fundação Casa. Esse assunto é recorrente nas sessões da Câmara, vira e mexe, um dos vereadores trazem a tona novamente o assunto e as criticas sempre são as mesmas.  

Os vereadores Trolesi e José Martins preferiram comentar sobre impostos, se por um lado Trolesi tratou do IPTU, que de acordo com o edi é alto e apontou queda na arrecadação do município e destacou que devido a Lei de Mananciais, a cidade é impedida de instalar algumas industrias, que colaborariam para o desenvolvimento econômico do município. Por outro lado, o vereador José Martins, falou da arrecadação de ISS, na ocasião da construção do Rodoanel que era significativa e hoje a realidade é diferente. Disse ainda que a quitação de IPTU foi facilitada pela prefeitura, uma vez que concedeu até novembro a negociação e parcelamento em até seis vezes das dividas perante o município.  



indignado

ESSE VEREADOR TROLESSE ....SÓ DEFENDE AQUILO QUE INTERESSA A ELE PESSOALMENTE , IPTU ! ELE É O POLITICO MAIS RICO DESTA CIDADE E SE DIZ COM TODA POMPA QUE TEM 7 MANDATOS , POIS NUNCA TRABALHOU NA VIDA , AÍ FICA A PERGUNTA DE ONDE VEIO TANTO DINHEIRO PRA COMPRAR TANTAS PROPRIEDADES NESTA CIDADE ? VOU DENUNCIA-LO A RECEITA FEDERAL ....

24/05/2017

Eduardo Nóbrega comemora aprovação das contas da Câmara de 2013 pelo TCE

O Tribunal de Contas de São Paulo (TCE) aprovou nesta terça-feira, 23, as contas da Câmara...

24/05/2017

Vereadores aprovam estudo sobre vale-transporte e dissídio dos servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram em regime de urgência na sessão desta terça-feira,...

23/05/2017

Juiz mantém decisão que obriga prefeitura a administrar cemitérios de Embu

O juiz da 1ª Vara Judicial da Comarca de Embu das Artes, Rodrigo Aparecido Bueno de Godoy negou...

22/05/2017

Embu é a cidade da região que mais recebe recursos do governo do Estado

Nos primeiros meses de 2017 Embu das Artes vem consolidando sua posição como a cidade da região...

19/05/2017

Lei da deputada Analice Fernandes protege mulher vítima de violência

Lei de autoria da deputada estadual Analice Fernandes de proteção a mulher vítima de violência...

19/05/2017

Comunidade japonesa homenageia Dr. Onishi por vitória na eleição em Taboão

O vereador de Taboão da Serra, Dr. Ronaldo Onishi, foi homenageado com diploma de Honra ao...

18/05/2017

Delação de donos da JBS envolvendo presidente agrava crise política no Brasil

O país amanhece perplexo com mais uma delação de corrupção. Desde vez a denúncia é de que o...

16/05/2017

Vereador afirma que roubos em Embu acontecem pra prejudicar Ney Santos

Os roubos e furtos a equipamentos públicos como creches, Unidades Básicas de Saúde e escolas...

16/05/2017

Escola do Legislativo de Taboão ganha sala de aula para ministrar cursos

A Câmara Municipal de Taboão da Serra viveu uma noite histórica, nesta segunda-feira, 15,...

13/05/2017

Câmara de Taboão aprova lei que amplia licença maternidade para 180 dias

A Câmara Municipal de Taboão da Serra aprovou por unanimidade de votos, na sessão do dia 9, o...

24/05/2017

Começa a obra de reconstrução do muro da Escola Estadual Antônio Ruy Cardoso

Após aprovada por unanimidade na Câmera de Vereadores, a reconstrução do muro da Escola Estadual...

24/05/2017

Vereadores cobram Bombeiros sobre AVCB do Pátio de Embu das Artes

Vereadores de Embu das Artes aprovaram durante a última sessão Legislativa um ofício ao Corpo de...

24/05/2017

Eduardo Nóbrega comemora aprovação das contas da Câmara de 2013 pelo TCE

O Tribunal de Contas de São Paulo (TCE) aprovou nesta terça-feira, 23, as contas da Câmara...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.