Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Variedades

Nem sempre estar com a razão é o mesmo que estar certo

Por Sandra Pereira | 11/09/2015

irmao_urso_2

DivugaçãoJornalista Sandra Pereira diz que filme Irmão Urso é seu preferido e explica as razões

Por um monte de razões o filme Irmão Urso é o meu favorito entre os infantis. Foi o primeiro que vi no cinema junto com a minha filha, fala de viagem, tem uma trilha sonora incrível e a mensagem sobre as mais diversas formas de amor marcou minha vida. Recomendo que quem ainda não o assistiu faça isso. Observe o jovem e impetuoso Kenay. O índio adolescente que queria desesperadamente virar homem, mas antes teve que compreender a natureza do ser que mais odiava: os ursos. Logo no começo do filme o menino Kenay amarra um cesto de frutos e o faz rapidamente e com desleixo. Vem um urso e come os frutos. Ele vai atrás do urso seguido por seus irmãos. O mais velho morre para protegê-lo. Ele mata o urso a quem culpa pela morte do irmão, acaba sendo transformado em urso e inicia uma verdadeira luta para se manter vivo fugindo do seu irmão do meio que vê nele o assassino dos irmãos mais velho e mais jovem.

É um filme lindo. Já vi mais de 100 vezes e ainda choro como se fosse a primeira vez. Dias desses usei uma fala dele pra ensinar minha filha sobre responsabilidade. Às vezes a culpa não é do urso. Faz parte da natureza do urso querer o cesto de frutas. Deve fazer parte da natureza do homem amarrar bem o cesto. Protegê-lo. E é preciso reconhecer quando se falhou nisso.

 Kenay não amarrou bem o cesto. Não cuidou como devia e culpou o urso por agir como urso. Depois o matou. O urso morto era a mãe de um bebê urso que já sabia como era ser urso e que na história foi quem ajudou Kenay a sobreviver a caçada do homem que era seu irmão. Só no final Kenay descobre que o urso que matou era a mãe do jovem Koda, o ursinho que virou seu irmão. 

O filme ensina sobre as transformações que sofremos ao longo da vida. Numa ampla mensagem filosófica diz que não podemos evitar, o brigar com essas mudanças. Somos vida ligada às outras vidas e todos temos um papel que devemos seguir. Quando ganhou sua vingança Kenay não fazia ideia do que iria perder. Também é assim na vida. Nem sempre quem ganha vence. Existe um abismo que separa o ganhar e o vencer. 

Um pessoa pode estar cheia de razões e ainda assim não estar certa. Kenay tinha razão. O urso destruiu a cesta. Mas não agiu certo quando iniciou a caçada fatal contra ele. No caminho viu o irmão morrer para protege-lo, fez um ursinho bebê perder a mãe e transformou o irmão do meio num caçador vingativo.  

Só bem mais tarde quando aprendeu a entender os ursos, na perspectiva de urso, viu o tamanho do erro que cometeu. Só ai constatou que sua razão o levou por um caminho sem volta. Virou urso por amor ao pequeno Koda. Fez isso por todas as razões e certezas que encontrou no caminho. Aprendeu que a culpa não foi do urso. Evoluiu. Se perdoou e perdoou os demais. Virou símbolo do amor que ele recusou na cerimonia da sua tribo, onde cada um recebia o totem que deveria guiar sua existência. Entre estar com razão e estar certo eu escolho a vida. Como me ensinaram uma vez há muitos anos gente muito cheia de razão acaba mergulhada nela sozinha.

Sandra Pereira é Jornalista formada pela Universidade Federal de Alagoas e pós graduanda em Marketing e Comunicação

20/10/2017

Nota Fiscal Paulista: Fazenda libera R$ 687,7 milhões em créditos

A Secretaria da Fazenda liberou R$ 687,7 milhões em créditos da Nota Fiscal Paulista para os...

20/10/2017

Câmara aprova voto de repúdio por criança interagir com homem nu em performance

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na semana passada, dia 3, na Câmara Municipal, um...

19/10/2017

Emprega São Paulo/Mais Emprego tem 4.831 vagas abertas no Estado

O portal Emprega São Paulo/Mais Emprego oferece 4.831 oportunidades nesta semana no...

19/10/2017

Novos talentos de Embu das Artes e região cantam com grandes artistas no Embu Su

18/10/2017

MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo

O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram ao...

17/10/2017

Seminário sobre desenvolvimento sustentável visa construir propostas no Conisud

Idealizado pelo mandato do deputado estadual Geraldo Cruz, da vereadora Rosângela Santos e com...

17/10/2017

Comunidade Filosofia de Quintal comemora 3 anos no próximo dia 22

Em comemoração ao seu 3 anos, a Comunidade Filosofia de Quintal irá comemorar no próximo dia...

13/10/2017

Joice Silva participou da missa do aniversário de padroeira de Taboão

A presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, vereadora Joice Silva, participou da missa...

11/10/2017

Daiso Japan inaugura primeira loja em Taboão da Serra no próximo dia 14

No próximo dia 14 de outubro, a Daiso Japan, maior rede de variedades japonesas no Brasil,...

11/10/2017

GCM Neves vai representar Itapecerica em Congresso Nacional de Guardas no Paraná

GCM Neves ROMU, de Itapecerica da Serra foi convocado para participar na mesa de palestrantes do...

20/10/2017

Brasil é vice-campeão em mundial de profissões técnicas com 7 medalhas de ouro

Quando o assunto é desempenho de profissões técnicas, é o Brasil quem ganha de diversos países...

20/10/2017

Locais de prova do Enem poderão ser consultados a partir de hoje

A partir das 10h de hoje (20), os candidatos que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio...

20/10/2017

Nota Fiscal Paulista: Fazenda libera R$ 687,7 milhões em créditos

A Secretaria da Fazenda liberou R$ 687,7 milhões em créditos da Nota Fiscal Paulista para os...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.