Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Taxa de desemprego sobe pelo quinto mês consecutivo na região metropolitana de SP

Por Gabrielly Sousa | 30/07/2015

trabalho

Divulgação

Os novos dados do  Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) confirmam aumento do número de desempregados na Grande São Paulo. Em maio, o índice registrou 12,9%, enquanto no mês de junho a taxa passou para 13,2%. Neste mesmo mês, em 2014, o número de pessoas desempregadas era de 11,3%. Segundo o Diesse, o resultado decorre da redução da eliminação de 42 mil postos de trabalho e também da saída de 10 mil pessoas na força de trabalho na região metropolitana.

O número de assalariados em junho em comparação com o mês de maio foi de 0,9% dentro do setor privado. Mais pessoas estão trabalhando sem ter assinatura na CTPS (Carteira de Trabalho), o número é de 6,7%, já os que trabalham com o registro no documento, a taxa subiu apenas 0,3%. Houve queda no contingente de empregados domésticos (-2,1%), e uma pequena alta no de autônomos, 0,2%.

O levantamento feito pela distribuição do número de desempregados por sexo, houve aumento entre os homens e diminuição entre as mulheres. Em maio, a porcentagem era de 48,2% do sexo masculino e 51,8% feminino. No mês de junho, os homens desempregados somam 50,1% e mulheres 49,9%.

Na distribuição entre as faixas etárias de idade, os desempregados entre 16 e 24 anos e entre 25 e 39 anos eram na proporção de 43,1% e 34% em maio, e de  42,1% e 34,4% em junho, ou seja, o número caiu apenas 1%, aproximadamente, isso não significa que as coisas melhoraram.
Rodrigo Lopes com informações do G1

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.