Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Segurança pública é tema recorrente e novos métodos são aplicados

Por Outro autor | 4/09/2015

fernado

DivulgaçãoLuís Fernando Ferreira de Souza é investigador de Polícia e Consultor de Segurança Pública e Privada

Um dos principais serviços de primeira necessidade que o Estado tem o dever de proporcionar ao cidadão é a segurança pública. Esse serviço é essencial e imprescindível  para a manutenção da ordem. No que concerne à aplicabilidade do uso da força física todo profissional de segurança pública deve sempre adotar critérios do uso progressivo e moderado da força. O simples fato do cidadão notar a presença ostensiva de um policial municipal, militar ou civil já demonstra o início desse método, todavia inúmeras vezes autoridades policiais ao se depararem com situações de risco se utilizam dessa técnica ensinada nas academias de polícia. A primeira ferramenta a ser utilizada pelo policial é a verbalização, ou seja, uma simples ordem verbal muitas vezes amparada nos bons costumes ou na própria lei sera capaz de potencializar o transgressor.   

O UPF (uso progressivo da força) é a modalidade de intervenção policial de pronta resposta, pois muitas vezes o mantenedor da ordem não é obedecido. Descumpridores da lei repulsam ordem manifestamente legal emanadas de autoridades. Quantas vezes noticiários e relatos cotidianos demonstram o enfrentamento e confrontamento de criminosos com algum profissional de segurança pública ou privada. É óbvio que cada confronto deve ser de acordo ao grau de letalidade que o oponente tem em mãos e o grau de resistência exercido, isso significa que em casos de não haver armas de fogo ou branca o policial deverá indubitavelmente preservar a vida da pessoa, sem se esquecer é claro de zelar pela sua integridade física. Técnicas de imobilização com equipamentos não letais já estão em uso há algum tempo. Policiais municipais de Embu das artes já portam esse equipamento e estão devidamente capacitados para eventual utilização. 

O cidadão espera sempre ter um profissional de segurança pública capacitado a zelar pela sua incolumidade e cumprir de maneira legal e eficaz a nobre função de  ser policial e garantidor da ordem pública. 

info

Armamento de imobilização utilizado pela Guarda Municipal de Embu das Artes


Luís Fernando Ferreira de Souza – Investigador de Polícia e Consultor de Segurança Pública e Privada.


Histórico:- 23 anos de carreira policial, com bacheralado em Direito pela UNIFIEO – Osasco, atuou como chefe do GARRA (GRUPO ARMADO DE REPRESSAO A ROUBOS E ASSALTOS) da Delegacia Seccional de Taboao da Serra nos anos de 2003 a 2005. 

Laurea de policial do mês – Novembro de 2.003 por participar e esclarecer o caso do maniaco “Champinha” 

Premiado e condecorado como Policial cidadão pelo Instituto sou da paz em dezembro de 2014 pelo trabalho de inteligência e investigação que culminou na desorganizaçao criminosa nominada como a “gangue dos playboys”, com o tema “A modernizaçao da investigação e a efetiva reduçao de roubos através do ambiente virtual”.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.