Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Câmara Municipal de Taboão aprova projetos e entra em recesso parlamentar

Por Assessoria de Imprensa da Câmara de Taboão | 6/07/2015

recesso

Cynthia GonçalvesCâmara Municipal entra em recesso parlamentar no mês de julho

Os vereadores da Câmara Municipal de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 30, diversos projetos na última sessão antes do recesso parlamentar. Foram aprovados a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), a mudança de horário das sessões ordinárias, a criação de novos cargos que serão preenchidos através de concurso, além do projeto que prevê o recolhimento de animais domésticos mortos. 

Na mesma sessão, a Câmara Municipal rejeitou as contas do ex-prefeito Evilásio Farias referente ao ano de 2011. O Legislativo acompanhou o parecer do Tribunal de Contas do Estado. Também foi rejeitada, por unanimidade, uma nova denúncia pedindo o afastamento do prefeito Fernando Fernandes.

A LDO foi aprovada por unanimidade e sem emendas. A lei é um direcionamento das principais metas e prioridades que irão servir para orientar a elaboração do Orçamento Municipal de 2016 e atende ao artigo 165 da Constituição federal. No projeto, as ações que o governo fará no próximo ano não são especificadas, as ações e programas são detalhados no Orçamento Municipal, que deverá ser votado em dezembro. 

Após a votação, a Câmara Municipal entrou em recesso e os trabalhos parlamentares voltam no dia 4 de agosto, já no novo horário, às 10h. É importante lembrar que apesar do Legislativo estar em recesso, os gabinetes dos vereadores e a administração da Casa trabalham normalmente durante esse período.

Serviço
Câmara Municipal de Taboão da Serra
Estrada São Francisco, 2013 – Jd. Helena
4788-5300
https://www.facebook.com/camaramunicipal.taboao
https://twitter.com/camarataboao

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.