Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

PF deflagra operação para apreender fósseis e artefatos de caverna em Taboão

Por Outro autor | 14/08/2015

fosil

Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (13/08) a Operação Flintstones, para recuperar fósseis e artefatos de cavernas, conhecidos por espeleotemas. Foram cumpridos 4 mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo, Taboão da Serra/SP, Rio de Janeiro/RJ e Soledade/RS.

Nos locais alvos das busca, lojas e um centro de distribuição do grupo, foram encontrados  espeleotemas e fósseis de madeiras, que agora serão periciados para identificação de origem.

Em abril de 2013, após a prisão de um comerciante de Embu das Artes/SP, iniciou-se investigação sobre a origem delitiva dos fósseis que estavam com o preso. Após dois anos, tomou-se conhecimento de que empresas especializadas no comércio e exportação de pedras semipreciosas poderiam estar envolvidas na comercialização e exportação de fósseis brasileiros, que seriam expostos para venda em sites especializados.

Tanto os fósseis quanto os espeleotemas brasileiros são bens da União e não podem ser comercializados. Sua exploração somente pode ser realizada para fins científicos por universidades e por instituições reconhecidas, com autorização dos órgãos competentes. Se os bens forem estrangeiros, eles devem ter sua importação declarada junto à Receita Federal do Brasil, com a apresentação da documentação de origem e recolhimento dos tributos devidos.

A investigação prossegue para identificar os responsáveis, os quais poderão responder pelo crime de receptação qualificada.

Comunicação Social da Polícia Federal em São Paulo





Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.