Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Prefeito e base aliada desmentem denúncia contra UPA e diz suspeitar de ação política

Por Sandra Pereira | 21/08/2015

885

Sandra Pereira

Reunido com os vereadores de sua base aliada o prefeito Fernando Fernandes voltou a tratar a respeito da denúncia da TV Record, de que havia falta e até reuso de seringas na UPA Akira Tada. Fernandes disse ter descoberto a autoria da denúncia que ele classificou de mentirosa e difamatória. O prefeito afirmou haver indícios de que acusação tenha cunho político e a classificou como ato de terrorismo contra a população e à saúde Taboão da Serra. Para o prefeito a denúncia despertou temor entre os taboanenses de  já que a prática de reutilizar seringas não encontra amparo em nenhum protocolo de saúde e pode causar contaminação. Fernandes disse que resta saber quem está por trás da denuncia e revelou já saber quem a fez.

O prefeito e a base aliada disseram que os fatos relatados pela suposta enfermeira são mentirosos. Causou estranheza entre todos a reportagem da TV Record não tem entrado em contato nem com a prefeitura nem com SPDM para responder à acusação, que de tão grave pode fazer com que as pessoas doentes se recusem a buscar atendimento por medo de contaminação através de seringas.

“Essa denúncia causou um prejuízo enorme à saúde e à cidade. Plantou dúvida na cabeça das pessoas. Uma dúvida cruel e uma atitude cruel. Nós já sabemos de onde partiu. Estamos reunindo as provas  e vamos entrar com todas as ações possíveis e necessárias”, declarou Fernando Fernandes.

Tanto o prefeito quanto à sua base aliada na Câmara alegaram que a suposta enfermeira deveria ter denunciado o fato a prefeitura e se negar a realizar o ato, caso ele tenha sido solicitado.

“Se ela falar que aconteceu é ré confessa. Só não é ré porque não aconteceu. Essa não é uma questão de saúde é uma questão política. Isso é mentira. Mas, se tivesse acontecido ela seria a ré confessa”, disse o prefeito acrescentando  não estar fazendo apologia à saúde. “Nós sabemos que existem dificuldades e é assim em todo Brasil. Mas é absurdo afirmar que estamos reutilizando seringas. Precisamos ter coragem de enfrentar os problemas sem deixar de admitir que o nosso serviço de saúde é o melhor da região sim. Aqui funciona”, completou.

O prefeito tachou a reportagem  de ato terrorista. Para ele o ataque da profissional foi tão irresponsável que atingiu toda a enfermagem, toda categoria de saúde, todos os profissionais e toda a população da cidade. “A conduta da funcionária e a matéria foi um desserviço à população. Plantou medo. Foi irresponsável”, disparou.

Para o líder do Governo na Câmara Municipal de Taboão, vereador Eduardo Nóbrega, a reportagem foi um ataque foi irresponsável e cruel contra o usuário da Saúde Taboão. Ele disse ser mentirosa a  afirmação de que se reutilizar seringa na UPA.

O presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, José Vereador José Aparecido Alves, o Cido, farmacêutico por profissão, disse que os protocolos de saúde são regidos por uma questão de ética. Ele afirmou ser usuário do SUS na cidade e como tal afirmou pode acompanhar de perto a gestão do prefeito na área da saúde. “Sim nós avançamos demais. Reconstruímos a saúde. Hoje a saúde Taboão é muito diferente do que era quando o prefeito assumiu. Eu fico triste com a irresponsabilidade do profissional que colocou em xeque toda a sua categoria de forma irresponsável. Isso cria um dano que não podemos mensurar agora é preciso identificar e punir a pessoa que teve uma atitude. Espero que não tenha cunho político que se tiver vai ter resposta e estou falando isso como chefe do Legislativo de Taboão da Serra”, disse Cido.  

Carlinhos do Leme contou que é usuário do SUS e recentemente a mãe ficou na UPA 2 meses, sem que ninguém soubesse que se tratava da sua mãe. Também disse que a esposa fez pré natal e teve a filha no HGP. “Uma matéria irresponsável como essa só atrapalha e causa medo na população. Nós vemos tantos casos de matérias mentirosas, que depois de anos foram descobertas, mas que acabaram com a vida das pessoas. Tivemos o caso da escola base e daquela mãe que foi presa acusada de colocar entorpecente na mamadeira da criança. Ela ficou sem o filho apanhou e depois foi constatado que tudo era uma mentira”, lembrou.

A presidente da Comissão de saúde da Câmara,  vereadora Joice Silva, classificou a reportagem denúncia como um ato de covardia, que causou pânico e espalhou mentira. Joice também relatou que a avó passou vários dias internada na UPA e que em nenhum momento recebeu atendimento privilegiado.

“Está comprovado que o sistema de saúde Taboão é o melhor da região é que quanto mais a cidade investe mais gente utiliza já que pessoas dos municípios vizinhos acabam vindo buscar atendimento aqui.  O que vimos naquela reportagem foi um ato de covardia contra população Taboão da Serra”, argumentou.

O vice-prefeito Laércio Lopes insistiu e dá um testemunho alegando que no começo do governo achava impossível a reconstrução da saúde no município, em razão do caos instalado nas unidades de atendimento. “Hoje essa realidade mudou a oposição não pode negar que nós fizemos muito que está totalmente diferente do que era quando assumimos”, disse.

A vereadora Érica Franquini diz que a saúde não está 100 % mas é melhor da região. Segundo ela essas são as palavras dos usuários do SUS nas cidades vizinhas. A vereadora saiu em defesa da categoria de enfermagem e diz que a denunciante teve uma atitude irresponsável que pode levar à perda do COREN e impedir os profissionais de exercer sua função.

O vereador Marco porta repudiou a atitude da funcionária principalmente pelo dano causado à população, que segundo ele foi vítima de terrorismo de uma pessoa que não tem profissionalismo. Ronaldo Onishi observou que a forma como a notícia foi passada causou pânico e que a conduta da funcionária denunciante foi inescrupulosa. Para o vereador a pessoa que fez isso tem que ser presa, pois admitiu ter praticado crime.

“Nenhuma pessoa responsável faria isso. Nenhum profissional de saúde se submeteria a uma conduta como essa”, afirmou.

Para o vereador Marcos Paulo a denúncia é fruto do desespero político e na opinião dele tem cunho político. “Se fosse uma denúncia séria a equipe de reportagem teria ido a UPA de forma espontânea sem hora marcada combinada com a oposição. Todos os que participaram disso foram usados pela oposição a serviço do mal, para denegrir a imagem da cidade”, citou Paulinho antes de asseverar que dos três vereadores da oposição dois silenciaram a respeito do fato e um deles declarou recentemente que a saúde Taboão é a melhor da região.

Marcos Paulo lembrou investimentos do governo municipal na área da saúde como a construção da UBS do Jardim Clementino, que é  luta do seu mandato e vai melhorar o atendimento à população naquele local. Ele disse que a UBS vai ser construída com recursos oriundos de uma emenda da deputada Analice Fernandes e citou que o bairro também vai receber uma creche.

Vania

Vereador Moreira Prometeu quando Evilasio era Prefeito, se isso concretizar aqui no clementino Conte com Meu Voto Prefeito Fernando Fernando e Vereador Marcos Paulo.

Gomes

Obviamente que os funcionários da saúde JAMAIS iriam utilizar e reutilizar seringas, mas, o que realmente deixou nossos políticos um pouco chateados foi o fato de que a imprensa mostrou que saúde não é pintar paredes, fazer puxadinhos, etc. Saúde é ter atendimento adequado, servidores com remuneração adequada, ambulâncias em boas condições, exames de fácil acesso, medicamentos disponíveis, materiais disponíveis nas unidades, etc., coisa que nossa cidade NÃO tem, tudo é feito na improvisação.

Antônio Pereira

Será que a culpa agora da moça que denunciou os bastidores da saúde de Taboao da Serra? A politicalha da cidade adora parecer competente e preocupada com o povo, mas o que se vê no dia a dia é uma situação diferente do discurso dos políticos, querem enganar a quem? o que melhorou na saúde mesmo?

Fabio Alencar

Parabens ao Vereador MARCOS PAULO E PREFEITO necessidade que aqui nos falta, uma creche e UBS.

23/06/2017

Vereadores de Itapecerica pedem criação de 3º Companhia da PM

A segurança pública vem sendo tema frequente durante as sessões na Câmara Municipal de...

23/06/2017

Deputada Analice busca recurso para projeto Cultural

O prefeito Fernando Fernandes planeja colocar em funcionamento um Centro Cultural, que atenda...

23/06/2017

Analice busca solução para problema de transporte entre Embu e Itapecerica

Prefeitos e vereadores de Embu-Guaçu e de Itapecerica da Serra se uniram à deputada Analice...

23/06/2017

Alckmin participa de mutirão para migração de rádios AM para FM

O governador Geraldo Alckmin participou nesta sexta-feira, 23, junto ao ministro da Ciência,...

20/06/2017

Vereadores de Taboão da Serra aprovam LDO em 1ª votação em sessão movimentada

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram em primeira votação nesta terça-feira, 20, a Lei de...

19/06/2017

Comissão de Finanças da Câmara de Taboão discute LDO 2018

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na...

18/06/2017

Câmara de Taboão realiza ato “Fora Temer e a favor das Diretas Já”

Na última quarta-feira (14), foi realizada na Câmara de Taboão da Serra, uma plenária a favor...

16/06/2017

Câmara de Taboão faz Campanha do Agasalho para doar ao Centro POP

O frio chegou com força nas últimas semanas e deve continuar intenso pelos próximos meses. Para...

13/06/2017

Taboão da Serra terá plenária pelas Diretas Já nesta quarta-feira 14

Na próxima quarta-feira (14), várias organizações sociais irão realizar na Câmara Municipal de...

13/06/2017

Municípios paulistas recebem R$ 443 milhões em repasses de ICMS

O governo do Estado de São Paulo deposita nesta terça-feira, 13/6, R$ 443,11 milhões em repasses...

23/06/2017

Vereadores de Itapecerica pedem criação de 3º Companhia da PM

A segurança pública vem sendo tema frequente durante as sessões na Câmara Municipal de...

23/06/2017

Inverno chegou, vai fazer frio, mas temperaturas estarão na média

E o frio chegou, o inverno começou as 01h24 desta quarta-feira (21), para quem gosta de frio já...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.