Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Movimentos de moradia fazem ato e prefeitura de Taboão libera alvará para construção

Por Sandra Pereira | 10/09/2015

moradia

Divulgação

Integrantes do Movimento de Moradia de Taboão da Serra ligados às Associações Família Feliz e Bem Viver realizaram mobilização e ato nos dias 8 e 9 para reivindicar que a prefeitura liberasse  a emissão do alvará para a construções do Projeto Santa Terezinha III, realizado por meio do programa Minha Casa Minha Vida Entidades,  que contemplará 500 famílias de Taboão com renda de 0 a R$ 1.600,00. O alvará foi liberado após as famílias fazerem ato na prefeitura nesta quarta-feira, 9. Na noite anterior os manifestantes saíram da praça Nicola Vivilechio em direção a casa do prefeito Fernando Fernandes. 

De acordo com as lideranças dos movimentos a prefeitura havia se comprometido a entregar o alvará no dia 4 de setembro e uma reunião para comemorar sua liberação já estava marcada para o dia. O terreno onde serão instalados os apartamentos foi pago pelas famílias que serão beneficiadas. Segundo as lideranças os recursos para a construção dos apartamentos já estariam disponibilizados.

“Como a liberação não aconteceu nos resolvemos fazer o ato. Felizmente o prefeito atendeu o nosso apelo. Estamos com tudo pronto para  conseguir o alvará e dar seguimento as novas etapas para começar a obra”, explica a Terezinha da Moradia. 

O projeto de moradia popular Santa Terezinha III atenderá 500 famílias com renda de 0 até R$ 1.600,00, por meio do  Programa Minha Casa Minha Vida Entidades. O terreno para implantação do empreendimento fica no jardim Salete e possui área total de  9.734,51m². 

Cada unidade ficou orçada em R$ 96 mil dos quais R$ 76 mil são provenientes do programa federal Minha Casa Minha Vida Entidades e os R$ 20 mil restantes serão repassados pelo governo do Estado por meio do programa Casa Paulista. Serão construídos prédios de 20 andares com apartamentos de 60 m² mais área de lazer.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.