Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Variedades

Coluna sobre Tecnologia de Rafael Quintão

Por Outro autor | 14/08/2015

foto_2

Divulgação

Se assim como eu você é um assíduo Internauta (Termo a quem usa a Internet) você já pode e deve começar ficar antenado em algumas “coisinhas” que irão ganhar espaço no mundo virtual.  

É amplamente notável que a Internet bem como toda tecnologia envolta, tem ganhado espaço e destaque mundialmente. Pessoas deixam suas vidas divididas, entre a realidade cotidiana quanto a virtual. Um molde disto são as veneradas redes sociais que viralizaram assim como algo em rápida e constante disseminação. Hoje é comum conversar com alguém que está à metros (quarto do lado) de você através de alguma aplicação ou site que permite o contato. Há aqueles que resistem, mas acabam entregando-se quando percebem que a “Tal Internet” está tomando parte de nossas vidas a qual de ser parte da globalização que gira entorno de nossas vidas. Entretanto, como tudo aquilo que chama as atenções assim como era a TV ou até mesmo o Rádio, chama também às das autoridades. 

Redes Sociais 

Em parecer Silvio Costa, deputado federal, defende uma ideia que já é de praxe em alguns países. Segundo seu projeto de lei, 1.879/2015, para qualquer pessoa cadastrar-se em alguma rede social este deverá digitar seu CPF como parte do cadastro. 

E agora moçada? [Opinião] 

Ah, colocar o CPF parece ser algo tranquilo, mas... Se você é menor de idade e gosta do Facebook, Whatsapp, Instagram ou qualquer outra rede do tipo, dê adeus! Não se esqueça de salvar as fotos, viu?! Pois é, com este projeto em análise, caso (remotamente), o projeto venha a ser sancionado por Dilma as redes sociais e tantos outros sites terão que fazer valer à pena aquela menção: “Proibido o cadastro de menores”. Além da galerinha mais nova não poder mais usar as redes também deverá retirar a imunidade daqueles que gostam do anonimato que a “Rede Mundial de Computadores” propícia.  

No mundo

Em alguns países já existem algumas cautelas adotadas para impor certos limites aos seus Internautas. Na Coréia do Norte, por exemplo, é restritamente proibido à venda e comercialização de computadores com Windows ou qualquer outro Sistema Operacional tradicional; isto porque eles possuem o “Red Star”,  programa próprio que limita os usuários de computador no país a ter acesso à diversos sites e programas virtuais. Vale ressaltar que sites como Facebook, Twitter são inexistentes no país.  

Bem, portanto caro Internauta com o advento do “Marco Civil” no Brasil podemos esperar algumas mudanças que já encaminham-se também pela nossa vida virtual.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.