Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Variedades

O terreno hostil da covardia e seus amargos frutos ou filhos

Por Sandra Pereira | 1/09/2015

coragem

Arquivo pessoalJornalista Sandra Pereira é editora do site Jornal na Net

A covardia é um terreno sobre o qual jamais tive a infelicidade de andar. Não semeei a miséria comum em seus campos. Não colhi seu gosto amargo. Não a conheço e mesmo assim repudio sua existência. Os covardes vão carregar como legado pessoal e intransferível a insatisfação diária ao olhar no espelho. O reflexo do que enxergam os faz sentir vergonha do que são e serão até o final de suas vidas covardes. Gente assim abaixa a cabeça. Aceita tudo. Engole brejos de sapos. Chega a sentir dor na alma pesada. Vive de migalhas.   

É por isso que a maioria absoluta dos covardes quase sempre cuida da vida alheia. A razão é clara, simples e objetiva: a própria vida deles é ruim, amarga e desinteressante. É preciso achar na vida dos outros algum elemento capaz de tornar sua vida menos chata e mais suportável.

O pior dos covardes é que eles se escondem debaixo de vários mantos. Querem ser os guardiões da honra, da verdade, de tudo aquilo que jamais vão poder experimentar em razão da própria covardia. É o tempo que se encarrega de derrubar cada um desses mantos que acobertam peitos de almas covardes.  

Nesta minha passagem terrena já experimentei muitos sabores amargos, mas tenho orgulho de em nenhum momento ter provado o sabor da covardia. Encarei e encaro de frente cada um dos meus desafios. Assino o que escrevo. Falo o que penso. Tomo decisões e vivo com elas. Sou mais macho que muito homem. Lutei de peito aberto em cada uma das guerras que me propus enfrentar. As primaveras me mostraram que algumas delas foram em vão. A sabedoria dos anos me faria evitá-las, por outro lado existem aquelas sem as quais eu não seria eu. Essas defino como essenciais ao meu mundo atual. Nessas eu lutaria 100 vezes se fosse preciso.

Covardes armam as guerras, mas deixam o território antes que elas eclodam. Fazem jogos sujos. Agem pelas costas. Usam armas camufladas. Mandam indiretas. Causam dor. Mas, jamais vão sentir o prazer indefinível que os corajosos enfrentam a cada batalha vencida. Viverão toda a vida carregando no peito a vergonha de nunca ter lutado. A história se encarrega de apagar suas lamentáveis existências.

 Se eu pudesse diria aos covardes: abandonem os seus campos amargos. Escolham aqueles floridos, os bosques repletos de plantas, árvores com variados frutos, os horizontes com finais de dias coloridos, as noites de lua e a clareza do amor. E por favor parem e apreciem o mar. Não custa lembrar que nenhuma força é maior e mais poderosa que o amor e é preciso coragem para conhecer e desfrutar o seu sabor. Para não restar dúvida visite Corintios 13.

À minha descendência deixarei o legado de que a covardia é um jeito de permanecer morto em vida. Não conheço um único covarde digno de respeito. Todos e cada um merecem o pior que podemos oferecer: pena.

Sandra Pereira é Jornalista formada pela Universidade Federal de Alagoas e pós graduanda e Marketing e Comunicação 

20/10/2017

Nota Fiscal Paulista: Fazenda libera R$ 687,7 milhões em créditos

A Secretaria da Fazenda liberou R$ 687,7 milhões em créditos da Nota Fiscal Paulista para os...

20/10/2017

Câmara aprova voto de repúdio por criança interagir com homem nu em performance

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na semana passada, dia 3, na Câmara Municipal, um...

19/10/2017

Emprega São Paulo/Mais Emprego tem 4.831 vagas abertas no Estado

O portal Emprega São Paulo/Mais Emprego oferece 4.831 oportunidades nesta semana no...

19/10/2017

Novos talentos de Embu das Artes e região cantam com grandes artistas no Embu Su

18/10/2017

MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo

O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram ao...

17/10/2017

Seminário sobre desenvolvimento sustentável visa construir propostas no Conisud

Idealizado pelo mandato do deputado estadual Geraldo Cruz, da vereadora Rosângela Santos e com...

17/10/2017

Comunidade Filosofia de Quintal comemora 3 anos no próximo dia 22

Em comemoração ao seu 3 anos, a Comunidade Filosofia de Quintal irá comemorar no próximo dia...

13/10/2017

Joice Silva participou da missa do aniversário de padroeira de Taboão

A presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, vereadora Joice Silva, participou da missa...

11/10/2017

Daiso Japan inaugura primeira loja em Taboão da Serra no próximo dia 14

No próximo dia 14 de outubro, a Daiso Japan, maior rede de variedades japonesas no Brasil,...

11/10/2017

GCM Neves vai representar Itapecerica em Congresso Nacional de Guardas no Paraná

GCM Neves ROMU, de Itapecerica da Serra foi convocado para participar na mesa de palestrantes do...

21/10/2017

Eduardo Nóbrega diz que ETEC será “divisor de águas” em Taboão

A expectativa com a inauguração da Escola Técnica (ETEC), ao lado da prefeitura vem aumentando a...

21/10/2017

Comissão de Segurança Pública debate uso de câmeras de vigilância em Taboão

A Comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na última...

21/10/2017

Secretaria de Cultura apoia pelo terceiro ano consecutivo o aniversário da Comun

Pelo terceiro ano consecutivo a Secretaria de Cultura de Taboão da Serra apóia a realização do...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.