Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Sessão da Câmara de Taboão da Serra foi tumultuada e polêmica

Por Amanda Marques | 9/09/2015

IMG_6893

Cynthia Gonçalves Vereadores de situação e oposição se enfrentaram em vários momentos e Lune se exaltou ao falar de desfile cívico

Tumultuada e relativamente rápida, a 26° Sessão Ordinária da Câmara Municipal, realizada na última terça-feira (08) em Taboão da Serra, apontou temas que vem sendo discutidos com frequência em sessões anteriores. Saúde, CPI Cooperativa Vida Nova, eleições e desfile cívico, foram as principais. A leitura da ata da sessão anterior foi realizada pela 1° secretária Joice Silva, mas a leitura do expediente não, conforme solicitação do vereador Eduardo Nóbrega, em função de segundo ele, ser do conhecimento de todos os presentes. A discussão dos requerimentos logo foi iniciada e Luzia Aprígio apresentou a proposta de instalação e consertos de equipamentos de iluminação no bairro do Clementino, o pedido foi rejeitado por 09x03. Apenas Lune, Moreira e Luzia votaram a favor. 

Moreira aproveitou o momento para encaminhar a votação e fazer um apelo à base de governo, solicitando o apoio dos vereadores que votaram contrariamente ao requerimento. Ele afirmou que o bairro do Clementino está abandonado e precisa de atenção, ressaltando que os vereadores deveriam sempre votar a favor em todos os pedidos que fora apresentados. Eduardo Nóbrega em seguida usou a tribuna para afirmar que os votos contrários da base, não haviam sido em decorrência de situação e oposição. Ele disse que na verdade, o pedido foi rejeitado em função de ser um requerimento, ao invés de uma indicação. Nóbrega aproveitou para dizer que a oposição contribui muito com o governo Fernando Fernandes e pediu que Luzia enviasse um recado a comunidade do Clementino, afirmando que o pedido será encaminhado ao atual prefeito, para solucionar o problema de iluminação do local, fazendo questão de ressaltar que fará uma visita para verificar se o projeto do governo está sendo atendido. 

O vereador Luiz Lune em seu primeiro requerimento solicitou vistas por cinco dias, antes mesmo que a 1° secretária pudesse terminar a leitura, os vereadores não se manifestaram e o pedido foi atendido. O segundo requerimento pedia esclarecimentos sobre as condições de trabalho no refeitório dos funcionários da Usina, com 09x03, o pedido foi rejeitado. Já no terceiro requerimento do vereador Lune, houve novamente a interrupção por parte dele, solicitando mais uma vez, vistas por cinco dias. Moreira discutiu a decisão de Lune na tribuna e disse não entender os pedidos de vistas, afirmando que o requerimento era muito oportuno, pois se tratava da quantidade de óbitos que acontecera por negligência médica na saúde de Taboão. Ele afirmou que incluiria mais algumas coisas, da natureza de folha de pagamento ao projeto de Lune, o que segundo ele, completaria a proposta. 

O vereador Luiz Lune, rebateu e disse a Moreira que ele não deveria duvidar dos pensamentos e convicções dele, relacionados à saúde. Ele informou que pediu as vistas, pois sabia que os requerimentos não passariam no momento da votação. “Não é possível, ninguém é bobo. Se fosse pra votação agora, 10x03! E eu acho que esse requerimento é muito importante pra ser jogado no lixo por 10x03. Ora, Eduardo Nóbrega, saia do armário, você deve me amar, ‘se’ ta com problema, ‘se’ deve ter problema”, enfatizou o vereador. O pedido de vista foi negado, por 09x03.

Com relação ao desfile, Lune deixou clara sua indignação sobre a utilização das bandeiras com o símbolo do nazismo. Ele afirmou que não houve responsabilidade, uma vez que o evento representava, segundo ele, liberdade. Expressivo, o vereador disse não ter feito nenhum comentário específico sobre o símbolo, fazendo a seguinte observação: “Pode isso Arnaldo?”, parafraseando a fala de um jornalista. De acordo com ele, as pessoas estavam falando sobre isso e todos fizeram a associação com o nazismo. Na opinião de Lune, o desfile foi uma espécie de palanque para políticos aparecerem e afirmou que, os desfiles cívicos pertencem à época da ditadura militar, que o melhor a se fazer é ensinar as crianças dentro das escolas sobre o que foi a Independência do Brasil. Ele mandou o recado: “As crianças ali, nem sabiam por que estavam desfilando. Então, não usem essa data para ficar aparecendo não, para falar que isso é mote de liberdade, de democracia, mentira! O povo nem sabe o que é democracia”. 

Nóbrega, entretanto, falou que as bandeiras ilustrando a época do nazismo, não significavam apologia, uma vez que, o desfile estava trazendo a história das Olimpíadas. Todos os vereadores de situação parabenizaram a iniciativa do desfile e segundo eles, o evento transmitiu felicidade, que foi expressa nos olhares das crianças e das famílias. 

O vereador Marcos Paulo, usou da palavra para manifestar sua posição sobre a matéria veiculada pelo jornalista Adilson do portal ‘Verbo on line’. Marcos Paulo disse que as medidas judiciais cabíveis serão tomadas e Adilson terá de provar sob circunstância da justiça, as afirmações que publicara sobre o vereador. Segundo ele, Paulinho seria o suposto ‘X-9’, mencionado por Nóbrega na sessão do último dia 01. “Aquilo que é verdade não pode ser dito em qualquer lugar e o que é mentira tem que ser provado, ou a própria verdade tem que ser provada”, comentou. 

André Egídio relembrou que na quarta-feira, (09) será realizada uma comissão de obras, com o objetivo de esclarecer possíveis irregularidades na Cooperativa Vida Nova, que pode vir a resultar na instalação da CPI. Ele mencionou que estará presente junto ao presidente da comissão, Eduardo Lopes. 

Saúde, segundo a última sessão... 

No início da sessão, a questão da saúde mais uma vez foi levantada. Na última terça-feira, por um munícipe que estava inscrito na tribuna. Os problemas foram expostos e os vereadores responderam de forma unânime. O presidente da Câmara, José Aparecido Alves, comentou que anda pelas UB’S e também pelos Prontos Atendimentos, para efetuar as devidas cobranças e disse que não deixará de exercer o posto de fiscalizador e vereador que é. De acordo com Cido, há alertas por parte dele ao governo sobre certas deficiências na saúde. 

Joice Silva, vereadora e presidente da comissão de saúde, enfatizou e parabenizou a 3° Conferência Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, realizadas pela Coordenadoria da Mulher, com o objetivo de diminuir a violência doméstica. Érica Franquini, na maioria das vezes, calada durante as sessões, usou uma parte da fala de Joice para dizer às três secretárias de Taboão, que existem três vereadoras na casa. E que se tivesse recebido o convite antes, teria participado e levado mais mulheres das comunidades. Franquini foi enfática e disse que recebeu o convite por último, ressaltando que tinha o direito de estar presente e participando.  

A vereadora Joice, afirmou em resposta ao questionamento do munícipe, que a saúde de Taboão melhorou muito, ainda tem alguns problemas, mas de modo geral tem um quadro positivo. Ela disse que o governo tem a obrigação constitucional de aplicar 15% do orçamento na saúde pública e que Taboão tem hoje, 31%. Joice aproveitou para informar que é humanamente impossível ter uma saúde de excelência, uma vez que pessoas de outras cidades usam de nossos postos de saúde para conseguir se tratar. “Enquanto o nosso município for utilizado por pessoas de fora, a nossa saúde não vai melhorar”, disse.

14/08/2018

Deputados aprovam projeto que determina o afastamento do agressor

13/08/2018

Reunião do Consulti discute Programa de Apoio Tecnológico aos Municípios

O prefeito de Itapecerica da Serra, Jorge Costa, presidiu mais uma reunião do Conselho...

13/08/2018

Acompanhe as principais datas do calendário eleitoral de 2018

O calendário das Eleições Gerais 2018, traz as principais datas a serem observadas por...

12/08/2018

Dr. Onishi anuncia ação conjunta de Cultura, Esporte, Educação e Saúde

Faz 6 anos que o vereador Dr. Ronaldo Onishi iniciou em Taboão da Serra uma batalha em favor da...

12/08/2018

Érica Franquini levou enfermeiros a Alesp para apoiar projeto de 30 horas

A vereadora Érica Franquini, enfermeira com forte atuação na categoria em Taboão da Serra, saiu...

12/08/2018

Taboão da Serra tem lei para evitar abandono de recém-nascidos nas ruas, conheça

 

Taboão da Serra é uma das cidades do Brasil que tem uma Lei aprovada para proteger a vida dos...

12/08/2018

Câmara vota projeto que dá mais proteção a mulheres agredidas

Nesta segunda-feira (13), o plenário da Câmara dos Deputados discute um projeto de lei que...

10/08/2018

Carlinhos do Leme aprova lei que garante exames vista e audição em alunos

Todo mundo sabe que para ter pleno desenvolvimento escolar a criança precisa enxergar e ouvir...

10/08/2018

Câmara aprova projeto que autoriza a criação de Pronto Atendimento Odontológico

A Câmara Municipal de Taboão da Serra aprovou nesta terça-feira, dia 7, por unanimidade, o...

14/08/2018

Vítimas de vários estados acusam três moradoras de Taboão de dar golpe

Três mulheres moradoras de Taboão da Serra estão sendo acusadas de praticar golpe em vendas pela...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.