Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Dia do feirante é lembrado pelo vereador Luiz Lune em Sessão da Câmara

Por Amanda Marques | 26/08/2015

lune

Cynthia Gonçalves

O dia do feirante foi lembrado pelo vereador Luiz Lune, durante a Sessão da Câmara Municipal na última terça-feira (25). Ex-feirante da região do Pirajussara, ele comentou que a profissão é extremamente digna e subiu a tribuna para homenagear e relembrar sobre a trajetória pela qual passou antes de se tornar vereador. Lune disse que trabalhou ao longo de dez anos na feira do Pirajussara, observando que os feirantes têm por natureza, respeito por seus clientes. “É uma pessoa que sempre atende com carinho, dificilmente vocês os veem maus humorados ou irritados, são pessoas muito agradáveis”, salientou Lune. 

Na verdade, a questão das feiras livres ainda é polêmica em função dos transtornos existentes, tanto para moradores como para feirantes. Todo mundo quer uma feira perto de casa, mas nunca na rua de casa e isso tem uma explicação um tanto quanto lógica: é uma tradição da cidade, os produtos estão sempre frescos, o ambiente é leve e os preços são acessíveis, mas para quem mora nessas ruas, o acesso de garagem, por exemplo, é um problema.  

Os feirantes, por sua vez, também têm rotinas duras e de muita persistência. Não só por acordarem, na maioria das vezes às 04h00, carregarem caixotes pesados, montar e desmontar barracas, cuidar de todas as compras no tempo que lhes sobram e ainda avaliar o lado financeiro, esses profissionais querem acima de tudo, trabalhar. E se não for nas ruas, onde mais poderia ser? Segundo o Decreto n°66 de 15 de maio de 2013, publicado na edição 480 do Diário Oficial e aprovado pelo Prefeito Fernando Fernandes, a regulamentação determina que as feiras tenham horários e locais estipulados para acontecer.  

Essa medida equilibra ambos os lados: o morador se adequa e o feirante respeita e cumpre os horários. A isenção do pagamento de IPTU é discutida informalmente e tem como objetivo tratar a questão da desvalorização dos imóveis (barulho, garagem bloqueada, invasão de espaços). O lixo também preocupa, mas a Prefeitura cumpre muito bem seus deveres de limpeza e lavagem das ruas após o encerramento das vendas. Durante alguns dias a reportagem do Jornal Na Net acompanhou as feiras do Pirajussara e percebeu que todas as quartas-feiras, a equipe de limpeza é pontual e eficaz em seu trabalho. 

Aos sábados a feira da Rua Mario Latorre, paralela com a Avenida Laurita Ortega Mari no Parque Pinheiros, também faz muito sucesso e cumpre com seus horários. Nossa reportagem acompanhou alguns dias de feira e percebeu que a limpeza é feita imediatamente após a desmontagem das barracas. Os moradores dos prédios nesta rua aparentam se sentir a vontade e entender o lado dos feirantes. 

E não foi a toa que Luiz Lune afirmou em seu discurso na Câmara, que os feirantes são próximos à população, pessoas que trabalham às vezes, oito ou dez horas por dia, no sol ou na chuva estão ali, de pé. “É uma profissão muito digna, foi onde eu aprendi a ser gente”, afirmou o vereador.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.