Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Presidente da Câmara discute situação de crianças e adolescentes de Taboão com conselheiros tutelares

Por Prefeitura Municipal de Taboão da Serra | 18/06/2015

camara1

Divulgação

O presidente da Câmara Municipal  de Taboão da Serra, vereador José Aparecido Alves, o Cido, esteve na sede do Conselho Tutelar  na última terça-feira, 16, para discutir com os conselheiros a atuação do órgão e os desafios para assegurar o cumprimento do Estatuto da Criança e do Adolescente no município. Taboão tem cinco conselheiros tutelares. Os casos de conflitos familiares representam maioria entre os atendimentos realizados por eles. O Conselho funciona em regime de plantão e atende 24 horas e no finais de semana. 

Durante a visita ficou evidente a importância do Conselho Tutelar especialmente nos casos de crianças e adolescentes em situação de risco, vulnerabilidade ou vítimas de violência. Somente esse ano o conselho de Taboão da Serra atendeu 1.080 casos. A maior parte da demanda do órgão é encaminhada pela delegacia, pelo fórum, secretaria de Educação, prontos socorros e por meio de denúncias anônimas. 

A secretária de Assistência Social Arlete Silva participou do encontro e falou sobre a atuação conjunta dos órgãos de assistência social na defesa dos direitos da criança e do adolescente.

O presente Cido afirmou que vai brigar pela instituição da vaga zero para os casos encaminhados por meio do Conselho Tutelar. O presidente é autor de leis que divulgam os números de Disque Denúncia (100 e 181) a fim de incentivar a população a ajudar no combate aos crimes praticados contra a infância.  

“Com planejamento vemos que é impossível a cidade buscar a integração e o fortalecimento das políticas de ação social. Acredito que assim vamos caminhar para garantir efetivamente os direitos assegurados no Estatuto da Criança e do Adolescente”, disse Cido. 

Os conselheiros presentes salientaram que é preciso divulgar cada vez mais as formas que a população tem para acionar o Conselho Tutelar. As conselheiras presentes fizeram questão  de destacar que após receber a demanda  fazem encaminhamento para as secretarias e órgãos competentes visando garantir o atendimento social necessário. 

"O conselho atua para orientar família a punição é um ato extremo", afirmou a presidente do Conselho Tutelar de Taboão da Serra, Neusa Lourenço. “A demanda aqui é muito grande. Já passou da hora de termos uma segunda vara criminal”, completou Silvani Ferrreira. 

Para acionar o Conselho Tutelar os moradores podem entrar em contato pelos telefones: 4701-1618 e 4787-3451 ou pessoalmente na Avenida Dr. José Maciel, 273, no Maria Rosa.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.