Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Prefeito e base aliada desmentem denúncia contra UPA e diz suspeitar de ação política

Por Sandra Pereira | 21/08/2015

885

Sandra Pereira

Reunido com os vereadores de sua base aliada o prefeito Fernando Fernandes voltou a tratar a respeito da denúncia da TV Record, de que havia falta e até reuso de seringas na UPA Akira Tada. Fernandes disse ter descoberto a autoria da denúncia que ele classificou de mentirosa e difamatória. O prefeito afirmou haver indícios de que acusação tenha cunho político e a classificou como ato de terrorismo contra a população e à saúde Taboão da Serra. Para o prefeito a denúncia despertou temor entre os taboanenses de  já que a prática de reutilizar seringas não encontra amparo em nenhum protocolo de saúde e pode causar contaminação. Fernandes disse que resta saber quem está por trás da denuncia e revelou já saber quem a fez.

O prefeito e a base aliada disseram que os fatos relatados pela suposta enfermeira são mentirosos. Causou estranheza entre todos a reportagem da TV Record não tem entrado em contato nem com a prefeitura nem com SPDM para responder à acusação, que de tão grave pode fazer com que as pessoas doentes se recusem a buscar atendimento por medo de contaminação através de seringas.

“Essa denúncia causou um prejuízo enorme à saúde e à cidade. Plantou dúvida na cabeça das pessoas. Uma dúvida cruel e uma atitude cruel. Nós já sabemos de onde partiu. Estamos reunindo as provas  e vamos entrar com todas as ações possíveis e necessárias”, declarou Fernando Fernandes.

Tanto o prefeito quanto à sua base aliada na Câmara alegaram que a suposta enfermeira deveria ter denunciado o fato a prefeitura e se negar a realizar o ato, caso ele tenha sido solicitado.

“Se ela falar que aconteceu é ré confessa. Só não é ré porque não aconteceu. Essa não é uma questão de saúde é uma questão política. Isso é mentira. Mas, se tivesse acontecido ela seria a ré confessa”, disse o prefeito acrescentando  não estar fazendo apologia à saúde. “Nós sabemos que existem dificuldades e é assim em todo Brasil. Mas é absurdo afirmar que estamos reutilizando seringas. Precisamos ter coragem de enfrentar os problemas sem deixar de admitir que o nosso serviço de saúde é o melhor da região sim. Aqui funciona”, completou.

O prefeito tachou a reportagem  de ato terrorista. Para ele o ataque da profissional foi tão irresponsável que atingiu toda a enfermagem, toda categoria de saúde, todos os profissionais e toda a população da cidade. “A conduta da funcionária e a matéria foi um desserviço à população. Plantou medo. Foi irresponsável”, disparou.

Para o líder do Governo na Câmara Municipal de Taboão, vereador Eduardo Nóbrega, a reportagem foi um ataque foi irresponsável e cruel contra o usuário da Saúde Taboão. Ele disse ser mentirosa a  afirmação de que se reutilizar seringa na UPA.

O presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, José Vereador José Aparecido Alves, o Cido, farmacêutico por profissão, disse que os protocolos de saúde são regidos por uma questão de ética. Ele afirmou ser usuário do SUS na cidade e como tal afirmou pode acompanhar de perto a gestão do prefeito na área da saúde. “Sim nós avançamos demais. Reconstruímos a saúde. Hoje a saúde Taboão é muito diferente do que era quando o prefeito assumiu. Eu fico triste com a irresponsabilidade do profissional que colocou em xeque toda a sua categoria de forma irresponsável. Isso cria um dano que não podemos mensurar agora é preciso identificar e punir a pessoa que teve uma atitude. Espero que não tenha cunho político que se tiver vai ter resposta e estou falando isso como chefe do Legislativo de Taboão da Serra”, disse Cido.  

Carlinhos do Leme contou que é usuário do SUS e recentemente a mãe ficou na UPA 2 meses, sem que ninguém soubesse que se tratava da sua mãe. Também disse que a esposa fez pré natal e teve a filha no HGP. “Uma matéria irresponsável como essa só atrapalha e causa medo na população. Nós vemos tantos casos de matérias mentirosas, que depois de anos foram descobertas, mas que acabaram com a vida das pessoas. Tivemos o caso da escola base e daquela mãe que foi presa acusada de colocar entorpecente na mamadeira da criança. Ela ficou sem o filho apanhou e depois foi constatado que tudo era uma mentira”, lembrou.

A presidente da Comissão de saúde da Câmara,  vereadora Joice Silva, classificou a reportagem denúncia como um ato de covardia, que causou pânico e espalhou mentira. Joice também relatou que a avó passou vários dias internada na UPA e que em nenhum momento recebeu atendimento privilegiado.

“Está comprovado que o sistema de saúde Taboão é o melhor da região é que quanto mais a cidade investe mais gente utiliza já que pessoas dos municípios vizinhos acabam vindo buscar atendimento aqui.  O que vimos naquela reportagem foi um ato de covardia contra população Taboão da Serra”, argumentou.

O vice-prefeito Laércio Lopes insistiu e dá um testemunho alegando que no começo do governo achava impossível a reconstrução da saúde no município, em razão do caos instalado nas unidades de atendimento. “Hoje essa realidade mudou a oposição não pode negar que nós fizemos muito que está totalmente diferente do que era quando assumimos”, disse.

A vereadora Érica Franquini diz que a saúde não está 100 % mas é melhor da região. Segundo ela essas são as palavras dos usuários do SUS nas cidades vizinhas. A vereadora saiu em defesa da categoria de enfermagem e diz que a denunciante teve uma atitude irresponsável que pode levar à perda do COREN e impedir os profissionais de exercer sua função.

O vereador Marco porta repudiou a atitude da funcionária principalmente pelo dano causado à população, que segundo ele foi vítima de terrorismo de uma pessoa que não tem profissionalismo. Ronaldo Onishi observou que a forma como a notícia foi passada causou pânico e que a conduta da funcionária denunciante foi inescrupulosa. Para o vereador a pessoa que fez isso tem que ser presa, pois admitiu ter praticado crime.

“Nenhuma pessoa responsável faria isso. Nenhum profissional de saúde se submeteria a uma conduta como essa”, afirmou.

Para o vereador Marcos Paulo a denúncia é fruto do desespero político e na opinião dele tem cunho político. “Se fosse uma denúncia séria a equipe de reportagem teria ido a UPA de forma espontânea sem hora marcada combinada com a oposição. Todos os que participaram disso foram usados pela oposição a serviço do mal, para denegrir a imagem da cidade”, citou Paulinho antes de asseverar que dos três vereadores da oposição dois silenciaram a respeito do fato e um deles declarou recentemente que a saúde Taboão é a melhor da região.

Marcos Paulo lembrou investimentos do governo municipal na área da saúde como a construção da UBS do Jardim Clementino, que é  luta do seu mandato e vai melhorar o atendimento à população naquele local. Ele disse que a UBS vai ser construída com recursos oriundos de uma emenda da deputada Analice Fernandes e citou que o bairro também vai receber uma creche.

23/04/2018

Prefeito Fernando firma parceria com MP para implantação da Patrulha Guardiã

O prefeito Fernando Fernandes assinou na quinta-feira (3), o Termo de Cooperação com o...

21/04/2018

Governo diz que terá de adiar reajuste de servidor para fechar contas em 2019

Para tentar impedir a paralisação da máquina administrativa e dos investimentos públicos no ano...

21/04/2018

Vereador Marcos Paulo elogia atuação da GCM em Taboão da Serra

O vereador Marcos Paulo vem usando a tribuna da Câmara Municipal para elogiar o trabalho...

21/04/2018

Câmara Municipal aprova título de Cidadão Taboanense para o padre Weliton Angeli

Na sessão da última terça-feira, dia 17, os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por...

21/04/2018

Presidente Joice Silva e as vereadoras Priscila e Rita receberam prêmio

A presidente da Câmara de Taboão da Serra, Joice Silva e as vereadoras Priscila Sampaio e Rita...

20/04/2018

Anderson Nóbrega é nomeado novo secretário de esportes em Embu das Artes

Na tarde da última quinta-feira (19), em Embu das Artes, o prefeito Ney Santos nomeou Anderson...

18/04/2018

Senado aprova projeto que obriga escolas a combaterem bullying

O Senado aprovou, nesta terça-feira (17), o projeto que obriga as escolas a desestimularem seus...

17/04/2018

Após revisão, governo anuncia cancelamento de 422 mil benefícios sociais

Após um trabalho de revisão de benefícios sociais concedidos pelo governo federal, 422 mil serão...

14/04/2018

Câmara Municipal entrega título de Cidadão Taboanense ao padre Kirano

No último domingo, dia 8, a Câmara Municipal de Taboão da Serra entregou o título de Cidadão...

12/04/2018

4º Encontro de Autismo reuniu quase mil pessoas no Cemur, em Taboão

Quase mil pessoas participaram do 4º Encontro de Autismo de Taboão de Serra, realizado no...

26/04/2018

Bailarina de Taboão da Serra se prepara para grande festival na Espanha

Moradora do jardim Salete, em Taboão da Serra, a jovem Rosana Silva, de 18 anos, está a um passo...

26/04/2018

Força Tática fez 70 flagrantes desde que voltou para Taboão e Embu

Desde que voltou a atuar em Taboão da Serra e Embu das Artes, no dia 2 de dezembro, a Força...

26/04/2018

GCM reforça Operação Cidade Organizada em Itapecerica da Serra

Ação “Cidade Organizada’ realizou no último dia 20, uma operação procurando restringir a...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.