Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Novo reservatório de água em Embu promete acabar com problemas de fornecimento

Por Gabrielly Sousa | 10/08/2015

agua

GuegoO sistema vai beneficiar 140 mil moradores em mais de 10 mil residências

Um novo reservatório de água foi instalado pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) para atender a maioria dos bairros de Embu das Artes, na sexta-feira, dia 07, no Jardim Mimás. O reservatório pode armazenar cerca de até 10 milhões de litros de água, beneficiando mais de 10 mil famílias nos bairros da parte leste do município, diminuindo a instabilidade no fornecimento de água naquela região.

A obra em geral teve o valor total de R$ 13,5 milhões (treze milhões e quinhentos mil reais), porém, somente a construção da gigantesca caixa d’água custou R$ 3,5 milhões (três milhões e quinhentos reais), concluída em 18 meses. Toda a água será abastecida pelas represas dos sistemas Alto Cotia e Guarapiranga, que são os mananciais mais próximos da região. De acordo com a Sabesp, em apenas 12h, 10 mil residências serão atendidas, o suficiente para acabar com os problemas de falta de água.

O reservatório terá a capacidade de abastecer cerca de 140 mil moradores dos bairros do Jd. Santa Tereza, Chácara Pirajussara, Jd. São Marcos, Jd. Valo Verde, Jd. Vitória, Jd. São Vicente, Jd. Castilho, Jd. Vazame, Jd. Independência, Jd. Santa Emília, Jd. Presidente Kennedy, Jd. Emílio Carlos, Jd. da Luz, Jd. Flórida, Pq. Luiza, Nossa Senhora de Fátima, Jd. Casa Branca, Jd. Santo Eduardo, Jd. Dom José, entre outros.

Com a falta de chuva entre 2014 e 2015, a escassez das principais represas da Grande São Paulo afetava diretamente os moradores da região metropolitana. Nas cidades de Embu das Artes, Taboão da Serra e Itapecerica da Serra, o racionamento “bateu na porta” dos munícipes, que tiveram que enfrentar dificuldades para realizar necessidades básicas, como cozinhar, tomar banho e lavar roupas. A moradora do Jd. Santo Eduardo, Maria Cristina Silva, comemorou a entrega do novo reservatório. ”Finalmente pensaram e agiram na maior necessidade que temos, que é a água. Espero que não falte mais água com muita frequência na minha casa , como no início do ano (2015)”, disse.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.