Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Variedades

Todos estamos de luto pelo bebê sírio que a humanidade matou

Por Sandra Pereira | 4/09/2015

FB_IMG_1441376158512

Divulgação - FacebookIlustradores de todo mundo prestaram homenagem ao bebê símbolo da tragédia das famílias em fuga da síria

O que nós chamamos de humanidade está padecendo de luto e vergonha. É o mínimo que qualquer um de nós pode sentir depois de ver as imagens do bebê sírio morto na praia. Bebês são presentes de Deus. Doces por natureza. Capazes de amolecer os mais duros dos corações, fazer sorrir os tristes e dar esperança aos desesperançados. Ver aquele corpinho frágil estendido na areia, como que dormindo num berço de ondas, mexeu profundamente com corações em todas as partes do mundo. 

Forte demais para qualquer humano aquela imagem precisava ser conhecida por todos. O sono eterno daquele pequeno bebê teve a missão de despertar o mundo para a barbárie da guerra síria, que obriga famílias sírias a arriscarem suas próprias vidas em busca de segurança. Aquela imagem tem que provocar uma onda de indignação capaz de lavar todo mundo. Cada um, de sua forma, em seu canto deve fazer lembrar o horror enfrentado pela família que se tornou símbolo dessa tragédia. Os ilustradores de quem utilizo a imagem que ilustra esse texto são exemplo dessa rede de gente que não aceita tamanha crueldade e desumanidade. 

Não dá pra imaginar o que sentiu aquele soldado que carregou o corpinho frágil daquele bebê nos braços. Não sei de onde aquele homem tirou forças para fazer o certo. No lugar dele não sei se seria capaz de me mover. No lugar da fotógrafa que fez a foto mais marcante da nossa história recente não sei se minhas mãos me deixariam segurar a câmera com a firmeza necessária.

Nenhuma mulher, nenhuma mãe na terra, nenhum homem, consegue olhar aquela imagem sem chorar e se indignar. A humanidade desabou em lágrimas. Aquela cena não será esquecida. Aquele bebê que eu acredito estar brincando e sorrindo no céu sacudiu o que chamamos de humanidade. O mundo deve a ele, como símbolo da dor de todas as famílias atingidas, uma resposta. O fim daquela dor. O fim daquele horror. 

Sei que o pai do bebê, único sobrevivente da família, terá dias de dor e sofrimento como jamais poderei imaginar. Peço ao Senhor que o dê a força necessária para carregar esse fardo. Ele disse à imprensa que os filhos escaparam de suas mãos. A nossa tão citada humanidade fugiu das nossas. Digo nossas porque o mundo inteiro tem que se sentir vergonha pela morte daquele bebê e de tantas outras pessoas que perdem suas vidas brigando pelo direito de viver.

Sandra Pereira é Jornalista formada pela Universidade Federal de Alagoas e pós graduanda em Comunicação e Marketing

analuisa

Parabéns pelo texto!Ele representa o protesto de todos nós indignados e inconformados diante dessa triste tragédia vivenciada pela humanidade

Jefferson Mendes

Meu deus, como vc é brega... só faltou aquela foto da sua carona pra ficar mais brega ainda

Resposta:Enviar comentário agressivo usando nome e email fake é o mínimo sinal de que  está incomodado com o meu texto. Já vou avisando que vai se incomodar bem mais. Da próxima faça o que faz um leitor de verdade. Use seu nome e email verdadeiros e poderemos conversar a respeito. Até lá sugiro um texto que deve lhe soar bem familiar. Já que pelo seu modo de agir deve viver plantado no terreno da covardia http://www.jornalnanet.com.br/noticias/12094/o-terreno-hostil-da-covardia-e-seus-amargos-frutos-ou-filhos. Brega e de muito mal gosto foi seu ataque a mim num texto envolvendo a maior crise humanitária do século. Aos demais leitores, os de verdade, minhas desculpas antecipadas por terem de ler a resposta firme ao comentário de alguém que precisou usar um nome email falso pra tentar me atacar. Atenciosamente: Sandra Pereira - Jornalista e editora do Jornal na Net

Pensamento

ACREDITO QUE A HUMANIDADE JÁ COMETE CRIMES A MUITO TEMPO ESSE FOI MAIS UM REGISTRADO E QUANTOS NÃO FORAM... O MUNDO ACABOU DESDE QUE O PRIMEIRO FILHO DA P... CERCOU O PRIMEIRO PEDAÇO DE TERRA E DISSE QUE ERA SEU. NÃO SOU EXEMPLO PRA NINGUÉM, MAIS TAMBÉM NINGUÉM NESSE MUNDO PODE SER EXEMPLO PARA MIM.

27/06/2017

Programa Estadual de Qualificação forma 60 alunos em Embu das Artes

O Programa Estadual de Qualificação (PEQ) realizou na manhã desta terça-feira (27), a formatura...

27/06/2017

Prefeitura contabiliza avanços na área da segurança em Itapecerica da Serra

Apesar de segurança pública ser responsabilidade do Governo do Estado, a Administração Jorge...

27/06/2017

Morador tradicional do Jardim Maria Rosa morre na tarde desta terça-feira (27)

É com pesar que familiares e amigos comunicam o falecimento do morador tradicional do Jardim...

26/06/2017

Prefeitura revitaliza Espaço Cultural do Jardim Branca Flor

No dia 14 de junho, a Prefeitura de Itapecerica da Serra, por meio da Secretaria de Cultura,...

26/06/2017

Músico Guilherme Faquetti se apresenta no Santo Eduardo

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.