Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Na volta do recesso, vereadores de Embu aprovam uma extensa lista de projetos

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 6/08/2015

sessao_embu

Adriana MonteiroSessão ordinária voltou do recesso nesta quarta-feira, dia 05 em Embu das Artes 

As sessões ordinárias no Legislativo de Embu das Artes retomou os trabalhos, na noite desta quarta-feira, dia 05, e os vereadores aprovaram diversos projetos de melhorias para a população. A sessão teve inicio por volta das 18h30 e se estendeu até quase 22h. Dentre os projetos foram concedidos títulos de cidadão embuense para algumas pessoas, aprovadas moções de pesar, repúdio e apoio, além de denominação de logradouro público. Os vereadores ainda elogiaram o Concerto das Artes, falaram do encontro suprapartidário e saudaram à todos desejando bom retorno aos trabalhos.  

Os vereadores aprovaram os projetos de lei 09/2015, 10/2015, 11/2015, 12/2015, 31/2015, 32/2015, 33/2015, 34/2015, de autoria do Executivo, que trata de melhorias para a população como alteração dos artigos de cargos de comissão, dentre outros. Também foi aprovado o projeto de lei 24/2015, de autoria do vereador Pedro Valdir, que trata da denominação de logradouro público, sendo uma praça no Jardim Santa Barbara. 

Diversos projetos de decreto legislativo foram aprovados concedendo o titulo de cidadão embuense para algumas pessoas, sendo 07/2015, que concede o titulo ao Pastor José, da Igreja Menonita Renovada; 08/2015, que concede o titulo ao deputado Pastor Marco Feliciano, a aprovação desse projeto causou uma agitação, isso porque o vereador Julio Campanha, foi contra por defender que o pastor não tem articulação política na cidade, para receber tal titulo. 

Também aprovaram o decreto 09/2015, de titulo de cidadão embuense para a deputada Analice Fernandes, que teve votos contra da Dra. Bete e Gilvan da Saúde, com justificativa pela desfiliação dos dois juntamente do vice-prefeito Natinha, no PSDB. O PDL 10/2015, que concede a Maria do Socorro Sales, que atua há 26 anos como assistente social. 11/2015 e 12/2015, a profeta Sandra Pires e ao apostolo Alberto Pires, da igreja evangélica.  

Moção de pesar 

Foram aprovadas as moções de pesar nº 37/2015, de autoria do Vereador Doda Pinheiro pelo falecimento do ex. médico psiquiatra, ex. psicodramatista, ex. colunista, ex. palestrante, Içami Tiba. Também nº 39/2015, de autoria do Vereador Clidão do Táxi pelo passamento da senhora Maria Peniche Moreira e  nº 40/2015, de autoria do Vereador Jabá do Depósito pelo passamento do senhor Elias Martins.   

Moção de repúdio e apoio

Os vereadores ainda aprovaram a moção de apoio nº 36/2015, de autoria do vereador Doda Pinheiro em defesa da não privatização da TV Cultura. E a moção de repudio nº 38/2015 de autoria os vereadores Doda Pinheiro, João Leite, Edvânio Mendes e Gilson Oliveira, que dispõe sobre o Repúdio contra a ação criminosa realizada no Instituto Lula. 

Tribuna Popular  

O munícipe Sergio de Oliveira Cabrito, do Jardim Silvana usou do tempo na tribuna popular para prestar homenagem ao mestre Joca e associação dos capoeiristas de Embu das artes “Projeto Capoeira nas Escolas”. Além disso, cobrou o cumprimento da lei 2681/13 do dia do capoeirista e também a Semana Municipal da Capoeira, que de acordo com o munícipe não foi repassada a verba da semana da capoeira para a associação para realização da mesma. Outras reivindicações foram o cumprimento da lei 665 /1995, que trata do Festival Folclórico Brasileiro e a lei da bolsa atleta. Ao final da sessão, teve jogo de capoeira com os capoeiristas do município. 


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.