Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Polícia Civil de Embu das Artes apreende 2,3 toneladas de produtos impróprios para o consumo

Por Outro autor | 31/07/2015

carne

Demacro

Policias civis da Delegacia de Polícia de Embu das Artes (Demacro), prenderam em flagrante nesta quinta-feira (23/7) o sócio-proprietário de um comércio de carnes da cidade de Juquitiba, por crime contra as relações de consumo e uso falso de sinal público além de apreender 2,3 toneladas de produtos de origem animal. 

Após denúncia da Coordenadoria de Defesa Agropecuária, os policiais civis passaram a investigar a utilização de selo falso do Serviço de Inspeção de Alimentos Estadual (SISP). 

Durante os trabalhos, a equipe abordou um caminhão que descarregaria carne na cidade de Embu das Artes; no baú encontraram a mercadoria embalada em caixas, apresentando selo falso da SISP. O motorista ao ser questionado, informou que os produtos eram provenientes de um frigorífico em Juquitiba.

No frigorífico os policiais civis em um trabalho conjunto com a técnica da vigilância sanitária vistoriaram o local e constataram que os produtos eram manipulados, embalados e distribuídos em desacordo com as normas regulamentares, ou seja, impróprios para o consumo. 

Entre o material, encontrado no caminhão e no frigorífico, foram apreendidos cerca de 2,3 toneladas de produtos de origem animal, que foram inutilizados pela médica veterinária sanitarista. O local ainda foi lacrado e interditado, e o sócio do estabelecimento preso em flagrante.

Fonte e foto: Demacro 

Comunicação Social da Polícia Civil - APCS//DGPAd (CC)

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.