Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Palestra na Câmara de Taboão alerta que economia de água tem de ser cotidiana

Por Amanda Marques | 1/09/2015

legislativo

Amanda Marques

Durante palestra para servidores da Câmara Municipal de Taboão da Serra, promovida por meio da escola do Legislativo, na última segunda-feira (31), o analista de gestão da Sabesp e representante do programa de uso racional da água na região oeste, Marcos Cesar Barbosa Teixeira destacou que o principal ponto para se economizar nos dias atuais, está em aprender a fazer a gestão do próprio consumo. Ele afirmou que a comunidade deve observar e conhecer os hábitos para eliminar os desperdícios causados pela falta de atenção dos consumidores. 

“Estamos todos envolvidos com o problema e fazemos parte da solução”, afirmou no início da palestra alertando para a necessidade de todos se engajarem na campanha de economia e preservação da água.

A questão da reutilização da água, segundo Marcos, deve ser compartilhada pelas pessoas, para que se multipliquem formas positivas de preservação e uso consciente. “Por exemplo, o simples ato de utilizar a água da máquina de lavar, para lavar o quintal, já é uma forma de ajudar na economia. Isso é uma forma de nós conseguirmos diminuir o impacto relacionado à questão da escassez hídrica”, ressaltou. 

O representante da Sabesp disse que a rede de abastecimento atende hoje, 348 municípios, ou seja, um pouco mais da metade da cidade de São Paulo. Marcos informou que a crise é uma rotina e que nós vamos ter de conviver com a gestão dela. “A economia de água deixou de ser uma questão pontual, ela tem que virar agora uma coisa cotidiana, para que as pessoas possam garantir água para as futuras gerações”, destacou.
Marcos completou afirmando que independente da classe social, hoje todos temos que nos envolver com o problema de uma melhor gestão do consumo de água, elemento indispensável para a sobrevivência.

Banho não é ‘consultório de psicologia’! 

Para aquelas pessoas que gostam de um bom banho quente, em especial demorado, saibam que o futuro da água no planeta depende de vocês. Na verdade, é comum percebermos que as pessoas estão economizando de modo mais efetivo em atividades de limpeza doméstica, por exemplo, mas no momento da higiene pessoal, a consciência é jogada para escanteio. 

O representante de uso racional de água da Sabesp ressaltou que o banho não é um ‘consultório de psicologia’, onde as pessoas desabafam e conversam durante horas. Esses exageros na hora de tomar banho podem ocasionar uma série de desperdícios. Ele relembra que a água deve ser utilizada apenas para um banho rápido, e que se as pessoas o fizerem de modo consciente não vai faltar. Ele finalizou afirmando “Se cada pessoa buscar dar uma descarga adequada no seu vaso sanitário, não jogando lixo no vaso e prestando atenção no seu banho, com certeza, nós teremos uma grande economia de água e isso ajudará as futuras gerações”.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.